X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Pro Tech

JPS Racing

MotoX Pneus

JP Motos

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Motocross

2018 High Point - PA - 4ª etapa
Publicado em: 23/06/2018

Musquin dá trabalho, mas Tomac garante quarta vitória geral da temporada
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Rich Shepard

Após dominar seis baterias consecutivas, finalmente apareceu alguém capaz de enfrentar Eli Tomac na temporada 2018 do Lucas Oil AMA Motcross. Marvin Musquin enfrentou o homem de igual para igual, e apesar do piloto da Kawasaki ainda faturar a etapa geral, o francês o fez suar pelo troféu de High Pont.


Eli Tomac

As condições da pista talvez tenham proporcionado uma briga mais equilibrada entre os dois pilotos. Na verdade Musquin mostrou ser mais rápido naquele sábado, recuperando terreno em ambas as ocasiões, mas na segunda bateria não conseguiu a ultrapassagem, justamente pelo excesso de cavas limitarem as opções de traçado.

Na primeira bateria Tomac fez o holeshot e abriu vantagem, como fez diversas outras vezes durante as três primeiras etapas do ano. Musquin teve uma dura batalha com Justin Barcia no início de corrida. E todos sabem como Barcia é duro nas disputas quando quer defender uma posição. A certa altura Musquin chegou a sair da pista e perder um bom tempo, o que permitiu Tomac abrir ainda mais na liderança.


Marvin Musquin

Após o susto o francês respirou fundo, recuperou a postura e passou a marcar as voltas mais rápidas da bateria. Depois de se livrar de Barcia rapidamente alcançou Tomac e assumiu a liderança com uma ultrapassagem por fora na 12ª de 18 voltas da bateria. Musquin cruzou a bandeirada com pouco mais de 5 segundos de margem.

Segunda bateria


Justin Barcia

Na segunda bateria tivemos uma disputa de tirar o fôlego, no início com três pilotos buscando a ponta. Ken Roczen que fez o holeshot liderou a primeira volta e foi ultrapassado por Tomac na segunda. Logo Musquin já estava no bolo e o ritmo neste pelotão não permitiu nenhum momento de descanso durante os 30 minutos restantes.

Roczen segurou o francês por quatro voltas até que perdeu a posição e adotou um ritmo mais moderado para garantir a terceira posição na bateria. Na frente a disputa foi até os metros finais com Musquin emparelhando diversas vezes com Tomac, que soube-se defender e evitar a ultrapassagem, garantindo a quarta vitória em quatro provas. Com certeza a mais suada do ano.


Ken Roczen

"Foi um dia bom, eu consegui sair na frente, então não tive que lidar com muitas pedradas. Essa pista tem uma tendência a ficar difícil, então as boas largadas me facilitaram as coisas", explicou Tomac. "A primeira bateria foi difícil. Eu não fui tão rápido quanto Marvin. Briguei comigo mesmo e não consegui fluir. Consegui melhorar na segunda bateria, mas Marvin ainda estava na cola. Apenas consegui segurá-lo."

A vitória na etapa foi definida pelo critério de desempate, com peso maior na segunda bateria, que que os dois pilotos marcaram 47 pontos. Musquin comentou: "Na primeira bateria eu estava realmente confortável e relaxado atrás de Eli, mas na segunda ele escolheu linhas melhores, tinha um ritmo melhor e foi muito difícil replicar o primeiro resultado. Estou muito orgulhoso do esforço dei hoje. Estou feliz por vencer a primeira bateria - infelizmente fiquei em segundo lugar no geral -, mas foi um ótimo resultado e mostrei boa velocidade.” Não podemos deixar de anotar que na disputa pela vitória Tomac e Musquin abriram mais de um minuto em relação a Roczen.

Justin Barcia ficou com o terceiro degrau do pódio apesar de perder a quarta posição da segunda bateria ao ser ultrapassado por Weston Peick. O alemão Roczen foi o quarto colocado geral. Sua primeira bateria foi prejudicada por uma péssima largada, fora dos 30 primeiros.


Justin Hill

Vale destacar também a quinta posição geral de Justin Hill, promovido provisoriamente para a classe 450 pela JGR Suzuki. Este provisório provavelmente é apenas da boca pra fora nos comunicados da equipe, todo mundo sabe que Hill quer logo passar para a 450, e seus resultados não deixam dúvida que ele pode se dar bem na categoria, pelo menos melhor do que vem se saindo na 250. Qual seria o motivo disso? Seu estilo de pilotagem? Um pelotão mais fraco na 450? Ou um motor que não consegue acompanhar os outros times de fábrica na 250?

250 - Aaron Plessinger vence as duas baterias e assume o comando do campeonato


Aaron Plessinger

Foi um sábado bom para Aaron Plessinger. Bom não, ótimo! Além de vencer as duas baterias - a primeira de ponta a ponta - contou com o abandono do então líder da pontuação Jeremy Martin, que viu o motor de sua Geico Honda ir para o espaço quando liderava a segunda bateria por 12 segundos.

Os resultados deram a Plessinger a liderança do campeonato com uma vantagem de 20 pontos sobre Jeremy na tabela.


Austin Forkner

O sempre rápido, mas nem sempre consistente Austin Forkner ficou com a segunda posição geral da etapa via 4-2.Quem está deixando uma ótima impressão é o novato Justin Cooper, que fez os dois holeshots nas baterias principais e subiu ao pódio na terceira posição, via 3-4.

Foi bom também ver Dylan Ferrandis de volta ao front, depois de três etapas ainda se recuperando de uma fratura no braço sofrida durante o supercross. O francês mostrou boa forma já com um quarto lugar geral e deve voltar a brigar pela ponta conforme recuperar o ritmo de corrida.

Enzo Lopes

Infelizmente o sábado não foi nada bom para o brasileiro Enzo Lopes. Com uma boa largada o gaúcho chegou a andar em terceiro na primeira bateria antes de sofrer uma queda quando ocupava a 11ª posição. Depois caiu de novo e ficou com uma perna presa embaixo da moto. Mesmo assim completou a bateria na zona de pontuação com o 20º lugar. Na segunda bateria Enzo sofreu um terceira queda e foi obrigado a abandonar com uma fratura na clavícula, o que o deixará algum tempo de molho.


Enzo Lopes

Possivelmente a juventude e vontade de mostrar serviço tenham influenciado na situação. Durante a semana ele experimentou novos ajustes na motocicleta e marcou seus melhores tempos no circuito de testes da equipe JGR Suzuki. Porém estava longe de se sentir confortável em High Point: "Foi a pista mais loca que já enfrentei na vida!". Em três etapas o brasileiro já havia mostrado bons resultados e garantido a vaga no time até o final do ano, talvez com um pouco mais de maturidade optasse por uma tocada mais conservadora nas corridas, para voltar a atacar nas pistas que combinassem mais com seu estilo.

Por outro lado Ramyller Alves teve sua melhor etapa na temporada marcando oito pontos via 19-15.

Vídeos









Resultados


P. # 450 Moto Qual Larg1 Larg2 M1 M2 Pts
1 1 Eli Tomac Kaw KX 450F 2 1 (HS) 2 2 1 47
2 25 Marvin Musquin KTM 450 SX-F FE 3 3 3 1 2 47
3 51 Justin Barcia Yam YZ 450F 4 2 4 3 5 36
4 94 Ken Roczen Hon CRF450R 5 31 1 (HS) 7 3 34
5 46 Justin Hill Suz RMZ 450 6 5 11 4 6 33
6 34 Weston Peick Suz RMZ 450 8 35 7 9 4 30
7 4 Blake Baggett KTM 450 SX-F FE 1 33 26 5 7 30
8 60 Benny Bloss KTM 450 SX-F FE 7 24 8 6 8 28
9 121 Cody Cooper Hon CRF450R 9 4 10 8 10 24
10 39 Kyle Cunningham Suz RMZ 450 11 15 24 10 12 20
11 54 Phillip Nicoletti Hus FC450 10 36 5 16 9 17
12 91 Alex Ray Yam YZ 450F 13 17 16 11 15 16
13 49 Nick Gaines Yam YZ 450F 26 14 25 12 19 11
14 718 Toshiki Tomita Hon CRF450R 24 38 6 29 11 10
15 73 Brandon Scharer Yam YZ 450F 20 18 14 19 14 9
16 44 Lorenzo Locurcio Hon CRF450R 12 32 15 17 16 9
17 207 Dare DeMartile Hon CRF450R 30 6 19 15 18 9
18 907 Ben Lamay Hon CRF450R 16 29 9 21 13 8
19 388 Brandan Leith Kaw KX 450F 21 19 22 14 20 8
20 330 Cade Autenrieth KTM 450 SX-F FE 15 20 37 13 24 8
21 48 Henry Miller Yam YZ 450F 23 34 17 20 17 5
22 637 Robert Piazza Hon CRF450R 31 9 28 18 30 3

P. # 450 Moto Qual Larg1 Larg2 M1 M2 Pts
1 23 Aaron Plessinger Yam YZ 250F 5 1 5 1 1 50
2 35 Austin Forkner Kaw KX 250F 8 6 3 4 2 40
3 62 Justin Cooper Yam YZ 250F 3 2 (HS) 2 (HS) 3 4 38
4 24 Dylan Ferrandis Yam YZ 250F 7 15 7 8 3 33
5 36 RJ Hampshire Hon CRF250R 2 10 19 7 7 28
6 28 Shane McElrath KTM 250 SX-F FE 12 7 10 9 6 27
7 45 Jordon Smith KTM 250 SX-F FE 14 4 8 5 10 27
8 26 Alex Martin KTM 250 SX-F FE 10 32 6 12 5 25
9 114 Brandon Hartranft Yam YZ 250F 15 8 11 11 8 23
10 6 Jeremy Martin Hon CRF250R 1 3 1 2 33 22
11 64 Michael Mosiman Hus FC250 13 12 13 13 9 20
12 43 Sean Cantrell KTM 250 SX-F FE 17 17 17 15 12 15
13 17 Joseph Savatgy Kaw KX 250F 4 11 38 6 34 15
14 38 Luke Renzland Yam YZ 250F 20 19 14 17 11 14
15 30 Mitchell Harrison Hus FC250 18 9 29 14 14 14
16 40 Chase Sexton Hon CRF250R 9 16 4 10 38 11
17 66 Cameron Mcadoo Hon CRF250R 19 40 9 40 13 8
18 222 Ramyller Alves Yam YZ 250F 24 18 15 19 15 8
19 130 Austin Root Hus FC250 22 14 16 18 17 7
20 169 Challen Tennant Yam YZ 250F 21 20 18 21 16 5
21 133 Jordan Bailey Hus FC250 16 13 20 16 36 5
22 214 Vann Martin Hon CRF250R 28 30 21 24 18 3
23 910 Carson Brown Hon CRF250R 25 25 22 23 19 2
24 346 Kevin Moranz KTM 250 SX-F 33 26 28 25 20 1
25 816 Enzo Lopes Suz RMZ 250 11 5 12 20 39 1

Classificação Geral

P. # 450 Pts
1 1 Eli Tomac 197
2 25 Marvin Musquin 169
3 51 Justin Barcia 140
4 94 Ken Roczen 131
5 4 Blake Baggett 130
6 34 Weston Peick 118
7 60 Benny Bloss 101
8 54 Phillip Nicoletti 92
9 21 Jason Anderson 73
10 121 Cody Cooper 69
11 86 Dylan Merriam 49
12 73 Brandon Scharer 46
13 39 Kyle Cunningham 41
14 11 Kyle Chisholm 39
15 91 Alex Ray 36
16 330 Cade Autenrieth 35
17 907 Ben Lamay 34
18 46 Justin Hill 33
19 53 Bradley Taft 33
20 146 Jake Masterpool 32
21 718 Toshiki Tomita 32
22 44 Lorenzo Locurcio 27
23 32 Christian Craig 26
24 388 Brandan Leith 21
25 207 Dare DeMartile 18
26 48 Henry Miller 12
27 49 Nick Gaines 11
28 577 Felix Lopez 6
29 321 Bradley Lionnet 5
30 191 Derek Anderson 3
31 876 Christopher Alldredge 3
32 637 Robert Piazza 3
33 81 Chase Marquier 2
34 181 Dustin Pipes 1
P. # 250 Pts
1 23 Aaron Plessinger 171
2 6 Jeremy Martin 151
3 26 Alex Martin 141
4 62 Justin Cooper 136
5 35 Austin Forkner 115
6 1 Zachary Osborne 105
7 45 Jordon Smith 104
8 36 RJ Hampshire 100
9 28 Shane McElrath 91
10 40 Chase Sexton 87
11 17 Joseph Savatgy 83
12 182 Garrett Marchbanks 72
13 64 Michael Mosiman 58
14 43 Sean Cantrell 53
15 114 Brandon Hartranft 47
16 46 Justin Hill 41
17 24 Dylan Ferrandis 33
18 816 Enzo Lopes 33
19 133 Jordan Bailey 33
20 137 Martin Castelo 23
21 38 Luke Renzland 14
22 30 Mitchell Harrison 14
23 42 Dakota Alix 13
24 222 Ramyller Alves 10
25 169 Challen Tennant 10
26 66 Cameron Mcadoo 8
27 130 Austin Root 7
28 791 Gustavo De Souza 5
29 214 Vann Martin 3
30 77 Ryan Surratt 3
31 910 Carson Brown 2
32 188 Gage Schehr 1
33 346 Kevin Moranz 1





Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet