fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Mundial de Motocross

2017 Letônia - Kegums - 7ª etapa
Publicado em: 07/05/2017

Jeffrey Herlings conquista sua primeira vitória n MXGP. Thomas Kjer Olsen faz o mesmo na MX2
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / Bavo / J. P. Acevedo

Domingo foi acidentado para candidatos aos títulos nas duas categorias

E o Mundial de Motocross teve mais um GP movimentado, com consequências importantes nas disputas pelos campeonatos. O circuito de Kegums já é um velho conhecido da maioria dos pilotos, mas, extremamente técnico, não deixa de pregar peças mesmo nos melhores pilotos. Com as provas extras das classe EMX125 e EMX250, as condições do terreno ficaram especialmente desafiadoras.


Largada MXGP

O final de semana viu o renascimento do bom e velho Jeffrey Herlings, aquele que na MX2 ignorava a concorrência nos circuitos de areia. O holandês não chegou a tanto na Letônia, mas foi superior o bastante para completar um fim de semana perfeito, com vitórias na classificatória de sábado e nas duas baterias de domingo. Na MX2 Pauls Jonass deixou a vitória escapar em frente ao seu público, mas deu um bom passo no campeonato, aumentando sua vantagem nos pontos. O veloz dinamarquês Thomas Kjer Olsen conquistou sua primeira vitória no Mundial. Acredito que muitas outras virão.

Corridas


Jeffrey Herlings andou como sabe, dominando a areia

A primeira bateria da classe principal viu o holeshot do belga Clement Desalle, que foi ultrapassado por Jeffrey Herlings ainda na primeira volta. Desalle sofreu ainda alguma pressão de Evgeny Bobryshev que, inclusive, chegou a ultrapassá-lo, mas Desalle recuperou o posto definitivamente na volta seguinte. Com Shaun Simpson na quarta posição os quatro primeiros já foram definidos logo na quarta volta. Herlings recebeu a bandeirada com 13 segundos de vantagem.

Em quinto chegou Antonio Cairoli que largou fora dos dez primeiros e, num circuito de difícil ultrapassagem, sofreu para alcançar a posição final, apenas a três voltas do fim, aproveitando um erro de Jeremy Van Horebeek.


Clement Desalle fez uma boa primeira bateria

Quem não teve sorte na primeira corrida foi o então líder do campeonato Tim Gajser, que caiu numa dividida com Jose Butron no início e completou a primeira volta apenas na 36ª posição. O esloveno ainda completou a bateria em 14º, sofrendo um pouco com dores em uma das pernas.

Quem vinha bem em sétimo e teve de abandonar com problemas mecânicos foi Arminas Jasikonis.

Segunda Bateria


Largada MXGP

Para descontar a decepção com o equipamento, Jasikonis fez o holeshot da segunda bateria com Herlings em segundo, Gajser em terceiro e Bobryshev em quarto. Cairoli tinha largado bem, num possível segundo lugar, mas abriu demais a curva e perdeu posições no início para, finalmente, completar a primeira volta em quinto.

Jasikonis surpreendeu com uma boa velocidade nas primeiras voltas, chegando a se distanciar dos demais, que aos poucos recuperaram terreno. Quando Herlings encontrou seu ritmo ideal, conseguiu a ultrapassagem pela liderança na quinta volta. Na oitava, o lituano ficou para trás também de Tim Gajser.


Arminas Jasikonis

No sábado Bobryshev já havia dado o recado que não facilitaria a vida de Cairoli (o italiano terminou no chão), então a batalha entre os dois foi interessante, durando todas as seis primeiras voltas. Quando finalmente se livrou do russo, Cairoli levou mais três voltas para encontrar um ponto de ultrapassagem sobre Jasikonis. Seu próximo alvo passou a ser Gajser que logo depois perdeu o apoio das pedaleiras numa rápida seção ondulada e foi ejetado de sua Honda. O piloto abandonou imediatamente a corrida e, apesar de bastante dolorido, não teve constatada nenhuma fratura nos exames médicos realizados imediatamente após as provas.


Antonio Cairoli

Com Herlings sete segundos a frente e um circuito muito propenso a erros, Cairoli preferiu ajustar o ritmo para garantir a segunda posição. Jasikonis e Bobryshev fizeram o mesmo pelo quarto e quinto postos, respectivamente. Herlings continuou virando rápido e recebeu a bandeirada com confortáveis 17 segundos de vantagem.

"Fomos rápidos durante todo o final de semana e vencer as duas baterias foi a cereja do bolo. Estamos mais confiantes e este resultado significa muito, sinto que se passou muito tempo desde minha última vitória", comentou Herlings. "É um bom impulso, mas temos um novo final de semana em Teutschenthal (Alemanha) e lá espero fazer o meu melhor novamente."

Com o abandono de Gajser, Cairoli passou à liderança da pontuação: "Esperava um pouco mais do fim de semana, mas meus oponentes (pelo título) se saíram pior, então foi um resultado bom para o campeonato. Não estou contente com minhas largadas ou mesmo com a pilotagem na primeira bateria. Na segunda alcancei o segundo lugar após assistir algumas quedas assustadoras e Jeffrey estava bem rápido. Foi bom para o campeonato e posso começar a me preocupar com o cenário geral. Estou feliz em ir para Teutschenthal, que é uma pista que gosto muito."


Evgeny Bobryshev

Evgeny Bobryshev: "Tudo correu bem hoje e sempre é bom terminar no pódio. Eu gosto muito do terreno daqui, mas especialmente hoje o circuito ficou muito difícil. Gosto daqui pois é perto de casa e muitos fãs vieram torcer por mim e fico feliz por conseguir um bom resultado para eles."

A tabela de pontuação mostra Cairoli com 17 pontos de vantagem sobre Gajser e 38 sobre Gautier Paulin. Bobryshev sobe para a quarta posição a 44 pontos do líder.


Pódio MXGP com Evgeny Bobryshev, Jeffrey Herlings e Antonio Cairoli

MX2 - Thomas Kjer Olsen conquista primeiro GP. Jonass abre vantagem na liderança


Largada MX2. Calvin Vlaaranden, único de pé na foto, conquistou seu primeiro pódio no campeonato

O GP foi especialmente saboroso para o dinamarquês Thomas Kjer Olsen, que venceu a classificatória no sábado após ultrapassar Jorge Prado ainda na primeira volta e liderar o restante da bateria. Na segunda corrida Olsen não fez uma boa largada, mas recuperou posições com consistência para avançar da nona para a segunda posição em meia bateria.


Thomas Kjer Olsen

"Desde o início do campeonato temos progredido de maneira consistente. Posso dizer que estou muito satisfeito em como tudo saiu na Letônia. Além da vitória geral posso dizer que estou feliz com a forma que conduzi minhas corridas. Permaneci calmo e focado o tempo todo e mesmo na segunda corrida, onde tive que fazer algumas ultrapassagens cruciais, tive tranquilidade para fazê-las na hora certa. A pressão pela vitória caiu agora e vamos continuar enfrentando uma corrida de cada vez."

Com a vantagem de correr em casa, num circuito mais que conhecido, o líder do campeonato Pauls Jonass não foi o mais rápido na pista em nenhuma das baterias. Mesmo assim foi capaz de vencer a segunda, depois de ultrapassado na primeira volta pelo norte-americano Thomas Covington, que viria a ser ejetado da motocicleta num salto mais tarde.


Pauls Jonass seguido por Thomas Covington

Na primeira corrida Jonass chegou a ter a segunda posição nas mãos, mas foi superado por Jeremy Seewer a três curvas da bandeirada. E o suíço ainda teve de recuperar um bom terreno por causa de uma pequena queda. A sorte de Jonass mudou na segunda corrida, não só pela queda de Covington, mas também pelo acidente de Seewer na primeira volta que se enroscou com outro piloto num trecho de alta velocidade. A Suzuki do vide-líder da pontuação ficou literalmente destruída e o impediu de continuar na prova.

Quem subiu pela primeira vez ao pódio foi o holandês Calvin Vlaanderen, que aproveitou a intimidade com a areia para marcar quinta e quarta posições nas baterias da Letônia. Um bom resultado para o piloto do time satélite HSF Logistics KTM que levou a melhor no desempate com o piloto de fábrica Jorge Prado (4-5).


Jeremy Seewer fez uma corrida boa e abandonou a outra

Pelo campeonato Jonass alcança a importante vantagem de 42 pontos sobre Seewer. Olsen sobe para o terceiro posto a dez pontos do suíço.

Em duas semanas teremos a oitava etapa na Alemanha, mudando da areia predominante nas duas últimas etapas para o solo duro das colinas de Teutschenthal.


Pódio da MX2 com Calvin Vlaaranderen, Thomas Kjer Olsen e Pauls Jonass

Vídeos







Resultados

P. # MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 84 Herlings, Jeffrey NED KTM 25 25 50
2 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 16 22 38
3 777 Bobryshev, Evgeny RUS HON 20 18 38
4 25 Desalle, Clement BEL KAW 22 16 38
5 21 Paulin, Gautier FRA HUS 14 14 28
6 99 Anstie, Max GBR HUS 12 15 27
7 12 Nagl, Maximilian GER HUS 10 13 23
8 259 Coldenhoff, Glenn NED KTM 11 12 23
9 89 Van Horebeek, Jeremy BEL YAM 15 7 22
10 27 Jasikonis, Arminas LTU SUZ 0 20 20
11 7 Leok, Tanel EST HUS 9 10 19
12 24 Simpson, Shaun GBR YAM 18 0 18
13 461 Febvre, Romain FRA YAM 5 11 16
14 911 Tixier, Jordi FRA KAW 8 8 16
15 151 Kullas, Harri EST HUS 4 9 13
16 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 13 0 13
17 243 Gajser, Tim SLO HON 7 0 7
18 17 Butron, Jose ESP KTM 0 6 6
19 71 Graulus, Damon BEL HON 6 0 6
20 221 Ratsep, Priit EST HON 0 5 5
21 9 de Dycker, Ken BEL SUZ 2 3 5
22 999 Goncalves, Rui POR HUS 0 4 4
23 92 Guillod, Valentin SUI HON 3 0 3
24 73 Irt, Peter SLO YAM 0 2 2
25 664 Bengtsson, Filip SWE KTM 1 1 2

P. # MX2 Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 19 Olsen, Thomas Kjer DEN HUS 25 22 47
2 41 Jonass, Pauls LAT KTM 20 25 45
3 10 Vlaanderen, Calvin NED KTM 16 18 34
4 61 Prado Garcia, Jorge ESP KTM 18 16 34
5 426 Mewse, Conrad GBR HUS 12 20 32
6 57 Sanayei, Darian USA KAW 14 14 28
7 33 Lieber, Julien BEL KTM 13 13 26
8 6 Paturel, Benoit FRA YAM 10 15 25
9 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 22 0 22
10 161 Östlund, Alvin SWE YAM 8 11 19
11 64 Covington, Thomas USA HUS 15 4 19
12 98 Vaessen, Bas NED SUZ 7 9 16
13 189 Bogers, Brian NED KTM 0 12 12
14 132 Kutsar, Karel EST HUS 2 10 12
15 297 Gole, Anton SWE HUS 5 6 11
16 96 Lawrence, Hunter AUS SUZ 11 0 11
17 152 Petrov, Petar BUL KAW 4 5 9
18 29 Jacobi, Henry GER HUS 9 0 9
19 919 Watson, Ben GBR KTM 0 8 8
20 172 Van doninck, Brent BEL YAM 0 7 7
21 321 Bernardini, Samuele ITA TM 6 0 6
22 88 van der Vlist, Freek NED KTM 0 3 3
23 81 Hsu, Brian GER HUS 3 0 3
24 747 Cervellin, Michele ITA HON 0 2 2
25 107 van Berkel, Lars NED HON 1 1 2

Classificação Geral

P # MXGP Nat. Moto Pts
Pos Nr Rider Nat. Bike Total
1 222 Cairoli, A. ITA KTM 258
2 243 Gajser, Tim SLO HON 241
3 21 Paulin, G. FRA HUS 220
4 777 Bobryshev, E. RUS HON 214
5 25 Desalle, C. BEL KAW 210
6 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 204
7 84 Herlings, J. NED KTM 174
8 461 Febvre, Romain FRA YAM 147
9 12 Nagl, M. GER HUS 139
10 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 133
11 259 Coldenhoff, G. NED KTM 124
12 24 Simpson, Shaun GBR YAM 123
13 27 Jasikonis, A. LTU SUZ 106
14 99 Anstie, Max GBR HUS 96
15 22 Strijbos, K. BEL SUZ 90
16 7 Leok, Tanel EST HUS 73
17 17 Butron, Jose ESP KTM 55
18 911 Tixier, Jordi FRA KAW 52
19 999 Goncalves, Rui POR HUS 49
20 92 Guillod, V. SUI HON 34
21 77 Lupino, A. ITA HON 30
22 151 Kullas, Harri EST HUS 21
23 45 Nicholls, Jake GBR KTM 15
24 71 Graulus, Damon BEL HON 13
25 664 Bengtsson, F. SWE KTM 8
26 141 Desprey, M. FRA KAW 7
27 212 Dewulf, J. BEL KTM 7
29 221 Ratsep, Priit EST HON 5
30 9 de Dycker, Ken BEL SUZ 5
31 60 Salazar, Jetro ECU HON 4
32 37 Krestinov, G. EST HON 3
33 685 Lenoir, Steven FRA KAW 3
34 73 Irt, Peter SLO YAM 2
35 179 Poli, Joaquin ARG HON 1
36 261 Hendro Fahrodjie , F. INA KAW 1
P # MX2 Nat. Moto Pts
1 41 Jonass, Pauls LAT KTM 287
2 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 245
3 19 Olsen, T. DEN HUS 235
4 33 Lieber, Julien BEL KTM 223
5 6 Paturel, B. FRA YAM 198
6 172 Van doninck, B. BEL YAM 166
7 61 Prado Garcia, J. ESP KTM 155
8 64 Covington, T. USA HUS 152
9 10 Vlaanderen, C. NED KTM 133
10 18 Brylyakov, V. RUS KAW 123
11 57 Sanayei, D. USA KAW 118
12 747 Cervellin, M. ITA HON 111
13 321 Bernardini, S. ITA TM 104
14 189 Bogers, Brian NED KTM 101
15 96 Lawrence, H. AUS SUZ 99
16 811 Sterry, Adam GBR KAW 72
17 919 Watson, Ben GBR KTM 66
18 161 Östlund, Alvin SWE YAM 64
19 426 Mewse, Conrad GBR HUS 55
20 297 Gole, Anton SWE HUS 49
21 128 Monticelli, I. ITA KTM 49
22 66 Larranaga Olano, I. ESP HUS 43
23 46 Pootjes, Davy NED KTM 42
24 152 Petrov, Petar BUL KAW 32
25 81 Hsu, Brian GER HUS 31
26 98 Vaessen, Bas NED SUZ 27
27 88 van der Vlist, F. NED KTM 23
28 29 Jacobi, Henry GER HUS 20
29 170 Ward, Caleb AUS HUS 14
30 132 Kutsar, Karel EST HUS 14
31 67 Klingsheim, M. NOR KAW 11
32 118 Rubini, S. FRA KAW 11
33 107 van Berkel, L. NED HON 8
34 223 Tropepe, G. ITA SUZ 7
35 95 De Waal, M. NED HON 2
36 142 Petrov, Ivan BUL HUS 1
37 48 Wilson, Jay AUS YAM 1
38 218 Tanti, Aaron AUS HUS 1
39 28 Notsuka, C. JPN HON 1









Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet