X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Loja Ibox28

JPS Racing

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

2018 Rússia - Orlyonok - 6ª etapa
Publicado em: 05/05/2018

Clement Desalle leva a melhor sobre os pilotos da KTM e coloca a Kawasaki no topo do pódio russo
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / Pascal Haudiquert / Bavo Swijgers


Clement Desalle, Jeffrey Herlings e Antonio Cairoli

Já parecia até que ninguém mais seria capaz de bater a dupla da KTM, mas na Rússia as coisas são diferentes. A começar pela unusual disputa numa terça-feira, feriado do dia do trabalho lá, como aqui. Clement Desalle não só venceu uma bateria, mas faturou o GP. Na briga pelo título parece que a balança do favoritismo começa a pender mais para o lado de Jeffrey Herlings em desfavor ao atual campeão Antonio Cairoli.

Ao contrário do ano passado, onde a chuva castigou o evento, o tempo bom permitiu a exploração de toda a velocidade do belo circuito de Orlyonok. Apesar de rápido, ele não é do tipo que facilita as ultrapassagens, então as boas largadas foram fundamentais.


 

Antes dos dois dias de provas, os pilotos foram recebidos por uma grande festa com apresentações de estudantes e danças típicas regionais. Na segunda e terça-feira quem deu as caras no paddock foi Aleksandr Tonkov, afastado do campeonato há dois anos por problemas burocráticos com seu passaporte que o impedem de viajar à Europa. Segundo o russo, tudo aconteceu por causa de uma carimbo com data errada numa das muitas alfandegas por onde passou.

Corridas


Clement Desalle

Para vencer a primeira bateria Clement Desalle não contou com o holeshot, mas foi rápido e agressivo na primeira volta para aproveitar as oportunidades que surgiram para ultrapassar Cairoli. O belga imprimiu um ritmo fortíssimo no início e logo o foco do italiano passou a ser o rival na disputa pela liderança do campeonato, Jeffrey Herlings.

Correndo "com um retrovisor" Cairoli lutou para segurar o holandês, e conseguiu, mas apesar de reaproximar-se de Desalle nas últimas voltas não encostou a ponto de ameaçar o piloto da Kawasaki.

Gautier Paulin ocupou a quarta posição do início ao fim da bateria. A única troca de posições entre os seis primeiros ocorrida após a primeira volta foi de Tim Gajser sobre Jeremy Van Horebeek, na terceira volta...


Antonio Cairoli

Segunda bateria


Jeffrey Herlings

A largada foi importantíssima também na segunda bateria. Herlings fez o holeshot seguido de Cairoli, mas o italiano não fez uma de suas melhores corridas. Errou num dos primeiros saltos e perdeu duas posições: para Desalle e Gajser. Posições que não mais recuperaria, pelo contrário, além de perder contato com o esloveno, Cairoli sofreu uma pequena queda e deixou Romain Febvre passar. O francês ainta tomaria a terceira posição de Gajser a duas voltas do fim.

Na frente, Desalle manteve Herlings atento até a bandeirada e deu à Kawasaki a primeira vitória geral do ano de uma moto não KTM.

Clement Desalle: "Estou muito feliz com a minha tocada e por colocar a Kawasaki no topo do pódio. Consegui bons traçados nas primeiras voltas da primeira bateria para assumir a liderança e abrir um bom espaço. No final eles me alcançaram, mas consegui controlar a corrida. Tive outro bom começo na segunda bateria, permaneci com o líder por várias voltas e fiquei focado até o final para levar a vitória geral. Foi ótimo vencer novamente nesta pista, e agora vamos trabalhar para mais vitórias de GP." Foi a segunda vitória geral consecutiva de Desalle na Rússia. Com muito barro no ano passado e tempo bom neste. Perguntem se ele não gosta deste circuito.


Romain Febvre

Jeffrey Herlings comemorou o resultado positivo no campeonato, apesar de não ficar muito contente por deixar a vitória no GP escapar: “Melhoramos aqui em relação ao ano passado, mas ainda perdemos a vitória! Foi um par de resultados importantes para o campeonato e abrimos mais pontos. Não consegui encontrar meu ritmo na primeira bateria e não consegui passar por Tony e Desalle, mas fiz o holeshot e administrei a segunda. 1-3-1 para o fim de semana não é tão ruim.. Para ser campeão do mundo nesta classe, você precisa ser consistente, então estou sempre focando no pódio. Acho que fizemos um bom trabalho e até agora cheguei todas as baterias entre os três primeiros."


Tim Gajser

Para Antonio Cairoli voltar a vencer será fundamental nas próximas etapas. Após o GP russo ele vê Herlings 23 pontos distante, vantagem que começa a ficar difícil de reverter. "Estou ok com o resultado, mas não com os dois pequenos erros na segunda bateria: estou um pouco desapontado. O terceiro lugar teria sido bom, porque esta não é a minha melhor pista. É estranha e difícil. Não estou preocupado com esse resultado. Já estou de olho no próximo GP e sei que podemos melhorar muitas coisas. Uma boa largada é sempre fundamental e é bom ter Desalle no meio da briga. É positivo para o campeonato ele mostrar mais velocidade. Espero que em Kegums possamos ter mais algumas batalhas. Nosso objetivo é estar sempre no pódio nesta temporada e até agora conseguimos isso.”

MX2 - Jonass volta a dominar


Largada MX2

Após passar dois GPs meio sem rumo, onde errou (bem) mais que de costume e permitiu a Jorge Prado recuperar 45 pontos, o atual campeão Pauls Jonass, um dos poucos a atualmente a usar o número 1, retomou as redes do campeonato, liderando praticamente todas as voltas.


Pauls Jonass

Na primeira corrida ultrapassou Prado ao completar a primeira volta e depois disso controlou a distância até a bandeirada. Na segunda bateria largou na frente e seguiu o mesmo roteiro, mas quase foi surpreendido pelo espanhol a duas curvas da chegada. O resultado foi suficiente para colocar mais seis pontos entre ele se seu principal oponente, ampliando a vantagem para 20 pontos.

A retomada de confiança de Jonas o fez prometer um bom resultado no próximo GP, quando corre em casa em frente a seus fãs. "Espero que muitos fãs venham para o Kegums e me incentivem, porque o apoio deles é importante. Vou ter um pouco mais de pressão, mas vou como campeão mundial e vou me divertir. Espero ouvir o hino da Letônia no pódio em breve novamente."


Ben Watson

O GP russo ficará marcado na memória também do britânico Ben Watson, que conquistou seu primeiro pódio no campeonato via 3-6.

Notas

Pilotos da casa não tiveram a melhor sorte na etapa. Na MXGP Evgeny Bobryshev não encontrou boas largadas e nem as melhores linhas no circuito de Orlyonok. Também sentiu a diferença entre seu motor "caseiro" e as potentes máquinas de fábrica. Marcou apenas o 14º lugar geral.


 

Para Vsevolod Brylakov o resultado foi ainda pior na MX2. Depois de uma nona posição na primeira bateria, torceu o joelho na segunda corrida e vai precisar de um reparo cirúrgico nos ligamentos. A notícia praticamente tira o piloto da Kemea Yamaha do restante da temporada.

Quem também não está nada bem do joelho é o norte-americano Thomas Covington, que já chegou na Rússia com muitas dores e a esperança de conseguir pilotar próximo de seu potencial. Não foi o que aconteceu, o joelho piorou durante as corridas e Covington fechou a etapa apenas na 16ª posição. Segundo a equipe ele tentará se recuperar para o GP da Letônia, mas já se comenta nos bastidores que talvez seja melhor entrar na faca agora e se preparar para o ano que vem.

Vídeos







Resultados

P Nr MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 25 Desalle, Clement BEL KAW 25 22 47
2 84 Herlings, Jeffrey NED KTM 20 25 45
3 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 22 16 38
4 461 Febvre, Romain FRA YAM 14 20 34
5 243 Gajser, Tim SLO HON 16 18 34
6 21 Paulin, Gautier FRA HUS 18 15 33
7 33 Lieber, Julien BEL KAW 13 14 27
8 91 Seewer, Jeremy SUI YAM 12 13 25
9 77 Lupino, Alessandro ITA KAW 10 10 20
10 27 Jasikonis, Arminas LTU HON 11 8 19
11 6 Paturel, Benoit FRA KTM 9 9 18
12 89 Van Horebeek, Jeremy BEL YAM 15 3 18
13 12 Nagl, Maximilian GER TM 5 11 16
14 777 Bobryshev, Evgeny RUS SUZ 8 7 15
15 259 Coldenhoff, Glenn NED KTM 0 12 12
16 99 Anstie, Max GBR HUS 6 4 10
17 22 Strijbos, Kevin BEL KTM 7 2 9
18 17 Butron, Jose ESP KTM 3 5 8
19 128 Monticelli, Ivo ITA YAM 1 6 7
20 152 Petrov, Petar BUL HON 4 0 4
21 55 Irwin, Graeme GBR KTM 2 0 2
22 141 Desprey, Maxime FRA KAW 0 1 1

