fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Notícias > Últimas Notícias

Pikes Peak: Rafael Paschoalin faz melhor tempo em sua categoria
Publicado em: 21/06/2017

Brasileiro foi o mais rápido no primeiro dia de tomadas de tempo da classe Midleweight
Redação MotoX.com.br - Fotos: Divulgação / Yamaha

É em um misto de ansiedade e muita concentração, que o piloto da Yamaha Rafael Paschoalin – a bordo de uma MT-07 – se prepara para novamente disputar uma das corridas de motocicleta mais emblemáticas e desafiantes do mundo: a subida do Pikes Peak, em Colorado Springs, nos Estados Unidos.


Rafael Paschoalin

A competição que em 2017 chega a 101ª edição, se destaca pelo elevado grau dificuldade e por suas peculiaridades. E justamente por conta destes fatores, que o mundo se voltará para o que acontece no próximo domingo (25/06). Afinal, trata-se da subida de uma sinuosa estrada com 20 km de percurso com nada menos que 156 curvas. Nele a largada acontece a cerca de 2300 m de altitude e a chegada a mais de 4300 m, fazendo com que o ar rarefeito coloque ainda mais a prova as máquinas e seus intrépidos pilotos.

Rafael Paschoalin irá competir na categoria Middleweight, uma das mais disputadas da competição, onde há uma ampla gama concorrentes. Nela os competidores estão autorizados a utilizar motores de dois ou quatro tempos que não excedam quatro cilindros e que tenham entre 501 e 750 cm3. Além de toda sua experiência conquistada através de participações em outras provas mais desafiadoras do planeta, como o TT Isle de Man – onde entrou para a história do motociclismo nacional e mundial como primeiro piloto brasileiro na prova – e o GP disputado nas ruas de Macau, na China.

Para o desafio, o piloto apostará novamente na máquina com que correu o Pikes Peak em 2016, a Yamaha MT-07. Segundo Paschoalin, a união de fatores como o motor bicilindrico crossplane de 689cm3 com 74,8 CV de potência máxima, o abundante torque disponível já em faixas mais baixas de giro, baixo peso e ciclística apurada, dão a MT-07 grandes chances de um histórico resultado em sua categoria.


Rafael Paschoalin

“A MT-07 é uma motocicleta de respostas contundentes, ágil e rápida nas mudanças de direção e seu grande torque a torna rápida nas retomadas, todas as principais qualidades que se precisa em uma motocicleta para vencer em Pikes Peak. Para esse ano, 80% do trabalho foi feito desde de quando voltei de minha primeira participação. Trabalhamos pesado em desenvolver a MT-07 até o ponto em que se encontra agora e, com segurança, posso afirmar que valeu o todo o esforço... Fomos os mais rápidos da classe Middleweight nos treinos de ontem e estou focado em continuar no topo”, completa o piloto.

Helio Ninomiya, gerente de marketing e planejamento de produtos da Yamaha Motor do Brasil, traça um interessante paralelo entre o desafio de Rafael Paschoalin e sua MT-07, em sua segunda participação no Pikes Peak, com a história da Yamaha Motor: “A prova de estreia da primeira motocicleta da marca, a YA-1, foi uma subida de montanha – no dia 1º de julho de 1955 – sagrando-se campeã da 3ª Corrida de Subida do Monte Fuji. Por isso, nós da Yamaha enxergamos essa competição não só como uma oportunidade de mostrar o quanto incrível é a nossa MT-07, mas também de fazer história no motociclismo brasileiro com o Rafael Paschoalin, já que nos treinos tem se destacado como um dos favoritos de sua categoria”.

A prova do Pikes Peak será disputada no próximo domingo (25/06), nos Estados Unidos. Acompanhe todas as informações sobre a participação do piloto Yamaha Rafael Paschoalin, com fotos e vídeos pelo Facebook, na Fan Page oficial da Yamaha, em www.facebook.com/yamahamotorbrasil e através do Instagram, em yamahabrasil.

Vídeo



A MT-07 do Pikes Peak

Ao contrário do que muitos pensam, a máquina utilizada por Rafael Paschoalin no Pikes Peak é basicamente a mesma MT-07 que qualquer um pode adquirir em uma concessionária Yamaha pelo preço público sugerido de R$ 31.690,00 (à vista e sem frete). Além da retirada de itens como suporte de placa, piscas, espelho e farol, a motocicleta foi preparada com sutis mudanças no cabeçote e mapeamento do sistema de injeção eletrônica, ganhando também um filtro de ar esportivo e um escapamento de maior vazão.


Yamaha MT-07

No que se refere às suspensões, a dianteira ganhou fluido mais viscoso para tornar o funcionamento mais rígido para atender a demanda de uma utilização extrema. Na traseira, um novo amortecedor deu lugar ao original também buscando um funcionamento mais rígido.

Por fim, pneus homologados para corridas completam o pacote de preparação da moto de Rafael Paschoalin, cuja principal diferença fica por conta do composto mais macio e a quase que total ausência de sulcos.

Quarta-feira - Tomada de Tempos
Categoria Piloto País # Moto Melhor Tempo
Heavyweight Division Chris Fillmore USA 11 2017 KTM Super Duke 1290 R 02:01.32
Heavyweight Division Yasuo Arai Japan 183 1980 Kaw Z1000 MK-II 02:02.04
Heavyweight Division Bruno Langlois Corsica 20 2017 Kaw Z900 02:04.09
Heavyweight Division RennieScaysbrook Australia 33 2017 KTM 1290 Super Duke R 02:04.76
Heavyweight Division Shane Scott Canada 500 2015 KTM Superduke 1290R 02:07.72
Lightweight Division Greg Chicoine USA 100 2015 Kaw KX490SPPR 02:11.38
Middleweight Division Rafael Paschoalin Brazil 113 2016 Yam FZ 07 02:12.08
Challenge - Electric Motorcycle Yoshihiro Kishimoto Japan 39 2016 USA-JAPAN IDATEN-ZERO FXS 02:13.51
Middleweight Division Codie Vahsholtz USA 285 2016 Hus Supermoto 02:13.63
Lightweight Division Davey Durelle USA 58 2009 Aprilia SXV450 02:14.50
Challenge - Exhibition Powersport Travis Newbold USA 747 2017 Bottpower XR1R 02:14.79
Challenge - Electric Motorcycle Robert Barber USA 27 2017 Buckeye Current RW-3x 02:17.38
Middleweight Division Joe Clark USA 703 2016 KTM 690 Duke 02:18.50
Lightweight Division Brandon Ward USA 792 2017 Hon CRF450R 02:18.68
Heavyweight Division Thilo Gunther Germany 10 2015 BMW R 1200 R 02:19.83
Heavyweight Division Kevin Heil USA 254 2016 Aprilia Tuono 02:20.32
Challenge - Quad Chris Wagner USA 919 2015 KTM KTM W agner Special 02:23.24
Challenge - Quad Theo Bernhard USA 42 2007 Yam YZ535 02:23.73
Heavyweight Division Eric Foutch USA 451 2016 Ducati Hypermotard 939SP 02:25.81
Lightweight Division Darry lLujan USA 69 2013 Hon CRF450R 02:28.28
Lightweight Division Jason Doody USA 79 2016 Hus FS450 02:28.36
Lightweight Division Luca Trivella Italy 712 2007 Aprilia SXV 02:31.52
Challenge - Electric Motorcycle Jeremiah Johnson USA 64 2017 University of Nottingham UoN-PP-01 02:33.17
Challenge - Quad Troy Smith USA 31 2016 Yam Raptor 734 TSS 02:37.04
Challenge - Quad Jeremy Harbison USA 88 2005 Hon TRX450 02:42.36
Lightweight Division Doug Chestnutt USA 17 2012 Yam WR450 02:46.22
Challenge - Exhibition Powersport Keith Speir USA 57 1969 Triumph C & J 02:55.28
Challenge - Quad Mike Ell IV USA 99 2016 Rattler N3 03:05.22
Lightweight Division Mark Bartle USA 313 2011 Yam YZ450F 03:05.45
Middleweight Division Kris Lillegard USA 47 2014 MV Agusta Brutale 00:00.00
Middleweight Division Seth Starnes USA 619 2016 Yam FZ 07 00:00.00
 






Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet