fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Notícias > Últimas Notícias

Desalle e Rea aceleram Kawasakis MXGP e Superbike. Fotos e vídeo
Publicado em: 22/11/2016

Rider X Over: pilotos da Kawasaki Racing Team trocam de moto
Redação MotoX.com.br - Fotos: KRT


Jonathan Rea e Clement Desalle

O talento dos pilotos da Kawasaki Racing Team, Clement Desalle, do Mundial de Motocross, e Jonathan Rea, do Mundial de Superbike, é reconhecido nos circuitos das duas competições, mas o que muitos fãs não imaginam é que ambos sabem se virar muito bem na terra e no asfalto.

A experiência "Rider X Over" foi a oportunidade perfeita para que os dois mostrassem suas habilidades nas duas modalidades em um dia no Circuito Motorland em Aragon, Espanha. Primeiro no asfalto com a ZX-10R, depois na terra com a KX450F. E as motos não eram originais, mas sim os modelos oficiais da Kawasaki Racing Team.      


Experiência comçou no asfalto com Rea puxando o ritmo de Desalle

O bicampeão mundial de Superbike (2015 e 2016) começou a carreira no motocross e sua paixão pelo esporte permanece até hoje, tanto que Rea mantém uma KXF na garagem, assim como também possui uma pronta para o Supermoto.

Clement Desalle nutre uma paixão igual por circuitos de asfalto, especialmente pelas corridas de Superbike. "Eu tinha uma moto supersport antes e gostava de alguns 'Track Days' após o fim da temporada", disse o francês de 27 anos. "Quando o chefe da equipe KRT contou da possibilidade de ter um Rider X Over fiquei realmente animado. Eu sei que o Jonathan é bom no motocross, mas eu não tinha idéia se poderia pilotar uma Superbike".


Piloto da MXGP mostrou desenvoltura no asfalto

Para o campeão de SBK, Desalle se saiu muito bem no asfalto. "Ele é um piloto, então eu respeito seu nível de habilidade e condução. Na realidade eu não tinha nada que me preocupar, ele estava rodando na mesma velocidade que os jornalistas que convidamos para andar pela manhã e freando mais tarde na primeira volta do que eu normalmente faço! Demos algumas voltas juntos e seu compromisso é total, ele conseguiu alguns ângulos impressionantes nas curvas", aprovou Jonathan Rea.


Jonathan Rea começou a carreira no motocross e o talento na terra permanece

Depois do período no circuito, a dupla foi para a pista local de motocross. E aí foi a vez de Rea surpreender o piloto da MXGP. "Jonathan está em um nível muito bom, vejo que ele tem um talento real para o motocross", comentou Desalle. "A KX450F Factory é bastante exigente e Jonathan fez a transição com facilidade."


Clement Desalle mais à vontade em seu habitat natural

Para Jonathan Rea, a chance de andar com Clement era imperdível. "Pilotar minha Superbike e, em seguida, uma motocross KRT de fábrica ao lado de Clement no mesmo dia é um sonho. Não poderia ter ido melhor e quem sabe surpreendemos algumas pessoas que assistirem ao vídeo Rider X Over", avaliou Rea.

Vídeo



Quer ver mais vídeos? Acesse https://www.motox.com.br/videosdodia/









Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX Ric Raspa
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet