fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

2017 Alemanha - Teutschenthal - 8ª etapa
Publicado em: 25/05/2017

Tony Cairoli fatura 80ª vitória no Mundial de Motocross
Redação MotoX.com.br: Lucídio Arruda - Fotos: Ray Archer / J. P. Acevedo / Pascal Haudquert / Bavo

Mais um GP da Alemanha entra para a história do Mundial de Motocross. O técnico circuito de Teutschenthal proporcionou mais um grande espetáculo para os fãs do esporte e coroou as equipes KTM e Suzuki que fizeram dobradinha nas classe MXGP e MX2, respectivamente.


Largada MXGP

Vamos conferir o que disseram os pilotos sobre a oitava etapa do campeonato.

MXGP - Herlings e Cairoli trocam vitórias. Italiano conquista seu 80º GP


Clement Desalle
Jeffrey Herlings mostrou que está recuperando a plena forma e velocidade. Depois do segundo lugar em Valkenswaard e da dupla vitória na Letônia, ambas pistas de areia, o holandês venceu a primeira bateria no circuito de solo duro alemão, ultrapassando Antonio Cairoli no comecinho e controlando toda a corrida. Na segunda bateria completou a primeira volta em quinto e superou Jeremy van Horebeek,, Clement Desalle e Gautier Paulin para alcançar o segundo posto na metade das 19 voltas. A essa altura Cairoli tinha 6 segundos de vantagem, mas daí para o final o italiano acelerou o ritmo enquanto Herlings adotou uma tocada mais conservadora. No finalzinho Herlings ainda teve que se cuidar para evitar o ataque de Paulin.

Quem passou aperto na Alemanha foi a Honda HRC. Além de Evgeny Bobryshev cair nos treinos de sábado e fraturar a clavícula, Tim Gajser sofreu uma forte queda na classificatória ao entrar cruzado em uma série de canaletas rápidas. O esloveno acabou debaixo de sua CRF450 e abandonou, ficando com a última escolha no gate para as provas principais no dia seguinte. E o domingo não foi um dia muito melhor, sofrendo com dores, más largadas e quedas, Gajser controlou os prejuízos apenas o suficiente para não perder a segunda posição no campeonato para Gautier Paulin. Viu Cairoli abrir 44 pontos e Paulin encostar a apenas um ponto.


Antonio Cairoli

Antonio Cairoli alcançou o respeitável número de 80 vitórias no campeonato mundial: "É sempre ótima a sensação de vencer. Ano passado a pista estava mais técnica, pois tinha mais trilhos e estava mais lenta. Este ano estava boa, com o chão bom (NDR: choveu bastante nos dias anteriores à etapa) e dificuldades diferentes, mas velocidade um pouco maior. Fui capaz de andar rápido a bateria toda, o que me deixa contente com essa vitória. Me sinto à vontade nesta pista e tive várias boas corridas aqui. Lembro bem do Motocross das Nações aqui. É um lugar especial para mim e uma das minhas pistas de chão duro favoritas. O solo me lembra um pouco minha pista em casa."


Jeffrey Herlings

Jeffrey Herlings: "Fomos consistentes nas últimas corridas e sinto que há muitas possibilidades no campeonato. Não estou falando do título, mas talvez subir algumas posições em direção ao pódio. Continuarei trabalhando e buscando. Me sinto confortável. Aqui a velocidade é bem alta e você tem que se manter concentrado." Em três etapas Herlings subiu da 12ª para a sexta posição. A escalada fica mais íngreme conforme se aproxima do topo, mas a diferença para a segundo colocado é de exatos 40 pontos. Para o líder Cairoli são 84 pontos de diferença.


Gautier Paulin

Gautier Paulin: "Conquistar mais um pódio é uma boa recompensa pelo trabalho duro da equipe. Não consegui uma boa largada na primeira bateria e tive que forçar bastante, assumindo alguns riscos nas primeiras voltas. Rapidamente me encontrei em terceiro, mas Cairoli e Herlings já tinham alguma vantagem e seria impossível alcançá-los. Na segunda corrida minha largada foi bem melhor. Tratei de ficar perto de Herlings e tivemos uma boa disputa pelo segundo lugar. Perdi algum tempo com retardatários e terminei em terceiro de novo. Estou feliz com minha velocidade e não posso agradecer o suficiente à equipe pela grande dedicação de todos."


Clement Desalle

Clement Desalle: "Fiz boas largadas esse final de semana e isso é bastente positivo. Na primeira bateria era terceiro, mas fui ultrapassado por Paulin e Herlings quando cometi um pequeno erro. Fui para cima de Paulin novamente, Me sentia mais rápido, mas não consegui ultrapassá-lo, o que foi um pouco frustrante. Na segunda bateria estava em terceiro atrás de Paulin e Cairoli, tinha um bom ritmo e me sentia bem, mas Herlings estava bem rápido e me passou. O nível na MXGP é tão próximo que qualquer pequeno detalhe faz diferença e após cada etapa nos reunimos com a equipe para desobrir pequenos ajustes que possam nos levar de volta ao pódio."


Romain Febvre

Romain Febvre: "Fiquei um pouco 'preso' na primeira bateria. Estava mais rápido que meus resultados mostram, mas não consegui fazer as ultrapassagens que precisava. Na segunda bateria estava pilotando bem, mas peguei meu pé numa canaleta e machuquei alguns ligamentos no tornozelo. Doeu demais e cheguei a pensar que havia fraturado o pé, mas continuei na corrida. Apesar disso, me sinto muito, muito melhor com a moto e estou feliz como coisas estão se desenvolvendo. Só espero que meu pé esteja bom para as próximas etapas."


Tim Gajser

Tim Gajser: "Foi um final de semana difícil. Talves um dos piores que já passei. Nunca pilotei com tanta dor assim antes. Tentei boas largadas, mas não era fácil na posição em que estava, então tentei passar o máximo de pilotos possível e conquistar o maior número de pontos possível. No final das contas fiquei feliz por pegar 12º e 10º, pilotando com tantas dores, pelo menos foram pontos razoáveis. Quero continuar na frente, então vou para casa ver meu médico e me preparar para França."


Pódio MXGP

MX2 - Dobradinha Suzuki com Jeremy Seewer e Hunter Lawrence


Largada MX2

Desde que assumiu a equipe Suzuki, o domingo passado deve ter sido o mais feliz para o chefe Stefan Everts. Não só pela vitória de Jeremy Seewer, mas também pelo novato australiano Hunter Lawrence que mostrou velocidade e maturidade para brigar com os principais pilotos da categoria e conquistar um fantástico primeiro pódio.


Box Suzuki
O líder do campeonato Pauls Jonass não parecia muito à vontade na pista, principalmente na segunda bateria, quando foi da primeira à quinta posição. Entretanto o saldo do final de semana não foi tão ruim para o piloto KTM, que perdeu apenas 5 pontos em relação ao seu principal rival na corrida ao título.

A Husqvarna tem dois Thomas muito rápidos na pista, mas a consistência ainda passa longe de seus resultados. O norte-americano Covington venceu a segunda bateria depois de cair na largada da primeira. O dinamarquês Kjer Olsen foi terceiro colocado na primeira bateria e poderia, no mínimo, ter repetido a dose na segunda, não fossem as duas quedas que atrapalharam seus planos. Chegou em 12º.


Jeremy Seewer (91) a caminho da vitória na Alemanha

Jeremy Seewer: "Me senti muito bem durante todo o dia. Consegui boas largadas o que me permitiu lutar pela vitória. Na primeira corridas tinha boa velocidade e não cometi erros. Alcancei e passei Jonass, apesar de ele ter uma boa liderança no início. Na segunda corrida tive uma batalha dura no começo com Jorge Prado e ele dificultou bastante. Cheguei a perder posições por causa de um erro. Lutei para alcançar a quarta posição e foi o bastante para a vitória no GP. Foi ótimo para a equipe ter Hunter em segundo. Temos uma temporada longa, mas momentos assim são valiosos para todos."


Hunter Lawrence

Hunter Lawrence: "Foi uma sensação ótima conquistarmos primeiro e segundo para a Suzuki. Foram meus melhores resultados nas baterias e, claro, meu primeiro pódio. Finalmente conseguimos encaixar todas as peças do quebra-cabeça. Quando cruzei a chegada não tinha uma ideia clara da classificação geral, mas quando Harry (Everts) nos confirmou as posições foi muito legal, foi mesmo um momento especial."


Pauls Jonass

Pauls Jonass: "Fiz dois holeshots e liderei a primeira bateria até uma pequena queda. Perdi um pouco de confiança na pista e cometi mais erros, então completar em segundo ainda foi um bom resultado. Teutschenthal não é uma das minhas pistas favoritas e não se encaixa muito bem no meu estilo, não consegui fluir na segunda bateria. Tentei melhorar, mas estava lutando contra a pista. Apesar de tudo o terceiro lugar não foi tão ruim, perdi apenas 5 pontos no campeonato. Estou de olho no próximo GP para recuperá-los."


Thomas Covington

Thomas Covington: "Estou muito feliz com a vitória na segunda bateria. Mostramos nossa velocidade durante o final de semana e se tivesse me saído melhor na primeira, poderíamos ficar melhor na geral. Fiz uma boa largada na primeira bateria, mas me enrosquei com alguns pilotos em uma curva e acabei no chão. Fiz muitas ultrapassagens para chegar em 14º. A coisas foram bem melhores na segunda bateria, depois de passar algum tempo com Jonass, tratei de encontrar algumas boas linhas para ultrapassá-lo. A pista estava difícil e muito fácil de cometer erros. Felizmente continuei de pé e consegui a vitória. Estamos em sexto no campeonato, e o objetivo é continuar buscando vitórias a cada bateria."


Pódio MX2

No próximo final de semana a disputa será em Ernèe, França. Circuito que volta ao campeonato após receber o Motocross das Nações em 2015.

Vídeos











Resultados da etapa

P. # MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 22 25 47
2 84 Herlings, Jeffrey NED KTM 25 22 47
3 21 Paulin, Gautier FRA HUS 20 20 40
4 25 Desalle, Clement BEL KAW 18 18 36
5 461 Febvre, Romain FRA YAM 14 16 30
6 259 Coldenhoff, Glenn NED KTM 15 14 29
7 99 Anstie, Max GBR HUS 13 15 28
8 12 Nagl, Maximilian GER HUS 11 13 24
9 27 Jasikonis, Arminas LTU SUZ 10 12 22
10 89 Van Horebeek, Jeremy BEL YAM 16 6 22
11 243 Gajser, Tim SLO HON 9 11 20
12 7 Leok, Tanel EST HUS 8 10 18
13 71 Graulus, Damon BEL HON 7 8 15
14 92 Guillod, Valentin SUI HON 4 9 13
15 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 12 0 12
16 17 Butron, Jose ESP KTM 6 5 11
17 9 de Dycker, Ken BEL SUZ 5 4 9
18 77 Lupino, Alessandro ITA HON 1 7 8
19 251 Getteman, Jens BEL KAW 2 2 4
20 999 Goncalves, Rui POR HUS 0 3 3
21 149 Ullrich, Dennis GER KTM 3 0 3
22 191 Romancik, Jaromir CZE KTM 0 1 1

P. # MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 25 18 43
2 96 Lawrence, Hunter AUS SUZ 18 20 38
3 41 Jonass, Pauls LAT KTM 22 16 38
4 64 Covington, Thomas USA HUS 7 25 32
5 19 Olsen, Thomas Kjer DEN HUS 20 9 29
6 189 Bogers, Brian NED KTM 14 14 28
7 747 Cervellin, Michele ITA HON 15 13 28
8 33 Lieber, Julien BEL KTM 11 15 26
9 57 Sanayei, Darian USA KAW 12 12 24
10 6 Paturel, Benoit FRA YAM 0 22 22
11 61 Prado Garcia, Jorge ESP KTM 9 11 20
12 98 Vaessen, Bas NED SUZ 10 8 18
13 81 Hsu, Brian GER HUS 16 0 16
14 29 Jacobi, Henry GER HUS 13 0 13
15 951 Furlotti, Simone ITA YAM 0 10 10
16 88 van der Vlist, Freek NED KTM 2 7 9
17 172 Van doninck, Brent BEL YAM 8 0 8
18 321 Bernardini, Samuele ITA TM 3 4 7
19 18 Brylyakov, Vsevolod RUS KAW 0 6 6
20 919 Watson, Ben GBR KTM 6 0 6
21 161 Östlund, Alvin SWE YAM 0 5 5
22 128 Monticelli, Ivo ITA KTM 5 0 5
23 118 Rubini, Stephen FRA KAW 4 0 4
24 107 van Berkel, Lars NED KTM 0 3 3
25 44 Lesiardo, Morgan ITA KAW 0 2 2
26 338 Herbreteau, David FRA KAW 0 1 1
27 97 Ivanov, Maykal Grisha BUL HON 1 0 1

Classificação Geral

P # MXGP Nat. Moto Pts
1 222 Cairoli, A. ITA KTM 305
2 243 Gajser, Tim SLO HON 261
3 21 Paulin, G. FRA HUS 260
4 25 Desalle, C. BEL KAW 246
5 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 226
6 84 Herlings, J. NED KTM 221
7 777 Bobryshev, E. RUS HON 214
8 461 Febvre, Romain FRA YAM 177
9 12 Nagl, M. GER HUS 163
10 259 Coldenhoff, G. NED KTM 153
11 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 145
12 27 Jasikonis, A. LTU SUZ 128
13 99 Anstie, Max GBR HUS 124
14 24 Simpson, Shaun GBR YAM 123
15 7 Leok, Tanel EST HUS 91
16 22 Strijbos, K. BEL SUZ 90
17 17 Butron, Jose ESP KTM 66
18 999 Goncalves, Rui POR HUS 52
19 911 Tixier, Jordi FRA KAW 52
20 92 Guillod, V. SUI HON 47
21 77 Lupino, A. ITA HON 38
22 71 Graulus, Damon BEL HON 28
23 151 Kullas, Harri EST HUS 21
24 45 Nicholls, Jake GBR KTM 15
25 9 de Dycker, Ken BEL SUZ 14
26 664 Bengtsson, F. SWE KTM 8
27 141 Desprey, M. FRA KAW 7
28 212 Dewulf, J. BEL KTM 7
29 201 Martens, Y. BEL HUS 6
30 221 Ratsep, Priit EST HON 5
31 60 Salazar, Jetro ECU HON 4
32 251 Getteman, Jens BEL KAW 4
33 149 Ullrich, D. GER KTM 3
34 37 Krestinov, G. EST HON 3
35 685 Lenoir, Steven FRA KAW 3
36 73 Irt, Peter SLO YAM 2
37 179 Poli, Joaquin ARG HON 1
38 191 Romancik, J. CZE KTM 1
39 261 Hendro Fahrodjie , F. INA KAW 1
P # MX2 Nat. Moto Pts
1 41 Jonass, Pauls LAT KTM 325
2 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 288
3 19 Olsen, T. DEN HUS 264
4 33 Lieber, Julien BEL KTM 249
5 6 Paturel, B. FRA YAM 220
6 64 Covington, T. USA HUS 184
7 61 Prado Garcia, J. ESP KTM 175
8 172 Van doninck, B. BEL YAM 174
9 57 Sanayei, D. USA KAW 142
10 747 Cervellin, M. ITA HON 139
11 96 Lawrence, H. AUS SUZ 137
12 10 Vlaanderen, C. NED KTM 133
13 189 Bogers, Brian NED KTM 129
14 18 Brylyakov, V. RUS KAW 129
15 321 Bernardini, S. ITA TM 111
16 811 Sterry, Adam GBR KAW 72
17 919 Watson, Ben GBR KTM 72
18 161 Östlund, Alvin SWE YAM 69
19 426 Mewse, Conrad GBR HUS 55
20 128 Monticelli, I. ITA KTM 54
21 297 Gole, Anton SWE HUS 49
22 81 Hsu, Brian GER HUS 47
23 98 Vaessen, Bas NED SUZ 45
24 66 Larranaga Olano, I. ESP HUS 43
25 46 Pootjes, Davy NED KTM 42
26 29 Jacobi, Henry GER HUS 33
27 152 Petrov, Petar BUL KAW 32
28 88 van der Vlist, F. NED KTM 32
29 118 Rubini, S. FRA KAW 15
30 170 Ward, Caleb AUS HUS 14
31 132 Kutsar, Karel EST HUS 14
32 67 Klingsheim, M. NOR KAW 11
33 107 van Berkel, L. NED KTM 11
34 951 Furlotti, S. ITA YAM 10
35 223 Tropepe, G. ITA SUZ 7
36 95 De Waal, M. NED HON 2
37 44 Lesiardo, M. ITA KAW 2
38 142 Petrov, Ivan BUL HUS 1
39 48 Wilson, Jay AUS YAM 1
40 97 Ivanov, M. BUL HON 1
41 218 Tanti, Aaron AUS HUS 1
42 338 Herbreteau, D. FRA KAW 1
43 28 Notsuka, C. JPN HON 1







Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet