fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

> Competição > AMA Motocross

2017 Budds Creek - MD - 11ª etapa
Publicado em: 22/08/2017

Vitórias de Justin Bogle e Adam Cianciarulo. Zach Osborne confirma título 250 por antecipação
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Simon Cudby e Suzuki

Com pódio, Eli Tomac garante situação favorável na final


Largada 450, favoritos ao título longe das primeiras posições

A 11ª etapa do AMA Motocross, em Budds Creek, foi um dia de vencedores de primeira viagem no AMA Motocross. Justin Bogle levou sua RCH Suzuki Yoshimura ao topo do pódio na classe 450 enquanto Adam Cianciarulo fez o mesmo com a Kawasaki Pro Circuit na 250. Ambos estreantes no degrau mais alto em suas respectivas categorias, mas em situações distintas a respeito dos contratos 2018.

Cianciarulo já estendeu seu contrato para o ano que vem, enquanto Bogle, pelo menos oficialmente, ainda está sem equipe. A RCH Suzuki fecha as portas após a final do campeonato no próximo sábado.

Apesar dos novos vencedores trazerem algum tempero no campeonato, as atenções estavam voltadas para as disputas pelos títulos. Na 250, Zach Osborne garantiu o campeonato com duas baterias inspiradas. Na 450, Eli Tomac "saiu da inércia" na segunda corrida e voltou a vencer uma bateria impedindo a aproximação de Blake Baggett e Marvin Musquin.
 
Corridas


Justin Bogle

Choveu bastante na sexta-feira, mas a organização cuidou muito bem da pista cobrindo os obstáculos e tratando de evitar acúmulo de água. No sábado pela manhã o terreno ainda estava bem úmido e a pista foi ficando mais rápida ao longo do dia.

Na primeira bateria da 450 o animado Martin Dávalos largou na frente em busca de seu terceiro pódio consecutivo, enquanto os pretendentes ao título Blake Baggett e Marvin Musquin largaram fora dos cinco primeiros - e Eli Tomac fora dos dez primeiros. A pista ainda lisa exigia atenção e um certo cuidado, mas Bogle encontrou um ponto para ultrapassar o equatoriano e assumir a ponta na quarta volta.


Marvin Musquin

Musquin também começou seu avanço na quarta volta - parece que as três primeiras serviram para os pilotos se ambientarem (a classe 450 correu primeiro que a 250 nesta etapa). O francês superou Baggett, Weston Peick, Matt Bisceglia e Cole Seely para alcançar o terceiro posto. Nesta posição precisou recuperar terreno para superar Dávalos e quando conseguiu Bogle tinha cerca de dez segundos de vantagem. Nas voltas finais o francês usou toda a velocidade para alcançar o líder Bogle, que avisado pela equipe reativou o "modo turbo" para defender a liderança. A diferença entre os dois foi de apenas 0.8 segundo na bandeirada.

Enquanto Baggett não avançou além da quinta posição, a recuperação de Tomac foi apenas morna. O piloto da Kawasaki foi cuidadoso e chegou até o sétimo posto. Entretanto os oito pontos que perdeu em relação a Musquin talvez tenham acendido o alerta nas tendas da equipe.

Segunda bateria



Eli Tomac

Na segunda corrida Matt Bisceglia repetiu o holeshot da primeira e logo cedeu a posição para o companheiro de equipe Bogle. Pressionado por Tomac, que largou entre os cinco primeiros, Baggett partiu para cima de Bogle e conseguiu a liderança na quinta volta, mas permaneceu lá apenas até a sétima, quando Tomac o superou.

A pista mais esburacada, mas também mais seca parece ser mais apropriada ao estilo "bruto" de Tomac. Por outro lado Musquin não teve a mesma desenvoltura da primeira bateria e passou mais de um terço da corrida flutuando entre a oitava e nona posições antes de passar a subir no pelotão. Completou a prova em quarto, mas viu Tomac recuperar sete dos oito pontos perdidos na primeira bateria.


Cole Seely

Justin Bogle: "É ótima a sensação da vitória. É meu primeiro pódio na 450 e a vitória o deixa ainda mais incrível. Consegui boas largadas entre os três primeiros nas duas corridas. A pressão subiu muito com os retardatários, eles são difíceis. A organização fez um trabalho incrível com a pista após toda a chuva na sexta-feira. Entretanto o traçado ficou apenas com uma linha rápida, o que também dificultou as coisas."

Marvin Musquin: "Simplesmente minhas largadas não foram boas o suficiente hoje e fiquei em situação difícil para lutar pela vitória em ambas as baterias. Na primeira bateria fui capaz de encontrar um ritmo forte e terminei em segundo. Na segunda corrida larguei ao redor de 15º e quando cheguei na frente os três primeiros já tinham ido embora. Apesar do segundo lugar na etapa, meu objetivo era manter o 1-1 das três últimas provas."

Eli Tomac: "Estou muito feliz por mudar a situação na segunda bateria e subir ao pódio. Me senti bem hoje, mas tive uma largada difícil na primeira bateria. Na segunda corrida, sabia que tinha que partir numa melhor posição a as coisas se ajeitariam naturalmente. Não vamos sossegar e continuaremos brigando semana que vem em Ironman."


Pódio 450 com Marvin Musquin, Justin Bogle e Eli Tomac

250 - Título merecido para Zach Osborne


Adam Cianciarulo

Na classe 250 não há o que discutir. Zach Osborne foi o melhor piloto nesta temporada. Não só pela velocidade e pelas quatro vitórias, mas pela incrível capacidade de recuperação. Em Budds Creek deu mais uma mostra de sua capacidade quando foi atingido por uma queda coletiva na largada. Perdeu muito tempo e levantou lá atrás, mas foi capaz de completar a prova na oitava posição e ainda mantendo as chances vivas de definir o título na segunda bateria.

Quem largou na frente e liderou de ponta a ponta foi Adam Cianciarulo, um piloto dos mais rápidos, mas que ainda comete erros acima da média, desperdiçando outras chances de vitória durante a temporada. Jeremy Martin largou em segundo e chegou em... segundo. Na busca pelo terceiro título precisava da vitória, mas não conseguiu diminuir a diferença para Cianciarulo que cruzou a bandeirada com seis segundos de vantagem.


Zach Osborne e Jeremy Martin

A segunda bateria viu Shane McElrath largar na frente com Osborne e Martin na sequência. O piloto da Geico Honda perdeu um pouco de contato com o adversário no início, mas depois de algumas voltas começou a recuperar terreno até que errou e foi ao chão. Na mesma volta Osborne assumiu a liderança e controlou a corrida até o final.

Cianciarulo, que assumiu a terceira posição com a queda de Martin, conquistou o segundo posto a cinco voltas do fim e marcou pontos mais que suficientes para comemorar a primeira vitória no campeonato. Osborne comemorou o título por antecipação, também seu primeiro no campeonato.

Zach Osborne: "Acabou sendo um dia muito bom. Fiz um bom tempo nos treinos e fiquei com a segunda posição. Então caí na primeira curva e tive que dar tudo que tinha. Me concentrei bastante na segunda largada. Saí em segundo ou terceiro, então enrolei o cabo e não olhei mais para trás."


Zach Osborne e Husqvarna comemoram título antecipado

Com a 17ª posição o brasileiro Gustavo Pessoa marcou mais quatro pontos na segunda bateria de Budds Creek após abandonar a primeira corrida.

Vídeo Highlights



Resultados

450 Largada Chegada Pts
P. # Piloto Moto M1 M2 M1 M2 Total
1 19 Justin Bogle Suz RMZ 450 2 1 1 3 45
2 25 Marvin Musquin KTM 450 SX-F FE 7 8 2 4 40
3 3 Eli Tomac Kaw KX 450F 12 5 7 1 39
4 4 Blake Baggett KTM 450 SX-F FE 6 2 5 2 38
5 14 Cole Seely Hon CRF450R 3 7 4 8 31
6 32 Weston Peick Suz RMZ 450 5 3 8 6 28
7 2 Cooper Webb Yam YZ 450F 9 9 9 7 26
8 43 Matthew Bisceglia Suz RMZ 450 4 (HS) 6 (HS) 6 10 26
9 48 Christian Craig Hon CRF450R 14 12 10 9 23
10 15 Dean Wilson Hus FC450 15 4 16 5 21
11 34 Benny Bloss KTM 450 SX-F FE 17 13 11 11 20
12 30 Martin Davalos Hus FC450 1 10 3 38 20
13 37 Phillip Nicoletti Suz RMZ 450 10 17 14 12 16
14 70 Dakota Alix KTM 450 SX-F FE 8 14 13 13 16
15 68 Heath Harrison KTM 450 SX-F 22 26 15 16 11
16 40 Fredrik Noren Hon CRF450R 11 11 12 39 9
17 11 Kyle Chisholm Hon CRF450R 13 15 20 14 8
18 88 John Short Yam YZ 450F 23 16 19 15 8
19 921 Isaac Teasdale KTM 450 SX-F 21 19 30 17 4
20 77 Ben LaMay KTM 450 SX-F FE 20 27 17 23 4
21 718 Toshiki Tomita Hon CRF450R 25 20 24 18 3
22 81 Henry Miller Yam YZ 450F 28 25 18 37 3
23 154 Brandon Scharer Yam YZ 450F 19 21 29 19 2
24 606 Ronnie Stewart Suz RMZ 450 32 18 25 20 1

250 Largada Chegada Pts
P. # Piloto Moto M1 M2 M1 M2 Total
1 36 Adam Cianciarulo Kaw KX 250F 1 (HS) 4 1 2 47
2 16 Zachary Osborne Hus FC250 26 2 8 1 38
3 38 Shane McElrath KTM 250 SX-F FE 4 1 4 3 38
4 6 Jeremy Martin Hon CRF250R 2 3 (HS) 2 6 37
5 23 Aaron Plessinger Yam YZ 250F 5 5 5 4 34
6 31 RJ Hampshire Hon CRF250R 3 11 3 7 34
7 39 Colt Nichols Yam YZ 250F 17 6 7 5 30
8 486 Chase Sexton Hon CRF250R 21 21 9 9 24
9 42 Kyle Cunningham Suz RMZ 250 7 10 6 12 24
10 45 Mitchell Harrison Yam YZ 250F 29 8 11 10 21
11 191 Justin Cooper Yam YZ 250F 8 9 14 8 20
12 50 Luke Renzland Yam YZ 250F 27 12 12 11 19
13 223 Dylan Wright Hon CRF250R 9 13 13 13 16
14 129 Sean Cantrell KTM 250 SX-F FE 10 19 10 18 14
15 183 Lorenzo Locurcio Yam YZ 250F 35 18 17 15 10
16 105 Steven Clarke KTM 250 SX-F 34 7 20 14 8
17 108 Dylan Ferrandis Yam YZ 250F 38   15 40 6
18 78 Nick Gaines Yam YZ 250F 39 20 40 16 5
19 355 Joey Crown Kaw KX 250F 12 15 18 19 5
20 677 Cody Williams Yam YZ 250F 11 39 16 26 5
21 791 Gustavo Souza Hon CRF250R 13 24 39 17 4
22 231 Jayce Pennington Yam YZ 250F 16 26 19 21 2
23 130 Austin Root Hus FC250 19 14 21 20 1

Classificação Geral
P. # 450 Pts
1 3 Eli Tomac 439
2 4 Blake Baggett 411
3 25 Marvin Musquin 409
4 15 Dean Wilson 320
5 14 Cole Seely 294
6 19 Justin Bogle 286
7 30 Martin Davalos 263
8 32 Weston Peick 241
9 2 Cooper Webb 237
10 21 Jason Anderson 216
11 48 Christian Craig 190
12 40 Fredrik Noren 188
13 51 Justin Barcia 172
14 20 Broc Tickle 146
15 70 Dakota Alix 145
16 33 Joshua Grant 143
17 81 Henry Miller 94
18 88 John Short 63
19 43 Matthew Bisceglia 62
20 34 Benny Bloss 60
21 68 Heath Harrison 53
22 125 Josh Mosiman 48
23 41 Trey Canard 39
24 154 Brandon Scharer 37
25 244 Justin Hoeft 34
26 718 Toshiki Tomita 32
27 111 Dean Ferris 29
28 606 Ronnie Stewart 29
29 37 Phillip Nicoletti 28
30 97 Thomas Sipes 13
31 559 Dylan Merriam 13
32 90 Dillan Epstein 12
33 757 Tommy Weeck 12
34 121 Cody Cooper 11
35 151 Dakota Tedder 11
36 170 Zack Williams 10
37 11 Kyle Chisholm 8
38 776 Ryan Dowd 8
39 52 Tyler Bowers 7
40 333 Rhys Carter 7
41 921 Isaac Teasdale 7
42 926 Kaven Benoit 5
43 77 Ben LaMay 4
44 637 Robert Piazza 4
45 596 Carson Tickle 3
46 376 Chris Canning 3
47 544 Morgan Burger 3
48 96 Vann Martin 2
49 401 Samuel Redman 2
50 941 Angelo Pellegrini 2
51 58 Christopher Alldredge 2
52 309 Jeremy Smith 1
53 167 Zachary Bell 1
54 27 Nicholas Wey 1
55 330 Cade Autenrieth 1
56 157 Jacob Baumert 1
P. # 250 Pts
1 16 Zachary Osborne 451
2 6 Jeremy Martin 387
3 36 Adam Cianciarulo 330
4 17 Joseph Savatgy 324
5 23 Aaron Plessinger 319
6 108 Dylan Ferrandis 305
7 26 Alex Martin 296
8 39 Colt Nichols 265
9 45 Mitchell Harrison 250
10 38 Shane McElrath 248
11 31 RJ Hampshire 197
12 24 Austin Forkner 184
13 486 Chase Sexton 162
14 129 Sean Cantrell 152
15 50 Luke Renzland 129
16 42 Kyle Cunningham 125
17 78 Nick Gaines 105
18 183 Lorenzo Locurcio 102
19 46 Justin Hill 88
20 74 Bradley Taft 68
21 342 Michael Mosiman 64
22 191 Justin Cooper 51
23 105 Steven Clarke 46
24 28 Mitchell Oldenburg 24
25 57 James Decotis 23
26 677 Cody Williams 21
27 791 Gustavo Souza 18
28 172 Mark Worth 17
29 223 Dylan Wright 16
30 355 Joey Crown 14
31 558 Jerry Robin 12
32 128 Cameron Mcadoo 11
33 130 Austin Root 11
34 487 Josh Osby 10
35 179 Jon Ames 7
36 231 Jayce Pennington 6
37 209 William Lofstrom 5
38 367 Hunter Sayles 4
39 430 Dylan Summerlin 4
40 570 Cody VanBuskirk 3
41 702 Josiah Hempen 3
42 388 Brandan Leith 2
43 321 Bradley Lionnet 1
44 87 Chris Howell 1
45 81 Henry Miller 1










Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet