fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Notícias > Últimas Notícias

Com 4 pontos entre os líderes, AMA Motocross segue para Red Bud
Publicado em: 30/06/2017

Blake Baggett e Eli Tomac lutam pela liderança na metade do campeonato
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Simon Cudby / Divulgação


Eli Tomac

RedBuuuuuuud marca a metade da temporada do Lucas Oil AMA Motocross 2017. O campeonato chega à sexta etapa com apenas 4 pontos separando o líder Blake Baggett do vice-líder Eli Tomac. Após cinco etapas, Tomac venceu quatro de dez bateria disputadas, contra apenas duas vitórias em baterias de Baggett. Entretanto o piloto da Rocky Mountain KTM tem um resultado médio de 3.7, enquanto a posição média de Tomac é 4.8.

Baggett não ficou fora dos três primeiros nas últimas sete baterias, enquanto Tomac tem alguns resultados bem abaixo do esperado como a 19º posição na segunda bateria em Glen Helen e o 12º lugar na primeira corrida de High Point. Na última prova, no Tennessee, Baggett também mostrou uma incrível capacidade de recuperação, saindo de último após uma queda na largada para chegar em terceiro. Ao que parece, Tomac é mais dependente de boas largadas para conseguir bons resultados.


Blake Baggett

Outros pretendentes

Não fosse pelo abandono na bateria de abertura em Hangtown, Jason Anderson estaria na bem na briga. Ocupa a terceira posição a 19 pontos do líder. Fora o abandono, seus resultados têm sido bastante consistentes, os piores foram dois sexto lugares. Venceu duas baterias, assim como Baggett e chegou em segundo em duas outras oportunidades.


Jason Anderson e Marvin Musquin

O brilhante início de temporada de Marvin Musquin ganhou um grande ponto de interrogação na quarta etapa em High Point, onde chegou com intensas dores resultantes de uma lesão no menisco ocorrida durante os treinos semanais. Sem poder esticar a perna esquerda, o francês viu sua liderança ir embora chegando numa 16ª posição, depois de vencer uma e não ter um resultado pior que quarto nas seis primeiras baterias do campeonato. Musquin até que se saiu melhor nas duas baterias seguintes - 6º e 7º - mas problemas no freio dianteiro marcaram um pesado "zero pontos" na última corrida do Tennessee. Os 34 pontos que o separam de Baggett, não são tão preocupantes quanto a sua atual condição física. Musquin será capaz de voltar à lutar por vitórias, ou vai abandonar a disputa para tratar o joelho?

Problemas de comunicação

A equipe Kawasaki chegou a informar que Josh Grant não correria este final de semana em Red Bud e o piloto logo desmentiu a própria equipe em sua conta no Instagram!?!?!?!? Após algum vai e vem - e provavelmente algum mal estar no departamento de comunicação - ficou definido que Grant corre, sim, na sexta etapa.

250 - Osborne acumula boa vantagem


Zach Osborne

Com quatro vitórias em baterias e o melhor resultado médio geral (incluindo a 450) do campeonato, Zach Osborne lidera - com sua Husqvarna - a classificação geral da categoria 250, 31 pontos a frente de Alex Martin, que venceu apenas uma bateria. Jeremy Martin é o terceiro colocado, quatro pontos atrás do irmão.

Jeremy venceu duas baterias e teve dois pontos baixos por enquanto: o abandono por falha mecânica na abertura em Hangtown e quedas na primeira bateria no Tennessee, onde completou em 13º. Quedas e um abandono também marcaram o início de campeonato de Aaron Plessinger, mas o piloto Yamaha pode ter se animado com os resultados das duas últimas etapas, onde fez pódio em High Point e venceu no Tennessee. Nesse período só não pontuou mais que Osborne (87x88 pontos).

Um fato interessante na categoria é que apenas os dois primeiros e o 10º colocado Mitchell Harrison, marcaram pontos em todas as baterias.

Novidades de Red Bud

Entre os principais temos Christian Craig, da equipe HRC, que retorna após três etapas de molho. Outro retorno é de Nick Wey, veterano que não compete desde o final da temporada de supercross no ano passado. Wey aproveita a prova em "seu quintal" para competir no AMA Motocross, cuja última participação ocorreu em Budds Creek 2014.

Outra grande novidade foi a reconstrução do LaRocco's Leap, tradicionalmente o maior salto da temporada. O obstáculo foi reposicionado após pequenas alterações no traçado para acomodar uma arquibancada maior. Confira o vídeo e também esse antigo artigo aqui para saber mais sobre esse incrível salto.





Brasileiros na pista

Além de Gustavo Pessoa (Honda IMS Itamaracá) teremos o curitibano Pepê Bueno (Kawasaki Pro Tork Balbi), ambos competindo na 250. O paulista Gustavo, com três etapas e 9 pontos conquistados já adquiriu certa experiência no campeonato. Pepê faz sua estreia no AMA Motocross.

Cronometragem e resultados das baterias ao vivo

A classificação das baterias e a cronometragem ao vivo podem ser acompanhadas em tempo real neste sábado (01/07) no link: https://www.motox.com.br/liveresults/amamx/ . Os resultados das corridas são salvos e disponibilizados ao final de cada sessão.

Cronograma das baterias (horário de Brasília)
14:10 - 250 Class Moto #1
15:10 - 450 Class Moto #1
16:10 - 250 Class Moto #2
17:10 - 450 Class Moto #2

Classificação Geral AMA Motocross 2017
P. # 450 Pts
1 4 Blake Baggett 195
2 3 Eli Tomac 191
3 21 Jason Anderson 176
4 25 Marvin Musquin 161
5 20 Broc Tickle 139
6 19 Justin Bogle 137
7 15 Dean Wilson 137
8 32 Weston Peick 112
9 2 Cooper Webb 112
10 33 Joshua Grant 106
11 14 Cole Seely 105
12 51 Justin Barcia 96
13 30 Martin Davalos 96
14 40 Fredrik Noren 86
15 70 Dakota Alix 60
16 48 Christian Craig 37
17 68 Heath Harrison 31
18 111 Dean Ferris 29
19 125 Josh Mosiman 24
20 41 Trey Canard 21
21 244 justin hoeft 17
22 154 Brandon Scharer 15
23 88 John Short 15
24 718 Toshiki Tomita 14
25 606 Ronnie Stewart 14
26 97 Thomas Sipes 13
27 90 Dillan Epstein 12
28 121 Cody Cooper 11
29 81 Henry Miller 8
30 151 Dakota Tedder 8
31 333 Rhys Carter 7
32 170 Zack Williams 6
33 926 Kaven Benoit 5
34 544 Morgan Burger 3
35 921 Isaac Teasdale 3
36 596 Carson Tickle 2
37 637 Robert Piazza 2
38 941 Angelo Pellegrini 2
39 167 Zachary Bell 1
40 157 Jacob Baumert 1
P. # 250 Pts
1 16 Zachary Osborne 207
2 26 Alex Martin 176
3 6 Jeremy Martin 171
4 23 Aaron Plessinger 165
5 24 Austin Forkner 159
6 36 Adam Cianciarulo 147
7 17 Joseph Savatgy 144
8 39 Colt Nichols 124
9 108 Dylan Ferrandis 118
10 45 Mitchell Harrison 111
11 38 Shane McElrath 102
12 129 Sean Cantrell 83
13 46 Justin Hill 68
14 342 Michael Mosiman 64
15 50 Luke Renzland 45
16 78 Nick Gaines 44
17 183 Lorenzo Locurcio 43
18 42 Kyle Cunningham 38
19 31 RJ Hampshire 34
20 486 Chase Sexton 31
21 28 Mitchell Oldenburg 24
22 74 Bradley Taft 24
23 57 James Decotis 23
24 172 Mark Worth 17
25 558 Jerry Robin 12
26 128 Cameron Mcadoo 11
27 105 Steven Clarke 9
28 791 Gustavo Souza 9
29 677 Cody Williams 2
30 388 Brandan Leith 2
31 321 Bradley Lionnet 1
32 179 Jon Ames 1
33 81 Henry Miller









Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet