fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

KTM Sacramento

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

> Competição > Mundial de Motocross

2017 Trentino - Itália - 5ª etapa
Publicado em: 16/04/2017

Antonio Cairoli conquista uma das maiores vitorias de sua carreira
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Ray Archer / J. P. Acevedo / Bavo

Jorge Prado vence seu primeiro GP na MX2


Largada MXGP

O cenográfico circuito de Pietramurata, sediou hoje um GP que tem tudo para marcar a história. Entre as suas 79 vitórias em GPs, Antonio Cairoli pode considerar a de hoje uma das mais suadas, senão sua maior no campeonato. A etapa deste domingo também marcou o primeiro pódio de Arnaud Tonus na MXGP e a primeira vitória do espanhol Jorge Prado na MX2.

+ Vídeos onboard da histórica corrida em Trentino, quinta etapa do Mundial MX

Um dia de céu claro e brilhante, mas com temperaturas baixas e algumas rajadas de vento recebeu equipes e público para a quinta etapa da temporada. O primeiro GP europeu do ano também recebeu fãs de toda a parte do continente, com várias bandeiras tremulando ao longo do traçado. A mais notável, que até já se tornou tradição, foi a torcida eslovena por Tim Gajser, toda de amarelo, que tem uma "arquibancada" praticamente cativa numa das encostas logo após a chegada.

Corridas


Antonio Cairoli

Na primeira bateria tudo correu dentro dos padrões normais. Cairoli conseguiu o holeshot com Gajser em segundo e Tonus em terceiro. O esloveno até passaou o italiano numa das curvas, mas errou a seguinte e devolveu a liderança. Cairoli chegou a abrir alguma vantagem, não muita, mas a ponto de ficar fora de alcance para um ataque imediato. Algumas voltas depois Gautier Paulin, em quarto, tentou se juntar ao grupo.

Com poucos pontos propícios a ultrapassagens, foi quase uma fila indiana até a bandeirada. O ponto inesperado foi Gajser perder a posição para Tonus na metade da bateria. "Na primeira bateria não me senti muito bem na moto. Pilotei meio tenso e sofri com os braços travados. Fiquei feliz por terminar em terceiro", comentou Gajser.


Gautier Paulin

Paulin, Clement Desalle, Jeremy van Horebeek, Evgeny Bobryshev, Romain Febvre, Kevin Strijbos e Shaun Simpson completaram os dez primeiros.

Segunda bateria histórica


Antonio Cairoli e Tim Gajser dividem a primeira curva


Clement Desalle
Tim Gajser e Antonio Cairoli dividiram a primeira curva na largada. O piloto da Honda ficou com o lado de dentro e empurrou Cairoli para fora. Na segunda curva, ciente de que a largada era decisiva, Cairoli tentou uma saída rápida para tentar a liderança, mas errou e na escorregada se atrapalhou num ponto complicado da pista, segurando alguns pilotos que também vieram no traçado interno.

Com Gajser na ponta, Cairoli cruzou a primeira parcial apenas na 22ª posição praticamente anulando qualquer chance de vitória, principalmente pelas dificuldades em ultrapassar no circuito.

Confesso, achei que no máximo Cairoli conseguiria uma sexta ou quinta posição. Mas o que veio a seguir foi uma mostra do porque ele acumula oito títulos mundiais. Cairoli fez uma das corridas mais impressionantes de sua carreira!


Tim Gajser


Arnaud Tonus em seu primeiro pódio na MXGP
O italiano foi, em bom português, com "sangue nos olhos" para cima dos adversários. Com alguma dificuldade para conseguir avançar sobre alguns ou uma facilitada do companheiro de equipe Glenn Coldenhoff. Mas o ponto de virada da corrida foi quando Cairoli encontrou Arnaud Tonus. O suíço segurou a posição por nada menos que cinco voltas até Cairoli achar o ponto de ultrapassagem que lhe salvou a vitória. Desenhando uma linha fora do traçado padrão, o italiano conseguia voar mais longe num salto e se posicionar por dentro na curva seguinte, bloqueando o adversário.

A cinco voltas do final Cairoli estava em sexto, mas conseguiu repetir a ultrapassagem em cima de nomes de peso como Gautier Paulin, Clement Desalle, Jeffrey Herlings e, na última volta, Evgeny Bobryshev. O público foi à loucura com uma das maiores apresentações da história.

Na frente Gajser administrou a liderança, mas teve a vitória geral na etapa arrancada de suas mãos na última volta.


Evgeny Bobryshev

"Eu acertei o barranco na primeira curva e quase caí. Aí errei na segunda curva e fui atingido por muita gente. Fiquei irritado por cometer esse erro e pensei: 'eu preciso me colocar no pódio'. Dei o meu melhor para sair de vigésimo e alcançar esse resultado. Quando cheguei em sétimo ou oitavo, avistei o grupo a frente e ví que seria possível alcançar Bobryshev para a vitória geral", foram as palavras de Cairoli após o pódio. "Acho que foi um de minhas melhores corridas", completou o italiano.

A ultrapassagem de Cairoli sobre o russo não apenas lhe deu a vitória geral, como colocou Tonus no terceiro degrau do pódio, seu primeiro na classe principal (o primeiro pódio de Tonus na MX2 foi aqui no Brasil). "Acho que demos um grande passo na direção certa, me senti bem com a pista e minha YZ450F trabalhou muito bem. Minha segunda largada não foi tão boa, mas alcancei o sexto lugar e depois o Cairoli me passou."


Pódio MXGP

Pelo campeonato Cairoli recuperou apenas dois pontos em relação ao líder Gajser. Dezoito pontos separam os dois após cinco etapas.

MX2 - Primeira para Jorge Prado


Jorge Prado

Se formos considerar apenas as largadas, a KTM tem o motor mais forte da categoria. A marca colocou seus dois pilotos oficiais na frente, Pauls Jonass e Jorge Prado, seguidos do satélite Julien Lieber. Jonass liderou a primeira bateria de ponta a ponta com Prado sempre por perto.

Lieber ficou com a terceira posição, apesar de uma pequena queda durante a bateria. O russo Vsevolod Brylyakov ficou com o quarto lugar a frente de Thomas Kjer Olsen e Michele Cervellin.


Pauls Jonass

Quem não se deu bem nesta corrida foi o então líder do campeonato Jeremy Seewer, derrubado por outro piloto na volta inicial, o atleta da Suzuki recuperou-se de 22º para nono, com uma segunda queda no meio do caminho.

Na segunda corrida foi a vez de Prado largar na frente, com Jonass em segundo e Lieber em terceiro. O espanhol chegou a abrir cinco segundos, mas quando chegou nos retardatários, Jonass encostou e botou pressão, atacando durante as últimas voltas.


Jeremy Seewer e Thomas Covington

Lieber ocupou a terceira posição durante dois terços da corrida. Foi bastante pressionado pelo norte-americano Thomas Covington que só conseguiu a ultrapassagem após muitas e muitas tentativas. Logo depois Olsen deu uma "tapinha de amor" empurrando Lieber para fora da pista, provavelmente irritado com a queda que o belga lhe causou ao retornar do tombo na primeira bateria. Duas voltas depois Olsen iria ao chão por um erro cometido sozinho.

A bateria chegou ao final com a seguinte ordem: Prado, Jonass, Covington, Seewer e Lieber. Com o resultado Prado conquistou seu primeiro GP no Mundial e Jonass recuperou a liderança do campeonato, superando Seewer por nove pontos.


Pódio MX2

Semana que vem a saga continua com o primeiro GP holandês da temporada, o MXGP da Europa, na arenosa Valkenswaard.

Vídeos












Resultados

P. # MXGP Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 222 Cairoli, Antonio ITA KTM 25 22 47
2 243 Gajser, Tim SLO HON 20 25 45
3 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 22 14 36
4 777 Bobryshev, Evgeny RUS HON 14 20 34
5 21 Paulin, Gautier FRA HUS 18 15 33
6 25 Desalle, Clement BEL KAW 16 16 32
7 89 Van Horebeek, Jeremy BEL YAM 15 13 28
8 84 Herlings, Jeffrey NED KTM 7 18 25
9 12 Nagl, Maximilian GER HUS 10 12 22
10 27 Jasikonis, Arminas LTU SUZ 9 10 19
11 24 Simpson, Shaun GBR YAM 11 7 18
12 17 Butron, Jose ESP KTM 8 9 17
13 461 Febvre, Romain FRA YAM 13 4 17
14 259 Coldenhoff, Glenn NED KTM 4 11 15
15 22 Strijbos, Kevin BEL SUZ 12 0 12
16 77 Lupino, Alessandro ITA HON 3 8 11
17 7 Leok, Tanel EST HUS 5 3 8
18 141 Desprey, Maxime FRA KAW 1 6 7
19 71 Graulus, Damon BEL HON 2 5 7
20 999 Goncalves, Rui POR HUS 6 1 7
21 92 Guillod, Valentin SUI HON 0 2 2

P. # MX2 Nat. Bike Race 1 Race 2 Total
1 61 Prado Garcia, Jorge ESP KTM 22 25 47
2 41 Jonass, Pauls LAT KTM 25 22 47
3 33 Lieber, Julien BEL KTM 20 16 36
4 19 Olsen, Thomas Kjer DEN HUS 16 15 31
5 64 Covington, Thomas USA HUS 10 20 30
6 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 12 18 30
7 18 Brylyakov, Vsevolod RUS KAW 18 11 29
8 172 Van doninck, Brent BEL YAM 9 12 21
9 189 Bogers, Brian NED KTM 2 14 16
10 426 Mewse, Conrad GBR HUS 11 5 16
11 747 Cervellin, Michele ITA HON 15 0 15
12 297 Gole, Anton SWE HUS 7 7 14
13 10 Vlaanderen, Calvin NED KTM 14 0 14
14 321 Bernardini, Samuele ITA TM 0 13 13
15 81 Hsu, Brian GER HUS 13 0 13
16 96 Lawrence, Hunter AUS SUZ 0 10 10
17 919 Watson, Ben GBR KTM 4 6 10
18 128 Monticelli, Ivo ITA KTM 0 9 9
19 6 Paturel, Benoit FRA YAM 0 8 8
20 57 Sanayei, Darian USA KAW 5 3 8
21 161 Östlund, Alvin SWE YAM 8 0 8
22 223 Tropepe, Giuseppe ITA SUZ 3 4 7
23 811 Sterry, Adam GBR KAW 6 0 6
24 132 Kutsar, Karel EST HUS 0 2 2
25 152 Petrov, Petar BUL KAW 0 1 1
26 142 Petrov, Ivan BUL HUS 1 0 1

Classificação Geral
P # MXGP Nat. Moto Pts
1 243 Gajser, Tim SLO HON 201
2 222 Cairoli, A. ITA KTM 183
3 25 Desalle, C. BEL KAW 151
4 777 Bobryshev, E. RUS HON 145
5 21 Paulin, G. FRA HUS 145
6 89 Van Horebeek, J. BEL YAM 144
7 461 Febvre, Romain FRA YAM 106
8 4 Tonus, Arnaud SUI YAM 101
9 12 Nagl, M. GER HUS 95
10 22 Strijbos, K. BEL SUZ 90
11 24 Simpson, Shaun GBR YAM 88
12 84 Herlings, J. NED KTM 84
13 259 Coldenhoff, G. NED KTM 77
14 99 Anstie, Max GBR HUS 69
15 27 Jasikonis, A. LTU SUZ 56
16 17 Butron, Jose ESP KTM 49
17 999 Goncalves, Rui POR HUS 42
18 7 Leok, Tanel EST HUS 37
19 911 Tixier, Jordi FRA KAW 36
20 77 Lupino, A. ITA HON 29
21 92 Guillod, V. SUI HON 26
22 45 Nicholls, Jake GBR KTM 15
23 141 Desprey, M. FRA KAW 7
24 71 Graulus, Damon BEL HON 7
25 60 Salazar, Jetro ECU HON 4
26 179 Poli, Joaquin ARG HON 1
27 261 Hendro Fahrodjie , F. INA KAW 1
P # MX2 Nat. Moto Pts
1 41 Jonass, Pauls LAT KTM 192
2 91 Seewer, Jeremy SUI SUZ 183
3 33 Lieber, Julien BEL KTM 175
4 19 Olsen, T. DEN HUS 158
5 6 Paturel, B. FRA YAM 147
6 172 Van doninck, B. BEL YAM 123
7 61 Prado Garcia, J. ESP KTM 117
8 64 Covington, T. USA HUS 113
9 18 Brylyakov, V. RUS KAW 110
10 747 Cervellin, M. ITA HON 99
11 321 Bernardini, S. ITA TM 93
12 189 Bogers, Brian NED KTM 76
13 57 Sanayei, D. USA KAW 74
14 811 Sterry, Adam GBR KAW 72
15 10 Vlaanderen, C. NED KTM 70
16 96 Lawrence, H. AUS SUZ 61
17 919 Watson, Ben GBR KTM 49
18 66 Larranaga Olano, I. ESP HUS 43
19 46 Pootjes, Davy NED KTM 42
20 297 Gole, Anton SWE HUS 38
21 128 Monticelli, I. ITA KTM 38
22 161 Östlund, Alvin SWE YAM 27
23 426 Mewse, Conrad GBR HUS 22
24 170 Ward, Caleb AUS HUS 14
25 88 van der Vlist, F. NED KTM 14
26 81 Hsu, Brian GER HUS 13
27 67 Klingsheim, M. NOR KAW 11
28 98 Vaessen, Bas NED SUZ 11
29 118 Rubini, S. FRA KAW 11
30 223 Tropepe, G. ITA SUZ 7
31 132 Kutsar, Karel EST HUS 2
32 142 Petrov, Ivan BUL HUS 1
33 48 Wilson, Jay AUS YAM 1
34 152 Petrov, Petar BUL KAW 1
35 218 Tanti, Aaron AUS HUS 1
36 28 Notsuka, C. JPN HON 1









Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet