fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

2017 Suécia - Udevalla - 16ª etapa
Publicado em: 23/08/2017

Com Cairoli em modo administrativo, nova geração deu as cartas na Suécia
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / Bavo Swijgers / J. P. Acevedo / Pascal Haudiquert

Seewer vence categoria MX2, mas se decepciona com resultado


Largada MXGP - Romain Febvre faz o holeshot na segunda bateria


 
Após um ano fora do calendário, a Suécia voltou a receber um GP do Mundial de Motocross. Uma das características mais marcantes do circuito de Udevalla está do lado de fora da pista: as arquibancadas naturais rochosas são sua marca registrada. O complexo esportivo, localizado numa área de mineração, abriga também um belo kartódromo.

O clima instável fez chover um pouco no sábado e também garoou durante as primeiras baterias do domingo. O circuito reconhecido pelo terreno duro, ficou escorregadio e bastante marcado com trilhos. Os pilotos tiveram que controlar a agressividade para se manter de pé. Não foi o caso de Julien Lieber na MX2. O belga que acabou de assinar com a Kawasaki para correr na MXGP em 2018 abusou da pilotagem "no fio da navalha" e após três ou quatro quedas durantes as corridas principais, acabou abandonando com um ombro aparentemente deslocado.

Corridas


Tim Gajser

Recordista disparado de holeshots na temporada - 13 por enquanto - Antonio Cairoli não encontrou boas largadas em Udevalla. Na verdade sua largada na primeira bateria foi horrível, fora dos 20 primeiros. Recuperou-se até 15º ao completar a primeira volta, mas a partir daí seu avanço foi bastante lento. Em nono na última volta, ainda tentou ultrapassar Jeremy Van Horebeek, mas acabou comprando um terreninho. Teve de se contentar mesmo com o nono lugar.


Jeffrey Herlings recuperando posições na primeira bateria


Após duas vitórias consecutivas, Jeffrey Herlings abandonou bateria por falha mecânica
Quem começou a corrida forte foi Romain Fevbre, que ultrapassou Evgeny Bobryshev pela primeira posição e acelerou para tentar abrir alguma vantagem. Mas uma queda ainda na primeira volta acabou com a tática do francês, que teve de se recuperar da 12ª posição para o sexto posto no restante da corrida.

O erro do francês abriu caminho para Tim Gajser controlar a corrida e vencer a bateria. A sétima neste ano e a segunda após a contusão no ombro que o tirou de algumas etapas. Jeffrey Herlings foi o destaque na parte final da corrida ao roubar a segunda posição de Gautier Paulin.

O (por enquanto) desempregado Evgeny Bobryshev manteve a quarta posição até a ultima volta, quando caiu. Chegou em oitavo. Clement Desalle e Glenn Coldenhoff completaram os cinco primeiros.

Segunda bateria


Romain Febvre

Sem vencer uma bateria há mais de um ano - perdeu uma chance na última volta na Russia há alguns GPs - o campeão 2015 Romain Febvre largou determinado a mudar esse placar. Gajser o atacou no início da corrida, mas depois dos dois quase se chocarem no ar e de alguns pequenos erros, o esloveno acalmou-se na segunda posição. Nesse meio tempo foi ultrapassado por Jeffrey Herlings cuja corrente pulou fora, forçando o abandono algumas curvas depois.

O holandês tentava sua terceira vitória consecutiva e não se conformou com o problema mecânico: "É uma pena que coisas assim aconteçam em nosso esporte. Não tive nenhuma sorte hoje. Estava prestes a atacar o líder e tenho certeza que venceria tanto a bateria como o GP. Essas coisas acontecem. Queria vencer três corridas seguidas, estou muito motivado."


Gautier Paulin


Glenn Coldenhoff
Bom, voltando à briga entre Febvre e Gajser, a diferença entre os dois ficou por volta de quatro segundos durante a maior parte da bateria, até que num pequeno erro do francês, Gajser teve a oportunidade de atacar de novo. Foi um boa batalha novamente até Gajser perder contato mais uma vez por causa de um retardatário. Assim, o atual campeão administrou as últimas voltas para a segunda posição que lhe daria a vitória geral na etapa.

Tim Gajser: "Foi bom voltar ao topo do pódio após tanto tempo! Meu objetivo neste final de temporada é vencer mais GPs e fechar a temporada forte. Na segunda bateria sabia que o segundo lugar me daria a vitória. Cometi um pequeno erro no início quando Jeffrey me passou, então ele teve problemas com a moto, o que me permitiu voltar ao segundo lugar e buscar Febvre. Foi muito difícil passar ele nas voltas finais, então reduzi um pouco o ritmo já que tinha o necessário para ganhar."

