fechar
X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

Edgers Racing

RX Graphics

JPS Racing

Ohlins

DLua Racing

Toro Sports

Clique e saiba mais

> Competição > Motocross Internacional

Supercross de Paris Lille - França
Publicado em: 16/11/2016

Marvin Musquin é o novo rei do Supercross de Paris Lille
Redação MotoX.com.br - Fotos: Divulgação


Marvin Musquin dominou as duas noites do Supercross de Paris Lille

Marvin Musquin vive um ótimo momento nas competições. Depois do recente triunfo no Red Bull Straight Rhythm, o francês fez a festa da torcida correndo em casa neste fim de semana no tradicional Supercross de Paris Lille. O piloto da KTM Red Bull dominou as duas noites do evento europeu superando os norte-americanos Justin Barcia e Christian Craig no pódio geral da competição.

Na primeira noite, Musquin foi perfeito, venceu as baterias classificatórias e liderou todas as voltas da final tendo Barcia como principal oponente, mas sem ameaçar a sua posição. O norte-americano, em sua estreia pela Suzuki JGR, largou em terceiro e, depois de subir ao segundo lugar, teve que se preocupar com a aproximação de Malcolm Stewart que fechou a corrida próximo na terceira posição. O sábado terminou com Cedric Soubeyras na quarta colocação e Craig em quinto.


O francês comemorando a vitória com seu tradicional Heel Clicker na bandeirada

No domingo, noite decisiva para coroar o Rei do evento, Musquin mais uma vez pulou na frente na largada. Barcia superou Craig ainda na primeira volta. Em seguida o piloto da Geico Honda foi ultrapassado também por Stewart que logo começou a pressionar Barcia esquentando a briga pela segunda colocação.
 
Com cerca de um terço de prova cumprida, Stewart assumiu a segunda colocação, mas a esta altura o líder já tinha uma vantagem confortável. Craig ficou meio isolado em quarto e a briga mais Interessante era pelas posições intermediárias entre os franceses Thomas Ramette, Cedric Soubeyras e Valentim Teillet. O campeão da MXGP em 2015 Romain Febvre, apesar de mostrar certo desconforto na pista já que supercross não é muito sua praia, também integrava o grupo até sofrer um tombo (assista no vídeo da segunda noite) que o fez ir parar no fim do pelotão.


Christian Craig

Se a corrida já estava tranquila para Musquim, uma queda de Stewar com cinco voltas para o fim deixou tudo ainda mais fácil para o francês que confirmou a vitória com mais de 10 segundos de vantagem sobre Barcia. Craig terminou em terceiro e desta forma o pódio geral com a soma das baterias repetiu exatamente o resultado da final de domingo. O franceses Soubeyras e Teillet fecharam os cinco mais rápidos da bateria, e Stewart ainda completou em sexto.


Malcolm Stewart

"Estou muito satisfeito com meus resultados aqui, quando eu era criança sonhava em correr este Supercross e finalmente hoje eu sou o Rei", disse Musquin após a prova. "É a quarta corrida consecutiva que vou ao pódio e minha segunda vitória. Aqui tudo foi perfeito, minha pilotagem nesta técnica pista, minha moto, minha agressividade. Sempre é preciso se acostumar com o terreno quando se corre na Europa e eu cada vez mais me senti confortável com minha KTM", completou o campeão, que repetiu o feito dos compatriotas Jean Michel Bayle, David Vuillemin e Christophe Pourcel se tornando o quarto francês a vencer o evento.


Na classe SX2, Florent Richier venceu no sábado e foi segundo no domingo - atrás do alemão Brian Hsu, que na prova de abertura foi apenas 11º - garantindo com boa vantagem o título de Príncipe de Paris Lille na soma das baterias.

Vídeos





Resultados

SX1 - King of Paris Lille (soma das duas noites)
1. Musquin, 2 pts
2. Barcia, 4
3. Craig, 8
4. Soubeyras, 8
5. Stewart, 9
6. Coulon, 15
7. Izoird, 17
8. Ramette, 20
9. Teillet, 21
10. Searle, 21

Teams
1. França, 15 pts
2. Estados Unidos, 15
3. Resto do mundo, 21

SX1 - sábado
1. Musquin (FRA, KTM)
2. Barcia (USA, Suzuki)
3. Stewart (USA, Honda)
4. Soubeyras (FRA, Suzuki)
5. Craig (USA, Honda)
6. Ramette (FRA, Suzuki)
7. Tixier (FRA, Kawasaki)
8. Coulon (FRA, Suzuki)
9. Izoird (FRA, Honda)
10. Mallet (FRA, Honda)
11. Febvre (FRA, Yamaha)
12. Searle (GBR, Kawasaki)
13. Escoffier (FRA, Husqvarna)
14. Boog (FRA, Kawasaki)
15. Desprey (FRA, Kawasaki)
16. Teillet (FRA, Honda)

SX1 - domingo
1. Musquin (FRA, KTM)
2. Barcia (USA, Suzuki)
3. Craig (USA, Honda)
4. Soubeyras (FRA, Suzuki)
5. Teillet (FRA, Honda)
6. Stewart (USA, Honda)
7. Coulon (FRA, Suzuki)
8. Izoird (FRA, Honda)
9. Searle (GBR, Kawasaki)
10. Escoffier (FRA, Husqvarna)
11.Ballanger (FRA, Honda)
12.Rombaut (FRA, KTM)
13.Febvre (FRA, Yamaha)
14.Ramette (FRA, Suzuki)

SX2 - Prince of Paris Lille (soma das duas noites)
1. Richier, 3 pts
2. Irsuti, 6
3. Le Hir, 9
4. Do, 9
5. Hsu, 12
6. Bourdon, 12
7. Lozzi, 13
8. Aubin, 15
9. Kappel, 18
10. Barcelo, 21

SX2 - sábado
1. Richier (Suzuki)
2. Do (Honda)
3. Irsuti (Yamaha)
4. Bourdon (Husqvarna)
5. Le Hir (Honda)
6. Barcelo (Suzuki)
7. Lozzi (Kawasaki)
8. Kappel (KTM)
9. Imbert (KTM)
10. Aubin (Suzuki)
11. Hsu (ALL, Husqvarna)
12. Surrat (USA, Kawasaki)
13. Fonvieille (Yamaha)
14. Marrone (Suzuki)
15. Nicholls (GBR, Husqvarna)
16. Houzet (KTM)

SX2 - domingo
1. Hsu (ALL, Husqvarna)
2. Richier (Suzuki)
3. Irsuti (Yamaha)
4. Le Hir (Honda)
5. Aubin (Suzuki)
6. Lozzi (Kawasaki)
7. Do (Honda)
8. Bourdon (Husqvarna)
9. Camporese (ITA, Honda)
10. Kappel (KTM)
11. Fonvieille (Yamaha)
12. Surrat (USA, Kawasaki)
13. Imbert (KTM)
14. Roussaly (KTM)
15. Barcelo (Suzuki)







Vídeos MotoX Connect



Acompanhe o MotoX no Facebook

Curso MotoX
Brasil Racing
JPS Racing

© 2000 - 2017 MotoX MX1 Internet