P Nr MX2 Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 1 Jonass, Pauls LAT KTM 25 25 50
2 61 Prado, Jorge ESP KTM 22 22 44
3 919 Watson, Ben GBR YAM 20 15 35
4 747 Cervellin, Michele ITA HON 14 20 34
5 19 Olsen, Thomas Kjer DEN HUS 18 16 34
6 10 Vlaanderen, Calvin RSA HON 15 18 33
7 118 Rubini, Stephen FRA KTM 16 13 29
8 14 Beaton, Jed AUS KAW 13 14 27
9 193 Geerts, Jago BEL YAM 9 12 21
10 66 Larranaga Olano, Iker ESP HUS 11 10 21
11 172 Van doninck, Brent BEL HUS 8 11 19
12 46 Pootjes, Davy NED KTM 10 6 16
13 811 Sterry, Adam GBR KAW 3 9 12
14 321 Bernardini, Samuele ITA TM 7 5 12
15 18 Brylyakov, Vsevolod RUS YAM 12 0 12
16 64 Covington, Thomas USA HUS 4 7 11
17 29 Jacobi, Henry GER HUS 0 8 8
18 426 Mewse, Conrad GBR KTM 6 2 8
19 161 Östlund, Alvin SWE YAM 1 4 5
20 95 Furlotti, Simone ITA YAM 5 0 5
21 338 Herbreteau, David FRA KTM 0 3 3
22 44 Lesiardo, Morgan ITA KTM 2 1 3

Classificação Geral

P Nr MXGP Nat. Bike Total
1 84 Herlings, J. NED KTM 286
2 222 Cairoli, A. ITA KTM 263
3 25 Desalle, C. BEL KAW 212
4 461 Febvre, Romain FRA YAM 203
5 21 Paulin, G. FRA HUS 180
6 259 Coldenhoff, G. NED KTM 152
7 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 150
8 243 Gajser, Tim SLO HON 147
9 91 Seewer, Jeremy SUI YAM 135
10 33 Lieber, Julien BEL KAW 113
11 12 Nagl, M. GER TM 104
12 777 Bobryshev, E. RUS SUZ 87
13 27 Jasikonis, A. LTU HON 77
14 24 Simpson, Shaun GBR YAM 76
15 77 Lupino, A. ITA KAW 72
16 22 Strijbos, K. BEL KTM 65
17 141 Desprey, M. FRA KAW 59
18 99 Anstie, Max GBR HUS 55
19 7 Leok, Tanel EST HUS 41
20 6 Paturel, B. FRA KTM 40
21 17 Butron, Jose ESP KTM 25
22 152 Petrov, Petar BUL HON 22
23 100 Searle, Tommy GBR KAW 20
24 55 Irwin, Graeme GBR KTM 17
25 128 Monticelli, I. ITA YAM 16
26 151 Kullas, Harri EST HUS 14
27 9 de Dycker, Ken BEL KTM 5
28 28 Salazar, Jetro PER HON 5
29 920 Valentin, A. ESP HUS 5
30 20 Bengtsson, F. SWE YAM 3
31 210 Alberto, Paulo POR YAM 2
32 94 Van der Mierden, S. NED YAM 1
P Nr MX2 Nat. Bike Total
1 1 Jonass, Pauls LAT KTM 266
2 61 Prado, Jorge ESP KTM 246
3 19 Olsen, T. DEN HUS 219
4 919 Watson, Ben GBR YAM 176
5 14 Beaton, Jed AUS KAW 156
6 10 Vlaanderen, C. RSA HON 130
7 18 Brylyakov, V. RUS YAM 127
8 426 Mewse, Conrad GBR KTM 108
9 29 Jacobi, Henry GER HUS 104
10 64 Covington, T. USA HUS 102
11 193 Geerts, Jago BEL YAM 102
12 96 Lawrence, H. AUS HON 99
13 46 Pootjes, Davy NED KTM 97
14 811 Sterry, Adam GBR KAW 94
15 747 Cervellin, M. ITA HON 87
16 66 Larranaga Olano, I. ESP HUS 87
17 57 Sanayei, D. USA KAW 68
18 321 Bernardini, S. ITA TM 66
19 118 Rubini, S. FRA KTM 62
20 98 Vaessen, Bas NED HON 56
21 172 Van doninck, B. BEL HUS 49
22 161 Östlund, Alvin SWE YAM 40
23 70 Fernandez, R. ESP KAW 38
24 95 Furlotti, S. ITA YAM 14
25 959 Renaux, Maxime FRA YAM 12
26 338 Herbreteau, D. FRA KTM 10
27 199 Zaragoza, J. ESP YAM 8
28 872 Boisrame, M. FRA HON 7
29 44 Lesiardo, M. ITA KTM 6
30 101 Pichon, Z. FRA KTM 5
31 26 Bertuzzi, N. ITA KTM 4
32 56 Weltin, M. USA HON 3
33 34 De Waal, M. NED HON 3
34 129 Agard-Michelsen, S. NOR YAM 1



Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet