X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Pro Tech

JPS Racing

MotoX Pneus

JP Motos

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

2018 Indonésia - Pangkal Pinang - 12ª etapa
Publicado em: 06/07/2018

Herlings volta à forma em tempo recorde e mantém liderança na pontuação
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / Bavo Swijgers / Pascal Haudiquert


Largada MXGP


Antonio Cairoli e Jeffrey Herlings
Exatos 17 dias após a fratura na clavícula, Jeffrey Herlings retomou o contato com a moto numa das etapas mais distantes da temporada, em Pangkal Pinang, na Indonésia. Nem a lesão, nem o tempo sem pilotar afetaram a capacidade do líder na pontuação disputar vitórias. Jeffrey surpreendeu já com a vitória na classificatória de sábado. O tempo quente e úmido não só desafiou o preparo físico dos pilotos, mas também deixou o terreno da pista com aquele barro grudento e marcado com canaletas ilimitadas. Apesar de claramente não ser uma das pista mais interessantes do calendário, pelo menos não choveu nos dias de prova, fato que causou o cancelamento de baterias no ano passado.

Nas provas de domingo mais uma vez Antonio Cairoli e Herlings que estão um degrau acima de todos os outros. O holandês liderou as primeiras voltas até ser superado pelo italiano, que comandou a corrida até o final. Herlings teve ainda de se defender de Clement Desalle e conseguiu neutralizar os ataques do belga. Tim Gajser e Romain Febvre completaram os cinco primeiros.


Antonio Cairoli e Jeffrey Herlings

A segunda bateria começou quente com Cairoli e Gajser disputando a liderança, mas quem completou a primeira volta na frente foi Herlings que surpreendeu os dois com uma ultrapassagem por fora. Logo em seguida Cairoli também passou Gajser, para logo depois cair e voltar para a terceira posição. Foi mais uma volta para passar o esloveno e tentar, sem sucesso, reduzir a distância para o rival no campeonato.


Antonio Cairoli e Jeffrey Herlings

Faltando quatro voltas para o fim da corrida Herlings sofre uma queda e entrega a vitória do GP nas mãos de Cairoli. Foi uma chance de ouro para o italiano recuperar seis pontos importantíssimos na etapa. Porém a alegria de Cairoli durou pouco: sofreu outra queda e não apenas perdeu a vitória, mas também machucou o dedão da mão esquerda. Herligs cruza a bandeirada e comemora uma vitória improvável, visto que tinha prometido para o time se poupar e não disputar a primeira posição.


Romain Febvre


Jeffrey Herlings
Jeffrey Herlings: "Estou muito feliz com o fim de semana e não poderíamos ter sonhado com isso apenas duas semanas e meia depois de quebrar a clavícula. Eu não tinha certeza se seria capaz de correr aqui, então sair com uma vitória foi incrível. Perdi um pouco de sensibilidade na moto com a cirurgia e falta de tempo de moto, mas fisicamente eu estava bem e vamos trabalhar para voltar a 100%. A lesão faz parte deste jogo quando forçamos os limites. Vamos tentar tirar o melhor proveito da situação na próxima semana agora.”

Antonio Cairoli: “No geral, um bom fim de semana, exceto pela dor no polegar. Espero que melhore, mas estou preocupado que possa ser algo com o qual terei de lidar por algumas semanas. Jeffrey fez uma corrida muito boa em seu retorno de lesão. Eu tive uma queda na terceira volta da segunda bateria, mas voltei e tive a liderança, mas cometi outro erro, que me custou a vitória e machucou meu polegar. Espero me sair melhor na próxima semana. A diferença no campeonato continua a mesma, então estou feliz.”


Tática para garantir o grip na largada

Romain Febvre, Tim Gajser e Glenn Coldenhoff completaram os cinco primeiros. O terceiro degrau do pódio ficou com o francês.

Um pouquinho de Silly Season

Passada metade da temporada a movimentação para troca de pilotos entre equipes se intensifica. Alguns pilotos já sabem que ficarão sem suas vagas atuais nas equipes oficiais.


Glenn Coldenhoff

Um deles é Glenn Coldenhoff que deixa a KTM Factory após muitos anos. O holandês abre vaga para a subida de Pauls Jonass que afirmou que deixará a MX2 vencendo ou não o campeonato deste ano. Coldenhoff porém já assinou contrato com a Standing Construct KTM, e continua com a marca laranja, embora por uma equipe satélite.

Pilotos que estão com a situação indefinida são os seguintes: Jeremy van Horebeek deixa a Monster Yamaha oficial chefiada por Michele Rinaldi. O belga ainda não tem equipe, mas não deve ter dificuldade de achar outro time caso aceite um corte de salário.


Max Anstie

Max Anstie deixa a Husqvarna no final do ano. O britânico anda cogitando até mesmo ir para os Estados Unidos caso consiga uma boa equipe. Ele já passou uma temporada lá em início de carreira. Cogita que sua vaga fique com Arminas Jasikonis que caiu em Pangkal Pinang  e não corre a segunda rodada na Indonésia.

MX2 - Vitóra da Honda HRC com Calvin Vlaanderen


Largada MX2

No campeonato dominado por Pauls Jonass e Jorge Prado a bordo de suas potentes KTMs, precisamos passar da metade da temporada para ver uma marca japonesa vencer na MX2. A honra coube ao sul-africano Calvin Vlaanderen. Terceiro na primeira bateria e primeiro na segunda superou Thomas Covington (1-4) por dois pontos no GP.

"Eu não esperava essa vitória! Na primeira corrida comecei bem e fiquei em segundo lugar durante a maior parte, mas depois perdi fôlego nos últimos minutos e fui ultrapassado. O terceiro lugar não foi ruim, mas antes da segunda largada eu me empolguei: falei para um dos mecânicos que senti que teria o holeshot, e aconteceu! Quando você tem uma pista limpa, você pode escolher as melhores linhas e andar como quiser. É uma sensação tão legal cruzar a linha em primeiro lugar, e ganhar o primeiro GP é inacreditável. Desde que eu tinha três anos, era meu sonho ganhar um Grand Prix e finalmente consegui."


Calvin Vlaanderen comemora prieira vitória no Mundial de Motocross

Vlaanderen foi para a Honda como parte do pacote de patrocínio da HSJ Logistics o que não deixou de causar algumas críticas à equipe, mas seu rendimento vem crescendo ao longo da temporada e culminou com a vitória na Indonésia. Vlaanderen ocupa a quinta posição na classificação, melhor posição da Honda na categoria desde o título de Tim Gajser em 2015.


Jorge Prado persegue Calvin Vlaanderen durante a primeira bateria

Não podemos deixar de notar também a evolução do britânico Ben Watson, quarto na etapa (a 1 ponto do pódio) e que ocupa a terceira posição na pontuação geral, a 18 pontos de Thomas Kjer Olsen.

Sobre a disputa pelo título, Jorge Prado ficou atrás de Pauls Jonass numa bateria, mas recuperou-se com um pequeno troco na outra. Terceiro geral na etapa, Prado recuperou mais dois pontinhos sobre Jonass. Pouco, porém manteve a tendência iniciada na França. em três GPs o espanhol marcou 21 pontos a mais que o letão.


Pódio MX2 com Thomas Covington, Calvin Vlaanderen e Jorge Prado

Vídeos






Resultados
P Nr MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 84 Herlings, Jeffrey NED KTM 22 25 47
2 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 25 22 47
3 461 Febvre, Romain FRA YAM 16 20 36
4 243 Gajser, Tim SLO HON 18 18 36
5 25 Desalle, Clement BEL KAW 20 13 33
6 259 Coldenhoff, Glenn NED KTM 14 16 30
7 21 Paulin, Gautier FRA HUS 15 14 29
8 99 Anstie, Max GBR HUS 10 15 25
9 777 Bobryshev, Evgeny RUS SUZ 12 12 24
10 91 Seewer, Jeremy SUI YAM 13 11 24
11 77 Lupino, Alessandro ITA KAW 8 10 18
12 89 Van Horebeek, Jeremy BEL YAM 11 6 17
13 100 Searle, Tommy GBR KAW 5 9 14
14 33 Lieber, Julien BEL KAW 9 5 14
15 42 Waters, Todd AUS HON 6 7 13
16 92 Guillod, Valentin SUI KTM 7 4 11
17 12 Nagl, Maximilian GER TM 0 8 8
18 22 Strijbos, Kevin BEL KTM 4 3 7
19 24 Simpson, Shaun GBR YAM 3 2 5
20 336 Stewart, Lewis AUS HUS 2 1 3
21 701 Sondakh, Andre INA KTM 1 0 1

P Nr MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 10 Vlaanderen, Calvin RSA HON 20 25 45
2 64 Covington, Thomas USA HUS 25 18 43
3 61 Prado, Jorge ESP KTM 18 20 38
4 919 Watson, Ben GBR YAM 15 22 37
5 1 Jonass, Pauls LAT KTM 22 14 36
6 193 Geerts, Jago BEL YAM 14 15 29
7 19 Olsen, Thomas Kjer DEN HUS 16 12 28
8 46 Pootjes, Davy NED KTM 11 16 27
9 747 Cervellin, Michele ITA YAM 13 11 24
10 29 Jacobi, Henry GER HUS 10 13 23
11 811 Sterry, Adam GBR KAW 12 10 22
12 95 Furlotti, Simone ITA YAM 6 9 15
13 127 Rodriguez, Anthony VEN YAM 7 8 15
14 172 Van doninck, Brent BEL HUS 8 7 15
15 325 Delvintor Alfarizi, Muhammad INA HUS 5 6 11
16 206 Ismayana, Diva INA HUS 4 5 9
17 98 Vaessen, Bas NED HON 9 0 9
18 204 Maksum, Hilman INA HUS 3 4 7
19 281 Pattipi, Yosua INA HUS 2 3 5
20 66 Larranaga Olano, Iker ESP HUS 1 0 1


P Nr MXGP Nat. Bike Total
Pos Nr Rider Nat. Bike Total
1 84 Herlings, J. NED KTM 533
2 222 Cairoli, A. ITA KTM 521
3 25 Desalle, C. BEL KAW 407
4 461 Febvre, Romain FRA YAM 390
5 243 Gajser, Tim SLO HON 368
6 21 Paulin, G. FRA HUS 363
7 259 Coldenhoff, G. NED KTM 319
8 91 Seewer, Jeremy SUI YAM 279
9 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 257
10 12 Nagl, M. GER TM 211
11 777 Bobryshev, E. RUS SUZ 207
12 99 Anstie, Max GBR HUS 185
13 33 Lieber, Julien BEL KAW 176
14 77 Lupino, A. ITA KAW 169
15 22 Strijbos, K. BEL KTM 135
16 24 Simpson, Shaun GBR YAM 111
17 27 Jasikonis, A. LTU HON 111
18 141 Desprey, M. FRA KAW 89
19 100 Searle, Tommy GBR KAW 84
20 7 Leok, Tanel EST HUS 65
21 17 Butron, Jose ESP KTM 64
22 92 Guillod, V. SUI KTM 54
23 6 Paturel, B. FRA KTM 40
24 152 Petrov, Petar BUL HON 36
25 128 Monticelli, I. ITA YAM 35
26 55 Irwin, Graeme GBR KTM 27
27 151 Kullas, Harri EST HUS 15
28 42 Waters, Todd AUS HON 14
29 920 Valentin, A. ESP HUS 8
30 9 de Dycker, Ken BEL KTM 5
31 28 Salazar, Jetro PER HON 5
32 411 Kahro, Erki EST KTM 5
33 20 Bengtsson, F. SWE YAM 3
34 85 Ekerold, S. GER KTM 3
35 220 Aranda, G. FRA KAW 3
36 336 Stewart, L. AUS HUS 3
37 210 Alberto, Paulo POR YAM 2
38 701 Sondakh, Andre INA KTM 1
39 94 Van der Mierden, S. NED YAM 1
P Nr MX2 Nat. Bike Total
1 1 Jonass, Pauls LAT KTM 510
2 61 Prado, Jorge ESP KTM 503
3 19 Olsen, T. DEN HUS 394
4 919 Watson, Ben GBR YAM 376
5 10 Vlaanderen, C. RSA HON 331
6 64 Covington, T. USA HUS 297
7 193 Geerts, Jago BEL YAM 275
8 747 Cervellin, M. ITA YAM 230
9 29 Jacobi, Henry GER HUS 223
10 46 Pootjes, Davy NED KTM 218
11 14 Beaton, Jed AUS KAW 216
12 66 Larranaga Olano, I. ESP HUS 185
13 426 Mewse, Conrad GBR KTM 172
14 96 Lawrence, H. AUS HON 148
15 18 Brylyakov, V. RUS YAM 127
16 811 Sterry, Adam GBR KAW 125
17 321 Bernardini, S. ITA TM 119
18 172 Van doninck, B. BEL HUS 92
19 118 Rubini, S. FRA KTM 83
20 95 Furlotti, S. ITA YAM 83
21 70 Fernandez, R. ESP KAW 77
22 98 Vaessen, Bas NED HON 75
23 127 Rodriguez, A. VEN YAM 71
24 57 Sanayei, D. USA KAW 68
25 161 Östlund, Alvin SWE YAM 40
26 56 Weltin, M. USA HON 36
27 34 De Waal, M. NED HON 23
28 338 Herbreteau, D. FRA KTM 22
29 44 Lesiardo, M. ITA KTM 21
30 75 Roosiorg, H. EST KTM 20
31 872 Boisrame, M. FRA HON 19
32 101 Pichon, Z. FRA KTM 17
33 959 Renaux, Maxime FRA YAM 12
34 226 Koch, Tom GER KTM 12
35 325 Delvintor Alfarizi, M. INA HUS 11
36 326 Gilbert, Josh GBR HON 11
37 206 Ismayana, D. INA HUS 9
38 199 Zaragoza, J. ESP YAM 8
39 204 Maksum, Hilman INA HUS 7
40 53 Walsh, Dylan NZL HUS 6
41 281 Pattipi, Y. INA HUS 5
42 102 Sikyna, R. SVK KTM 5
43 297 Gole, Anton SWE YAM 4
44 26 Bertuzzi, N. ITA KTM 4
45 783 Toriani, Enzo FRA HUS 3
46 945 Bourdon, A. FRA HUS 3
47 931 Zanotti, A. SMR HUS 2
48 129 Agard-Michelsen, S. NOR YAM 1
49 43 Bres, Natanael FRA KTM 1
50 267 Bersanelli, E. ITA YAM 1






Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet