X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

Edgers Racing

KTM Sacramento

Toro Sports

Pro Tech

JPS Racing

MotoX Pneus

JP Motos

Clique e saiba mais

> Competição > AMA Motocross

12ª etapa - Ironman - IN
Publicado em: 02/09/2016

Ken Roczen fecha com vitória temporada quase perfeita
Redação MotoX.com.br: Lucidio Arruda - Fotos: Garth Milan / Simon Cudby / Divulgação

Austin Forkner conquista primeira vitória geral na classe 250


Largada 450

O Lucas Oil AMA Motocross 2016 já passou para os arquivos de história. Foi uma temporada marcada pelo domínio de Ken Roczen na classe 450 e a falta de consistência entre os favoritos na 250. O circuito Iroman, em Indiana, recebeu a etapa final. Vamos lembrar o que aconteceu de importante no encerramento da temporada.

Com as chuvas que caíram durante a semana, o circuito ficou mais pesado e marcado que de costume. O sol chegou ainda no sábado pela manhã, mas nos primeiros treinos os pilotos enfrentaram condições difíceis. Não melhorou muito até a hora das corridas.


Ken Roczen

Ken Roczen confirmou a superioridade demonstrada durante todo o campeonato. Liderou as duas provas do início ao fim e comemorou mais uma dupla vitória. Depois de passar uma ano abaixo das expectativas em 2015, o alemão finalmente encontrou o melhor ajuste com a Suzuki e tornou-se praticamente imbatível. Um domínio que só perde para as temporadas perfeitas de Ricky Carmichael e James Stewart. Roczen venceu 20 das 24 baterias disputadas.


Justin Barcia

Justin Barcia encontrou sua melhor forma na reta final do campeonato. Na primeira bateria até andou num ritmo parecido com o de Roczen. Na segunda sofreu uma pequena queda, mas não deixou Eli Tomac superá-lo. As boas performances nas duas últimas etapas, entretanto, não lhe ajudaram a encostar em Marvin Musquin na pontuação geral, e o piloto JGR Yamaha ficou mesmo com o quarto lugar no campeonato.


Eli Tomac

Eli Tomac não esteve em um de seus dias mais brilhantes. Com largadas medianas, não teve velocidade para brigar pela liderança. Roczen rodou em média 4 segundos mais rápido nessa etapa. Talvez a grande quantidade de canaletas tenha lhe lembrado um acidente no ano passado que lhe custou uma cirurgia no ombro.


Marvin Musquin
O sangue europeu, que devia ter ajudado Marvin Musquin no terreno pesado, não prevaleceu em Indiana. O piloto da KTM foi superado nas duas baterias por Tomac, completando as provas em quarto. Mesmo assim o francês fechou sua primeira temporada completa na 450 com a terceira posição geral, nada mal.

Retornado do estaleiro, Jason Anderson fez dois quinto lugares. Mostrou flashes de sua velocidade, mas ainda sem ritmo para voltar a disputar o pódio. A prova foi importante na sua preparação para integrar o time norte-americano no Motocross das Nações, no final do mês.

Andrew Short se despediu da carreira. Em sua última corrida profissional o piloto da BTO KTM quase não larga na segunda bateria com problemas de suspensão de última hora. Sua equipe tentou resolver a situação até poucos momentos antes da largada. Short fez o holeshot, mas abandonou logo em seguida com o mal funcionamento da suspensão. Foi piloto oficial Honda e KTM, conquistou um Motocross das Nações com o time dos Estados Unidos em 2010 e correu os três últimos anos pelo time satélite da BTO Sports.

Pelo campeonato houve algum drama pela definição da quinta posição geral. Benny Bloss, recrutado como substituto na mesma BTO Sports quase ficou com a honrosa posição, mas o melhor desempenho de Phill Nicoletti (JGR Yamaha) na final lhe deu o posto por apenas um pontinho.


Pódio 450


250 - Austin Forkner é a revelação do ano


Largada 250

Toda temporada a categoria 250 revela novos jovens pilotos. Alguns constroem uma carreira sólida com muitos títulos, muitos outros ficam na promessa. O principal destaque entre os novatos esse ano é Austin Forkner. O piloto da Pro Circuit Kawasaki fez uma primeira bateria espetacular. Superou as difíceis condições da pista enquanto enquanto boa parte da concorrência se debatia com o terreno.

Forkner venceu a primeira bateria com a respeitável vantagem de quase 30 segundos. Ocupou a liderança por mais da metade da segunda bateria, mas faltou-lhe experiência para suportar a pressão de Aaron Plessinger. Caiu no mesmo ponto onde escapou para fora da pista na primeira corrida. Entretanto levantou em terceiro e manteve até a bandeirada a posição que lhe deu sua primeira vitória geral no campeonato.


Austin Forkner

Plessinger ficou com a segunda posição geral da etapa, depois de uma primeira bateria sem muito brilho, onde não conseguiu ir além da oitava posição. Se acertou melhor com as condições da pista na segunda corrida e encontrou sua melhor velocidade. Ano que vem deve liderar a equipe Star Yamaha com a debandada geral de seus três companheiros de equipe.

Cooper Webb poderia ter fechado a temporada do título com uma vitória, mas os erros cometidos na primeira bateria lhe custaram caro (na etapa). Tinha a segunda posição logo atrás de Forkner na primeira volta, mas errou numa das canaletas em curva e foi parar fora dos dez primeiros. Outra queda em fase mais adiantada da corrida limitou seu alcance à quinta posição. Na segunda bateria o campeão alcançou a segunda posição, porém sem ameaçar Plessinger. Subiu ao pódio em terceiro.

Com o AMA Motocross encerrado, os Estados Unidos torna-se durante os próximos nove dias a terra do Mundial de Motocross com as duas etapas finais do campeonato em Charlotte e Glen Helen.

Vídeo Resumo da etapa



Corridas Completas


Resultados

P. # 450 Moto M1 M2 Pts
1 94 Ken Roczen Suz RMZ 450 1 1 50
2 51 Justin Barcia Yam YZ 450F 2 2 44
3 3 Eli Tomac Kaw KX 450F 3 3 40
4 25 Marvin Musquin KTM 450 SX-F FE 4 4 36
5 21 Jason Anderson Hus FC450 5 5 32
6 34 Phillip Nicoletti Yam YZ 450F 6 8 28
7 28 Weston Peick Yam YZ 450F 8 7 27
8 32 Matthew Bisceglia Suz RMZ 450 11 6 25
9 43 Fredrik Noren Hon CRF450R 9 9 24
10 167 Benny Bloss KTM 450 SX-F FE 7 11 24
11 926 Kaven Benoit KTM 450 SX-F FE 12 10 20
12 15 Dean Wilson KTM 450 SX-F FE 10 12 20
13 68 Cole Martinez Yam YZ 450F 15 14 13
14 74 Ryan Sipes Hus FC450 19 13 10
15 761 Cade Clason KTM 450 SX-F 14 18 10
16 29 Andrew Short KTM 450 SX-F FE 13 35 8
17 90 John Short Yam YZ 450F 20 15 7
18 96 Noah Mcconahy Hus FC450 24 16 5
19 11 Kyle Chisholm Hon CRF450R 16 40 5
20 72 Hayden Mellross Yam YZ 450F 33 17 4
21 99 Heath Harrison KTM 450 SX-F FE 17 38 4
22 987 Matthew Babbitt KTM 450 SX-F FE 18 31 3
23 881 Jerry Lorenz III Yam YZ 450F 26 19 2
24 88 Ronnie Stewart Suz RMZ 450 22 20 1
P. # 250 Moto M1 M2 Pts
1 214 Austin Forkner Kaw KX 250F 1 3 45
2 23 Aaron Plessinger Yam YZ 250F 8 1 38
3 17 Cooper Webb Yam YZ 250F 5 2 38
4 26 Alex Martin Yam YZ 250F 3 4 38
5 44 Adam Cianciarulo Kaw KX 250F 6 5 31
6 66 Arnaud Tonus Kaw KX 250F 4 9 30
7 289 Mitchell Harrison Yam YZ 250F 10 6 26
8 42 Mitchell Oldenburg KTM 250 SX-F FE 7 13 22
9 37 Joseph Savatgy Kaw KX 250F 2 34 22
10 36 Justin Hill KTM 250 SX-F FE 15 7 20
11 31 RJ Hampshire Hon CRF250R 14 10 18
12 296 Bradley Taft Yam YZ 250F 12 14 16
13 16 Zachary Osborne Hus FC250 11 15 16
14 403 Tristan Charboneau Hon CRF250R 16 12 14
15 49 Martin Davalos Hus FC250 22 8 13
16 35 Christopher Alldredge Kaw KX 250F 18 11 13
17 39 Jordon Smith Hon CRF250R 9 36 12
18 45 Kyle Cunningham Suz RMZ 250 13 18 11
19 223 Dylan Wright Yam YZ 250F 21 16 5
20 73 Nick Gaines Kaw KX 250F 35 17 4
21 492 Luke Clout Suz RMZ 250 17 35 4
22 297 Henry Miller Yam YZ 250F 40 19 2
23 91 Brandon Scharer Yam YZ 250F 19 21 2
24 174 Josh Osby Suz RMZ 250 30 20 1
25 677 Cody Williams Yam YZ 250F 20 24 1

Classificação Final

P. # 450 Pts
1 94 Ken Roczen 584
2 3 Eli Tomac 498
3 25 Marvin Musquin 401
4 51 Justin Barcia 360
5 34 Phillip Nicoletti 229
6 167 Benny Bloss 228
7 377 Christophe Pourcel 217
8 28 Weston Peick 197
9 29 Andrew Short 197
10 43 Fredrik Noren 192
11 10 Justin Brayton 173
12 20 Broc Tickle 171
13 14 Cole Seely 151
14 21 Jason Anderson 145
15 32 Matthew Bisceglia 144
16 19 Justin Bogle 136
17 1 Ryan Dungey 131
18 41 Trey Canard 127
19 15 Dean Wilson 122
20 68 Cole Martinez 98
21 33 Joshua Grant 88
22 4 Blake Baggett 84
23 96 Noah Mcconahy 82
24 11 Kyle Chisholm 74
25 99 Heath Harrison 61
26 63 Jesse Wentland 48
27 53 Tyler Bowers 42
28 48 Anthony Rodriguez 37
29 52 Ben LaMay 33
30 72 Hayden Mellross 25
31 7 James Stewart Jr. 23
32 926 Kaven Benoit 20
33 90 John Short 17
34 292 Austin Howell 16
35 40 Kyle Peters 14
36 761 Cade Clason 13
37 81 Jason Brooks 12
38 175 Paul Coates 12
39 74 Ryan Sipes 10
40 987 Matthew Babbitt 10
41 611 Tim Tremblay 8
42 121 Cody Cooper 8
43 80 Zack Williams 8
44 95 Dustin Pipes 8
45 718 Toshiki Tomita 8
46 188 Dillan Epstein 6
47 133 Ricky Renner 5
48 748 Robert Marshall 4
49 79 Nicholas Schmidt 4
50 851 Jerry Robin 4
P. # 250 Pts
1 17 Cooper Webb 495
2 26 Alex Martin 422
3 37 Joseph Savatgy 383
4 214 Austin Forkner 376
5 23 Aaron Plessinger 351
6 1 Jeremy Martin 321
7 16 Zachary Osborne 312
8 44 Adam Cianciarulo 266
9 66 Arnaud Tonus 243
10 42 Mitchell Oldenburg 237
11 31 RJ Hampshire 220
12 49 Martin Davalos 193
13 289 Mitchell Harrison 168
14 30 Shane McElrath 132
15 45 Kyle Cunningham 127
16 39 Jordon Smith 126
17 36 Justin Hill 122
18 46 Luke Renzland 117
19 13 Jessy Nelson 105
20 403 Tristan Charboneau 94
21 69 Colt Nichols 94
22 48 Anthony Rodriguez 61
23 296 Bradley Taft 41
24 89 Marshal Weltin 40
25 73 Nick Gaines 33
26 35 Christopher Alldredge 32
27 84 Jimmy Albertson 32
28 128 Alex Frye 25
29 56 Jackson Richardson 24
30 38 Christian Craig 19
31 492 Luke Clout 19
32 58 James Decotis 10
33 40 Kyle Peters 9
34 297 Henry Miller 9
35 91 Brandon Scharer 9
36 61 Gannon Audette 8
37 97 Tevin Tapia 8
38 223 Dylan Wright 5
39 174 Josh Osby 4
40 70 Tony Archer 3
41 212 Chase Marquier 2
42 421 Vann Martin 2
43 677 Cody Williams 2
44 188 Dillan Epstein 1
45 726 Gared Steinke 1
46 768 Cole Shondeck 1






Curso MotoX
JPS Racing

© 2000 - 2018 MotoX MX1 Internet