Romain Febvre: "Foi um bom final de semana no geral. Quase fiz dois holeshots. Na primeira bateria liderava quando caí e depois levei um toque de Max Nagl quando estava de volta na moto e caí de novo. Ainda cheguei em sexto, então sabia que minha velocidade era boa. Tinha a sensação que poderia ter vencido a primeira bateria, então liderei todas as voltas e venci a segunda bateria. Estou muito feliz por voltar ao pódio."


Clement Desalle

Sem brigar pela liderança, Gautier Paulin completou um final de semana consistente com 3-3 pelo terceiro degrau do pódio e foi o primeiro piloto da "velha guarda", aqueles que estão na MXGP pelo menos desde 2012. Finalizou a segunda bateria a oito segundos de Tim Gajser. "Com toda a chuva que tivemos no sábado e domingo de manhã enfrentamos condições variáveis na pista. Levou algum tempo para me sentir à vontade no circuito, mas fui capaz de encontrar uma boa velocidade e ser terceiro nas duas baterias. Estou feliz por conquistar mais um pódio."


Antonio Cairoli

O desempenho de Cairoli também foi discreto nesta segunda bateria. Mas com cerca de 100 pontos de vantagem na fase final do campeonato, vencer baterias deixa de ser prioridade. "Estamos perto do final e é fácil cometer um erro e se machucar. Eu quero trazer esse título de volta para a KTM. Não tenho nenhuma pressão para que isso aconteça rápido. Podemos lidar com resultados médios como o de hoje. Essa nunca foi uma de minhas pistas favoritas, mas venci aqui seis vezes - igualando Stefan Everts - sempre chegamos aqui numa fase anterior da temporada, sem muita pressão pelo campeonato, então estava mais no 'modo ataque'. Cometi alguns erros hoje e passei algumas dificuldades, mas no geral o final de semana foi bom e completamos a etapa seguros e prontos para a próxima."

Com 101 pontos de vantagem sobre Herlings, Cairoli pode fechar a fatura na próxima etapa nos Estados Unidos caso a diferença se mantenha.

MX2 - Vitória com gostinho amargo para Jeremy Seewer


Chegada da segunda bateria. Thomas Covington conquista a primeira posição na bandeirada

O suíço Jeremy Seewer venceu o GP da Suécia, mas ficou aquela sensação de que faltou alguma coisa. Nesta fase final do campeonato qualquer ponto é importante, principalmente quando se precisa desesperadamente alcançar o líder. Esse é o último ano do piloto na MX2, que em 2018 passa para a categoria principal ao estourar o limite de 23 anos.

A segunda bateria em Udevalla foi emblemática. Depois de ultrapassar Jorge Prado na quinta volta, Seewer assumiu a liderança com seu companheiro de equipe Hunter Lawrence em segundo. Durante boa parte da bateria ficou em situação onde marcaria nove pontos a mais que Pauls Jonass, um bom passo para continuar brigando pelo título. Mas Jonass, depois de algum trabalho, superou Prado pela quarta posição e a cinco voltas do fim Lawrence caiu e entregou mais dois pontos para o piloto da KTM.


Jeremy Seewer

Porém o golpe final sobre Seewer partiu de Thomas Covington, literalmente na linha de chegada. Acho que foi a vitória em bateria pela menor margem da história: 0,05 segundo! Com os três pontos perdidos na bandeirada, Seewer ainda venceu o GP, mas ganhou apenas dois pontos sobre Jonass na bateria (quatro no geral do GP) e não se conformou em por não ter defendido melhor a liderança.


Jorge Prado fez 14 holeshots esse ano

Sobre o veloz Jorge Prado tenho um observação a fazer. Se Cairoli é o rei do holeshot na MXGP o espanhol é o recordista na MX2, com 14 na temporada até o momento. As boas largadas, claro, o ajudam, mas tenho notado que quando sofre pressão, acaba se preocupando demais em defender posição e esquece de "olhar pra frente". Assim, após gastar muita energia na defensiva, perde completamente o ritmo de corrida.

Na segunda bateria, depois de ultrapassado por Seewer, Lawrence e Covington, entrou em confronto com seu companheiro de equipe (e líder do campeonato) Jonass, que chegou a se irritar com a situação. No final ainda foi ultrapassado por Thomas Kjer Olsen e caiu para sexto. Só recuperou a quinta posição com a queda de Lawrence.


Pódio MX2 com Jorge Prado, Jeremy Seewer e Pauls Jonass

Na primeira bateria Prado conseguiu controlar a liderança e mostrou velocidade mais que suficiente para vencer.

Com 150 pontos ainda em jogo, Jonass vai para as três etapas finais com 45 pontos de vantagem sobre Seewer.

Vídeo Highlights



Resultados

P. # MXGP Nat. Moto Race 1 Race 2 Total
1 243 Gajser, Tim SLO HON 25 22 47
2 461 Febvre, Romain FRA YAM 15 25 40
3 21 Paulin, Gautier FRA HUS 20 20 40
4 25 Desalle, Clement BEL KAW 18 18 36
5 259 Coldenhoff, Glenn NED KTM 16 16 32
6 89 Van Horebeek, Jeremy BEL YAM 14 15 29
7 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 12 14 26
8 777 Bobryshev, Evgeny RUS HON 13 11 24
9 27 Jasikonis, Arminas LTU SUZ 11 12 23
10 84 Herlings, Jeffrey NED KTM 22 0 22
11 99 Anstie, Max GBR HUS 8 13 21
12 7 Leok, Tanel EST HUS 7 10 17
13 24 Simpson, Shaun GBR YAM 10 7 17
14 100 Searle, Tommy GBR KAW 6 9 15
15 77 Lupino, Alessandro ITA HON 9 0 9
16 22 Strijbos, Kevin BEL SUZ 0 8 8
17 12 Nagl, Maximilian GER HUS 0 6 6
18 664 Bengtsson, Filip SWE KTM 2 4 6
19 151 Kullas, Harri EST HUS 0 5 5
20 9 de Dycker, Ken BEL HON 5 0 5
21 249 Larsen, Nikolaj DEN KTM 1 3 4
22 71 Graulus, Damon BEL HON 4 0 4
23 999 Goncalves, Rui POR HUS 3 0 3
24 49 Irt, Jernej SLO HUS 0 2 2
25 824 Kouwenberg, Nick NED YAM 0 1 1

P. # MX2 Nat. Moto Race 1 Race 2 Total
1 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 22 22 44
2 61 Prado Garcia, Jorge ESP KTM 25 16 41
3 41 Jonass, Pauls LAT KTM 20 20 40
4 426 Mewse, Conrad GBR HUS 18 13 31
5 64 Covington, Thomas USA HUS 5 25 30
6 19 Olsen, Thomas Kjer DEN HUS 12 18 30
7 6 Paturel, Benoit FRA YAM 14 14 28
8 57 Sanayei, Darian USA KAW 15 12 27
9 96 Lawrence, Hunter AUS SUZ 9 15 24
10 189 Bogers, Brian NED KTM 16 7 23
11 10 Vlaanderen, Calvin NED KTM 11 11 22
12 747 Cervellin, Michele ITA HON 10 10 20
13 919 Watson, Ben GBR KTM 13 4 17
14 172 Van doninck, Brent BEL YAM 6 8 14
15 46 Pootjes, Davy NED KTM 3 9 12
16 297 Gole, Anton SWE TM 4 5 9
17 161 Östlund, Alvin SWE YAM 7 2 9
18 81 Hsu, Brian GER HUS 2 6 8
19 33 Lieber, Julien BEL KTM 8 0 8
20 76 Fernandez, Ruben ESP KAW 1 3 4
21 29 Jacobi, Henry GER HUS 0 1 1


P # MXGP Nat. Moto Pts
1 222 Cairoli, A. ITA KTM 631
2 84 Herlings, J. NED KTM 530
3 21 Paulin, G. FRA HUS 526
4 25 Desalle, C. BEL KAW 519
5 243 Gajser, Tim SLO HON 453
6 461 Febvre, Romain FRA YAM 441
7 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 377
8 12 Nagl, M. GER HUS 364
9 259 Coldenhoff, G. NED KTM 352
10 777 Bobryshev, E. RUS HON 344
11 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 328
12 99 Anstie, Max GBR HUS 328
13 27 Jasikonis, A. LTU SUZ 283
14 7 Leok, Tanel EST HUS 184
15 77 Lupino, A. ITA HON 164
16 22 Strijbos, K. BEL SUZ 149
17 24 Simpson, Shaun GBR YAM 140
18 17 Butron, Jose ESP KTM 122
19 999 Goncalves, Rui POR HUS 108
20 911 Tixier, Jordi FRA KAW 79
21 92 Guillod, V. SUI HON 61
22 9 de Dycker, Ken BEL HON 60
23 71 Graulus, Damon BEL HON 46
24 151 Kullas, Harri EST HUS 40
25 141 Desprey, M. FRA KAW 28
26 100 Searle, Tommy GBR KAW 26
27 664 Bengtsson, F. SWE KTM 18
28 45 Nicholls, Jake GBR KTM 15
29 191 Romancik, J. CZE KTM 14
30 212 Dewulf, J. BEL KTM 14
31 221 Ratsep, Priit EST HON 13
32 32 Potisek, Milko FRA YAM 12
33 595 Mikhaylov, E. RUS HUS 10
34 121 Boog, Xavier FRA HON 8
35 201 Martens, Y. BEL HUS 6
36 301 Golovkin, V. RUS KTM 6
37 49 Irt, Jernej SLO HUS 5
38 232 Michek, Martin CZE KTM 4
39 37 Krestinov, G. EST HON 4
40 249 Larsen, N. DEN KTM 4
41 60 Salazar, Jetro ECU HON 4
42 251 Getteman, Jens BEL KAW 4
43 73 Irt, Peter SLO YAM 4
44 551 Leonov, V. RUS KTM 4
45 149 Ullrich, D. GER KTM 3
46 685 Lenoir, Steven FRA KAW 3
47 909 Neurauter, L. AUT KTM 3
48 920 Valentin, A. ESP HON 2
49 494 Van der Mierden, S. NED HUS 2
50 179 Poli, Joaquin ARG HON 1
51 82 Baumgartner, A. SUI KTM 1
52 36 Bonini, Matteo ITA KAW 1
53 38 Peixe, Sandro POR HON 1
54 824 Kouwenberg, N. NED YAM 1
55 261 Hendro Fahrodjie , F. INA KAW 1
P # MX2 Nat. Moto Pts
1 41 Jonass, Pauls LAT KTM 669
2 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 624
3 6 Paturel, B. FRA YAM 504
4 19 Olsen, T. DEN HUS 497
5 33 Lieber, Julien BEL KTM 436
6 64 Covington, T. USA HUS 417
7 61 Prado Garcia, J. ESP KTM 392
8 189 Bogers, Brian NED KTM 331
9 96 Lawrence, H. AUS SUZ 284
10 172 Van doninck, B. BEL YAM 273
11 747 Cervellin, M. ITA HON 254
12 57 Sanayei, D. USA KAW 242
13 10 Vlaanderen, C. NED KTM 209
14 919 Watson, Ben GBR KTM 199
15 426 Mewse, Conrad GBR HUS 192
16 161 Östlund, Alvin SWE YAM 189
17 18 Brylyakov, V. RUS KAW 129
18 98 Vaessen, Bas NED SUZ 120
19 321 Bernardini, S. ITA TM 111
20 66 Larranaga Olano, I. ESP HUS 105
21 81 Hsu, Brian GER HUS 97
22 29 Jacobi, Henry GER HUS 88
23 297 Gole, Anton SWE TM 78
24 811 Sterry, Adam GBR KAW 72
25 128 Monticelli, I. ITA KTM 61
26 46 Pootjes, Davy NED KTM 56
27 88 van der Vlist, F. NED KTM 52
28 118 Rubini, S. FRA KAW 49
29 338 Herbreteau, D. FRA KAW 45
30 107 van Berkel, L. NED HUS 42
31 127 Rodriguez, A. VEN HON 34
32 152 Petrov, Petar BUL KAW 32
33 223 Tropepe, G. ITA HUS 30
34 67 Klingsheim, M. NOR KAW 26
35 56 Weltin, M. USA KAW 20
36 14 Beaton, Jed AUS HON 19
37 170 Ward, Caleb AUS HUS 14
38 132 Kutsar, Karel EST HUS 14
39 95 De Waal, M. NED HON 12
40 951 Furlotti, S. ITA YAM 10
41 76 Fernandez, R. ESP KAW 9
42 44 Lesiardo, M. ITA KAW 8
43 83 Renkens, N. BEL KTM 7
44 411 Dercourt, N. FRA YAM 5
45 110 Verhaeghe, A. FRA KTM 4
46 480 Bengtson, Ken SWE YAM 3
47 102 Sikyna, R. SVK KTM 2
48 142 Petrov, Ivan BUL HUS 1
49 48 Wilson, Jay AUS YAM 1
50 97 Ivanov, M. BUL HON 1
51 199 Zaragoza, J. ESP YAM 1
52 218 Tanti, Aaron AUS HUS 1
53 28 Notsuka, C. JPN HON 1









Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet