X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Pro Tech

JPS Racing

MotoX Pneus

JP Motos

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Motocross

2018 Southwick - MI - 6ª etapa
Publicado em: 06/07/2018

Musquin conquista primeira etapa na temporada, Tomac continua tranquilo na liderança.
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Simon Cudby / Octopi


Marvin Musquin e Eli Tomac

No sábado passado o Lucas Oil AMA Motocross passou pelo circuito de Southwick, prova que marcou o encerramento da primeira metade da temporada. Como destaques tivemos a quebra da invencibilidade de Eli Tomac na classe 450 e um campeonato ainda mais embolado na 250. Vamos lembrar de alguns dos destaques.

Categoria 450


Marvin Musquin e Eli Tomac

Com Eli Tomac em grande fase, o único capaz de enfrenta-lo no mano a mano, pelo menos até agora, é o francês Marvin Musquin. O piloto da KTM já havia vencido uma bateria em High Point, aproveitando erros de Tomac e outra no Tennesse, quando o piloto da Kawasaki fez uma largada ruim. Mas em matéria de pódio geral da etapa Tomac foi soberano por cinco rodadas. Em Southwick vimos ambos os pilotos avançado sobre seus próprios limites e as disputas por vitórias foram bastante interessantes.

Na primeira bateria Musquin liderou 14 das 16 voltas. Tomac, que completou a primeira volta em sexto, o alcançou na fase final e após alguma briga conseguiu tomar a liderança. Musquin ligou o "modo fúria" para tentar o contra-ataque e acabou no chão quando voou para fora do melhor traçado em um dos saltos. Com tranquilidade Tomac completou a corrida com 27 segundos de vantagem sobre Musquin, que sacudiu a areia e manteve a segunda posição.


Eli Tomac manteve a margem de pontos no campeonato

Na segunda bateria as posições se inverteram. Tomac tomou a liderança de Musquin na segunda volta e abriu vantagem. Vantagem que chegou a 12 segundos. Tomac tinha absoluto controle da situação, mas sofreu uma queda que me lembrou muito a queda nos lesionou os dois ombros anos atrás, quando ainda corria de Honda. Perdeu a frente numa freada em terreno acidentado e foi ejetado de sua motocicleta. Sorte que o terreno em Southwick é bem mais macio...

A queda de Tomac não foi suficiente para devolver a liderança a Musquin. O francês encostou, mas pouco a pouco foi perdendo contato novamente. Um segundo erro de Tomac decidiu de vez a bateria e a vitória geral da etapa. Musquin passou pelo adversário caído e imediatamente garantiu vantagem para administrar as sete voltas finais.

“Nem sempre o mais rápido vence a corrida e nós vimos isso hoje. A pista estava muito difícil e exigente. Liderei várias voltas na primeira bateria mas é duro saber que Eli está chegando. Ele me passou no final e tentei ataca-lo de volta, mas caí", comentou Marvin Musquin. "Na segunda bateria eu comecei bem, mas foi difícil para mim forçar nas primeiras voltas, minha intensidade não estava lá e Eli tinha ido embora. Mas no final do dia, ele cometeu erros e eu pude aproveitar, me mantendo em pé até o fim.”

Em termos de campeonato nada mudou: Tomac manteve os mesmíssimos 32 pontos de vantagem na classificação geral, uma vantagem superior aos possíveis 25 pontos de uma bateria. Ainda faltam 12 delas, mas as chances de Musquin de reverter o cenário são difíceis a não ser que aconteça algum azar com o líder. Ao contrário da classe 250, na 450 não parece haver muitos pilotos capazes de se meter no meio desses dois de maneira consistente.


Ken Roczen

Ken Roczen mostrou alguma velocidade e tem feito boas largadas, mas o alemão ainda não recuperou o ritmo de seu auge, assim como demonstrar se esforçar muito mais para fazer o mesmo que fazia até o início de 2017. Temos que dar tempo a ele. Roczen foi quinto colocado em Southwick via 5-5.

Após uma temporada discreta no Supercross muitos acreditavam que Blake Baggett voltaria a brilhar no Motocross. Com 4-4 para o quarto lugar geral, marcou seu segundo melhor resultado da temporada, mas ainda não mostrou velocidade para brigar por vitórias lá na frente. Nos bastidores se comenta que não se acertou muito bem com o chassi da KTM 2019.


Justin Barcia

Justin Barcia se firmou como o terceiro melhor piloto nesta primeira metade do campeonato, mas não tão próximo dos dois primeiros. Em 12 baterias chegou sete vezes entre os três primeiros e seu pior resultado foi um sexto lugar. - Tomac é o único até agora a chegar todas as baterias entre os três, vencendo nada menos que nove delas. Falta um pouquinho de velocidade a confiança para Barcia enfrentar melhor os dois primeiros, por outro lado é bom ver que amadureceu, não tem feito loucuras para defender posições e tem errado pouco. Um terceiro lugar no campeonato será bem mais do que esperavam de um piloto que quase fica sem equipe em 2018. Ta tabelas Barcia tem 23 pontos sobre Roczen.


Lorenzo Locurcio

O venezuelano Lorenzo Locurcio fez seu melhor resultado em solo norte-americano. Depois de perder as duas primeiras etapas e ficar fora da pontuação no Tennesse, Locurcio fez duas excelentes corridas marcando não apenas uma, mas duas vezes a sétima colocação em Southwick. Bom para o sétimo lugar geral, deixando para trás quatro pilotos de fábrica.

Southwick marcou também o retorno de Cooper Webb e Justin Bogle. O piloto da Yamaha com 8-9 ficou em oitavo na geral, nada brilhante, mas OK para quem está voltando de uma lesão. Bogle largou em primeiro nas duas baterias para, completamente sem ritmo, despencar na classificação. Por pouco não ficou fora da zona de pontuação com um 18º na primeira bateria e 20º na segunda.


Tudo imprevisível na Categoria 250


Austin Forkner


Aaron Plessinger
Se a classe 250 perdeu dois dos favoritos (Zach Osborne e Jeremy Martin) do início do campeonato pra cá, recebeu um forte candidato a vitórias, que esteve ausente durante as três primeiras etapas. E eles foi protagonista em Southwick.

Austin Forkner fez uma corrida brilhante na primeira bateria subindo da quinta posição para a liderança na metade da bateria. O piloto da Kawasaki passou a sofrer pressão de Alex Martin no final, mas resistiu bem e garantiu  O líder do campeonato Aaron Plessinger ficou com a terceira posição enquanto o francês Dylan Ferrandis foi o quarto colocado após largar fora dos dez primeiros.

Na segunda bateria Forkner assumiu a liderança mais cedo, ainda na primeira volta e tinha boas chances de faturar a segunda vitória do dia. Seu problema foi que Alex Martin o alcançou mais cedo e um lance polêmico decidiu a etapa. Martin foi com muita sede ao pote num ponto de difícil ultrapassagem, enquanto Forkner fechou a porta tarde demais. BAMMM! Os dois vão pro chão enquanto Ferrandis, que estava se aproximando, recebe a liderança de presente.


DylanFerrandis

Martin levantou-se imediatamente, enquanto Forkner passou alguns segundo imóvel na areia. O exato momento de seu choque contra o chão não aparece nas imagens, mas houve críticas sobre a "fragilidade" do piloto em responder a situação numa queda a baixa velocidade. É difícil julgar, mas depois de algum tempo o piloto voltou para sua moto e completou a bateria em 20º.

Nas voltas finais Ferrandis recebeu pressão de Shane Mcelrath, piloto que havia ultrapassado um pouco antes, mas o francês manteve a posição e pela segunda semana consecutiva o campeonato tem um vencedor que experimenta o topo do pódio pela primeira vez.


Alex Martin

"Estou muito feliz por finalmente conseguir a minha primeira vitória geral", afirmou Ferrandis. "Tenho trabalhado muito duro para voltar de uma lesão e é sempre uma batalha, mas acho que estamos finalmente voltando ao nosso lugar. É muito legal ver Marvin [Musquin vencer hoje também. Eu acho que é algo que é muito bom para a França e dá aos fãs algo para torcer."

Alex Martin ficou com a segunda posição no pódio e descontou seis pontos em relação a Aaron Plessinger (3-7 para quinto na etapa) que ainda mantém, uma vantagem de 23 pontos na tabela. A situação poderia estar um pouquinho mais favorável a Martin caso não tivesse caído em três das últimas quatro baterias, inclusive jogando duas possíveis vitórias fora. "A paciência paga pontos preciosos" diria o filósofo Ryan Dungey.


Pódio 250 com Alex Martin, Dylan Ferrandis e Shane Mcelrath


Vídeos de Southwick











Resultados

P. # 450 Moto Qual Larg1 Larg2 M1 M2 Pts
1 25 Marvin Musquin KTM 450 SX-F FE 1 3 1 2 1 47
2 1 Eli Tomac Kaw KX 450F 2 6 2 1 2 47
3 51 Justin Barcia Yam YZ 450F 4 2 5 3 3 40
4 4 Blake Baggett KTM 450 SX-F FE 3 4 7 4 4 36
5 94 Ken Roczen Hon CRF450R 6 1 4 5 5 32
6 60 Benny Bloss KTM 450 SX-F FE 9 12 9 6 6 30
7 44 Lorenzo Locurcio Hon CRF450R 18 17 8 7 7 28
8 2 Cooper Webb Yam YZ 450F 11 13 10 8 9 25
9 54 Phillip Nicoletti Hus FC450 20 21 6 10 8 24
10 34 Weston Peick Suz RMZ 450 17 10 27 9 11 22
11 388 Brandan Leith Kaw KX 450F 36 24 17 16 10 16
12 376 Chris Canning KTM 450 SX-F 7 9 34 11 15 16
13 95 Joseph Crown KTM 350 SX-F 26 36 13 29 12 9
14 48 Henry Miller Yam YZ 450F 24 15 39 12 34 9
15 39 Kyle Cunningham Suz RMZ 450 8 38 25 39 13 8
16 146 Jake Masterpool Yam YZ 450F 28 23 37 13 39 8
17 49 Nick Gaines Yam YZ 450F 31 25 12 23 14 7
18 86 Dylan Merriam Yam YZ 450F 27 20 40 14 23 7
19 61 Heath Harrison Hon CRF450R 22 7   15   6
20 121 Cody Cooper Hon CRF450R 12 22 31 38 16 5
21 207 Dare DeMartile Hon CRF450R 34 16 15 19 18 5
22 330 Cade Autenrieth KTM 450 SX-F FE 32 31 19 40 17 4
23 19 Justin Bogle Suz RMZ 450 10 5 (HS) 3 18 20 4
24 776 Ryan Dowd KTM 450 SX-F 21 14 22 17 21 4
25 309 Jeremy Smith Hon CRF450R 15 18 18 25 19 2
26 711 Tristan Lane KTM 450 SX-F 14 28 14 24 25 0
27 774 Robert Marshall KTM 450 SX-F 5 19 35 20 26 1
P. # 250 Moto Qual Larg1 Larg2 M1 M2 Pts
1 24 Dylan Ferrandis Yam YZ 250F 2 10 10 4 1 43
2 26 Alex Martin KTM 250 SX-F FE 5 7 4 2 4 40
3 28 Shane McElrath KTM 250 SX-F FE 13 1 (HS) 2 (HS) 6 2 37
4 36 RJ Hampshire Hon CRF250R 12 6 3 7 3 34
5 23 Aaron Plessinger Yam YZ 250F 11 8 9 3 7 34
6 31 Colt Nichols Yam YZ 250F 7 15 12 8 8 26
7 35 Austin Forkner Kaw KX 250F 3 5 1 1 20 26
8 40 Chase Sexton Hon CRF250R 4 4 21 5 14 23
9 30 Mitchell Harrison Hus FC250 15 23 11 15 6 21
10 64 Michael Mosiman Hus FC250 8 21 15 10 11 21
11 66 Cameron Mcadoo Hon CRF250R 10 14 26 9 13 20
12 133 Jordan Bailey Hus FC250 16 13 7 13 10 19
13 45 Jordon Smith KTM 250 SX-F FE 9 12 6 12 12 18
14 17 Joseph Savatgy Kaw KX 250F 6 11 5 32 5 16
15 62 Justin Cooper Yam YZ 250F 1 3 13 17 9 16
16 43 Sean Cantrell KTM 250 SX-F FE 17 17 19 11 15 16
17 63 Hayden Mellross Yam YZ 250F 24 16 14 16 16 10
18 42 Dakota Alix KTM 250 SX-F FE 18 19 35 14 19 9
19 700 James Weeks Yam YZ 250F 23 20 16 19 17 6
20 169 Challen Tennant Yam YZ 250F 20 18 8 18 18 6
21 47 James DeCotis Suz RMZ 250 14 2 29 20 35 1

Classificação Geral
P. # 450 Pts
1 1 Eli Tomac 289
2 25 Marvin Musquin 257
3 51 Justin Barcia 224
4 94 Ken Roczen 201
5 4 Blake Baggett 200
6 34 Weston Peick 170
7 60 Benny Bloss 156
8 54 Phillip Nicoletti 142
9 121 Cody Cooper 85
10 21 Jason Anderson 73
11 39 Kyle Cunningham 70
12 86 Dylan Merriam 69
13 46 Justin Hill 60
14 73 Brandon Scharer 58
15 44 Lorenzo Locurcio 55
16 91 Alex Ray 47
17 146 Jake Masterpool 47
18 330 Cade Autenrieth 46
19 907 Ben Lamay 43
20 388 Brandan Leith 40
21 11 Kyle Chisholm 39
22 48 Henry Miller 34
23 53 Bradley Taft 33
24 718 Toshiki Tomita 32
25 32 Christian Craig 26
26 2 Cooper Webb 25
27 207 Dare DeMartile 23
28 49 Nick Gaines 22
29 376 Chris Canning 16
30 156 Jacob Hayes 14
31 61 Heath Harrison 13
32 95 Joseph Crown 9
33 577 Felix Lopez 6
34 321 Bradley Lionnet 5
35 776 Ryan Dowd 4
36 19 Justin Bogle 4
37 191 Derek Anderson 3
38 637 Robert Piazza 3
39 876 Christopher Alldredge 3
40 309 Jeremy Smith 2
41 81 Chase Marquier 2
42 774 Robert Marshall 1
43 181 Dustin Pipes 1
P. # 250 Pts
1 23 Aaron Plessinger 233
2 26 Alex Martin 210
3 6 Jeremy Martin 176
4 62 Justin Cooper 174
5 28 Shane McElrath 170
6 35 Austin Forkner 169
7 36 RJ Hampshire 154
8 45 Jordon Smith 151
9 40 Chase Sexton 141
10 17 Joseph Savatgy 128
11 24 Dylan Ferrandis 111
12 1 Zachary Osborne 105
13 64 Michael Mosiman 97
14 43 Sean Cantrell 77
15 182 Garrett Marchbanks 72
16 133 Jordan Bailey 64
17 114 Brandon Hartranft 56
18 30 Mitchell Harrison 51
19 66 Cameron Mcadoo 49
20 46 Justin Hill 41
21 31 Colt Nichols 38
22 816 Enzo Lopes 33
23 137 Martin Castelo 23
24 42 Dakota Alix 22
25 169 Challen Tennant 22
26 63 Hayden Mellross 16
27 38 Luke Renzland 14
28 47 James DeCotis 14
29 222 Ramyller Alves 10
30 700 James Weeks 9
31 130 Austin Root 7
32 791 Gustavo De Souza 5
33 214 Vann Martin 3
34 77 Ryan Surratt 3
35 910 Carson Brown 2
36 346 Kevin Moranz 1
37 188 Gage Schehr 1




Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet