X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Voltar para a Home
Clique e saiba mais

Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

All Sign

MRP Racing

RX Graphics

Pakato Moto Peças

Red Dragon

Circuit

Azzi Racing

Global Cyclens

Pneus Technic

Ohlins

> Competição
> Veloterra

Publicado em: 19/11/2010

1º Velocross Fazenda Borgarelli - Amparo - SP

Pista tradicional de motocross nas décadas de 1980 e 1990 retorna à ativa com velocross 
Redação MotoX.com.br - Texto e Fotos: Mateus Zig Bernardini 


Largada Importada Estreante


Veja também: Galeria de Imagens da Prova com 630 Fotos!
A Fazenda Borgarelli, localizada em Amparo (SP), foi um grande palco do Motocross nacional nas décadas de 1980 e 1990, recebendo etapas do Hollywood Motocross, Campeonatos Paulista e Brasileiro, além de diversas provas regionais. Fora do cenário Off Road por mais de dez anos, o circuito retornou à ativa neste último feriado prolongado, de 13 a 15 de novembro, com uma grande prova de Velocross, inaugurando uma nova pista de 700 metros de extensão, totalmente irrigada e com um solo maravilhoso que agradou bastante os pilotos.

No domingo, quem compareceu para prestigiar o evento foi o dez vezes campeão brasileiro de Motocross, Jorge Negretti. Simpático como sempre, o piloto de Bragança Paulista tirou fotos com seus inúmeros fãs, autografou camisas e assistiu algumas baterias. Devido a compromissos com seus patrocinadores e com pouco tempo para sua visita, Negretti não pode satisfazer o maior desejo de todos que estavam lá, que era vê-lo pilotando. Negretti tem boas lembranças da Fazenda Borgarelli, pois foi lá que treinou e competiu por várias vezes no início da carreira, quando integrou a vitoriosa equipe Amparo Racing Team. 


João Pedro Raimundo e João Henrique


Fabinho dos Santos
No sábado à tarde, logo após os treinos, duas baterias foram realizadas, as Forças Livres Nacional e Importada, com o objetivo de arrecadar fundos para o tratamento do piloto Eliandro Consorti, o "Tonelada". Já no domingo e segunda-feira de feriado, foram realizadas mais duas baterias com o mesmo propósito e além das baterias, doações de pilotos, empresas e rifas de brindes cedidos por patrocinares, foi arrecadada uma quantia de quase 4 mil reais, entregue em mãos ao Tonelada, que esteve presente nos três dias do evento.

Iniciando as competições de domingo, largaram juntas as categorias 50cc e 65cc, Marinho Guarizzo disparou na frente e venceu tranquilo a bateria. Giovani dos Santos foi o segundo colocado, seguido de João Pedro Raimundo, que ficou em terceiro na 65cc e primeiro na 50cc. Marinho venceu novamente no segundo dia, com Bruninho Brunieri em segundo lugar mas, devido à uma punição, perdeu a colocação para André Santos. João Pedro Raimundo foi o terceiro colocado na 65cc e o segundo na 50cc, onde João Henrique foi o vencedor. 


Marinho Guarizzo


Babi Fernandes
A Penélope foi a próxima a largar e o destaque ficou para Babi Fernandes que, num ritmo muito acima de suas concorrentes, venceu a bateria sem problemas. Fernanda Cavalheiro, correndo em casa, ficou com a segunda colocação, seguida de Raphaela Recanelli, Marina Caleffi, Paula Bueno e Suzana Lenzi. Na segunda-feira, sem Babi Fernandes, Fernanda reinou absoluta vencendo a categoria. Júlia Gabriela foi a segunda colocada e Luciana Corsi a terceira.

Na Importada Estreante, Gustavo Henrique largou na ponta, mas se acidentou na segunda volta e Evandro Contesini assumiu a ponta, garantindo a vitória. Machado foi o segundo colocado e Babi Fernandes, que teve problemas na largada e saiu na décima sexta posição, a terceira. João Paulo Oliveira e João “Cabelo” completaram os cinco primeiros. No dia seguinte, Fabinho Silva largou na frente e liderou por várias voltas, mas ao meio da bateria foi perdendo ritmo e posições, terminando em quinto lugar. Evandro Contesini venceu novamente, seguido de outro Fabinho Santos, de Socorro(SP), estreando sua KTM 150 0km e Diego Biazetto. 


Fernanda Cavalheiro


Rodolfo Breda
Juninho Delalana não deu chances a ninguém na Nacional Estreante, o veterano piloto de Itapira (SP), largou na frente e abriu uma boa vantagem, para vencer tranquilo. Seu conterrâneo Rodolfo Breda ficou com a segunda colocação e logo atrás vieram Aldani Moraes, Antônio Carlos “Boca” e Luisinho Silva. Breda faturou esta categoria no segundo dia, seguido de “Alemão”, Giovani Maia, Dr. Leandro Mattos e Ronildo Reis.

No domingo, quem recebeu a quadriculada na frente da Infantil (85cc), foi a 65cc de Marinho Guarizzo, o garoto de Amparo, acostumado com a pista, fez a festa do público vencendo a bateria. Após ter largado mal, Vinícius Marcon foi se recuperando e terminou com a segunda colocação, seguido de Willian Bongiorno, Guilherme Recanelli e Júlio Corsi. A segunda rodada contava com Fabinho Santos no gate, que confirmando o favoritismo, venceu com folga. Pela segunda colocação, uma bela briga entre Marinho Guarizzo e Willian Bongiorno, que se deu melhor depois que Marinho sofreu duas quedas, terminando em terceiro, com Quatazinho em quarto e Júlio Corsi em quinto. 


Evandro Contesini


Diego Parmira
Daniel Vergueiro saiu na frente na VX1 mas o garoto da casa, Diego Parmira, partiu pra cima e conseguiu a ultrapassagem, seguindo como líder até a quadriculada. Na disputa com Gilbertinho Rossi, Vergueiro se deu mal, sofrendo uma queda onde perdeu duas posições, completando a prova em quarto lugar. Gilbertinho foi o segundo, João Paulo Oliveira o terceiro e Clayton Grassi, com problemas em sua moto, ainda conseguiu a quinta posição. Gilbertinho garantiu o primeiro lugar da categoria no segundo dia da competição.

Diego Parmira venceu nos dois dias a categoria VX2. No primeiro, foi mais tranquilo, saiu na ponta e seguiu até a quadriculada, tendo como companheiros de pódio Evandro Contesini, Alcides Beazin, Machado e André Berâ. No segundo dia, Gustavo Beazin largou na ponta, mas ao meio da bateria sofreu uma queda, deixando mais fácil para Parmira vencer a bateria. Beazin completou na segunda colocação, seguido de Vitor Zandoná, André Rodrigues e Diego Biazetto. 


Gilbertinho Rossi


Pedro Beagim
Daniel Vergueiro e Beto Vilalva protagonizaram uma bela disputa na VX3. Com uma tocada parecida, os dois abriram vantagem dos demais, Daniel se saiu melhor e venceu, com Beto logo atrás. Gilbertinho Rossi foi o terceiro, com Juracy Petroni em quarto e Fabinho Silva em quinto. No segundo dia quem levou com facilidade a bandeira quadriculada foi Pedro Beagim, vencendo de ponta a ponta. Fabinho Silva foi o segundo colocado, com Quatá em terceiro, Baiano de Serra Negra foi o quarto e Gilbertinho Rossi o quinto.

Beto Vilalva estava com sede de vitoria e alinhou novamente, desta vez na categoria VX4. O piloto de Pedreira (SP), não quis saber de brincadeira, largou na ponta e seguiu até a bandeirada final. Quatá foi o segundo, seguido de João “Cabelo”, Beto Raimundo e o estreante no pódio César Del Poente. No dia seguinte, Beto Raimundo liderava, sempre seguido de Quatá, que ao final da bateria, forçou a ultrapassagem sobre Beto e seguiu para a vitória. Júlio Custódio foi o segundo e Beto Raimundo o terceiro. 


Daniel Vergueiro


Juninho Delalana
Juninho Delalana venceu mais uma, a Nacional Força Livre, que devido a um choque sem graves consequências para os pilotos envolvidos, terminou com bandeira vermelha. Diego Parmira foi o segundo colocado, seguido de Willian Camargo, Luciano Piva e Rodolfo Breda. Na segunda, quem faturou foi Ique Mattos com seu pai, Edson Mattos em segundo.

Na 230F, Willian Camargo e Gabriel Lenzi proporcionaram aos espectadores uma bela disputa na pista. Willian saiu na frente com Lenzi em seu encalço até o meio da bateria, quando Lenzi conseguiu a ultrapassagem, mas cometeu um erro e deixou a vitoria de bandeja para Willian. Gabriel foi o segundo, com Danilo Grossi, Isaias Biazoto e Chico Santa Bárbara completando o pódio. Lenzi e Ique Mattos dividiam a liderança no dia seguinte, Lenzi venceu mas recebeu uma punição e perdeu a colocação para Ique. Isaias Biazoto foi o segundo, Fabinho Silva o terceiro, Denis Godoy o quarto e Giovani Maia o quinto colocado. 


Beto Vilalva e Quatá


Ique Mattos
A Fazenda Borgarelli conta com restaurante, bar, lago para pesca, muita área verde e uma pista de velocross com 700 metros de extensão totalmente irrigada, aberta todos os finais de semana para treinos. Mais informações com José Borgarelli pelos fones (19) 3807-3894 / (19) 9642-2352 ou com Parmira (19) 9774-5564 / (19) 7807-1697 / Nextel ID 89*2819.

O evento foi organizado por José Borgarelli, Paulo Veronezi (Parmira) e Panini Sport, contou com os patrocínios de Grupo Lena, Pneus Santa Rita, P.A Motos, JRM Baterias, Miami Moto, Miami Náutica, Lenzi Distribuidora de Bebidas, Offsex, Bougainville Hotel Fazenda, Água Gelo, Carvão Sol, Loja do Zig, Macêdo Veículos, Maximus Vistorias, Costa Maneira, Total Som, Moto Master, Mr. Soft, Moto Cem, Comercial Amparense, Rubinho Auto Center, Circuito das Águas Materiais para Construção, Agropecuária Circuito das Águas, JL Marcon, Super Tintas Amparo, Transpel, THS Racing, Mobil, Sagui Racing, Prefeitura Municipal de Amparo, Secretaria de Esportes de Amparo e Jornal A Tribuna.


Willian Camargo

Resultados

1º Dia

Pos No. 50cc Best time
1 21 João Pedro Raimundo 1°:00,620 

Pos No. 65cc Best time
1 22 Mario Cezar Guarizzo 55,340
2 167 Giovani dos Santos 1°:00,190
3 21 João Pedro Raimundo 1°:00,620 

Pos No. Penélope Best time
1 949 Babi Fernandes 52,870
2 23 Fernanda Cavalheiro 56,730
3 237 Raphaela Recanelli 55,570
4 11 Marina Caleffi 1°:02,480
5 277 Paula Bueno 1°:03,610
6 333 Suzana Lenzi 1°:07,240

Pos No. Importada Estreante Best time
1 422 Evandro Contesini 50,230
2 295 Machado 50,780
3 949 Babi Fernandes 49,790
4 4 João Paulo de Oliveira 52,120
5 1 João Cabelo 51,760
6 29 Gilbertinho Rossi 48,840
7 1 Danilo Souza 52,470
8 14 Eliton Valente 50,350
9 38 Eduardo Almeida 53,520
10 919 Renan Oliveira 50,700 

Pos No. Nacional Estreante Best time
1 333 Juninho Delalana 51,890
2 25 Rodolfo Breda 51,800
3 233 Aldani Moraes 52,770
4 1 Antonio Carlos “Boca” 52,310
5 268 Luisinho Silva 52,000
6 129 Ronildo Reis 52,900
7 22 Gilbertinho Rossi 52,160
8 81 Danilo Grossi 52,880
9 177 Willian Gonçalves 52,010
10 150 Auro Guadaguini 52,210 

Pos No. Infantil (85cc) Best time
1 22 Mario Cezar Guarizzo 54,220
2 118 Vinicius Marcon 54,100
3 151 Willian Bongiorno 55,920
4 238 Guilherme Recanelli 58,180
5 268 Julio Corsi 59,470
6 49 Quatazinho 57,300
7 08 Caio Godoy 56,490 

Pos No. VX 1 Best time
1 399 Diego Parmira 47,240
2 29 Gilbertinho Rossi 48,960
3 4 João Paulo de Oliveira 50,840
4 275 Daniel Vergueiro 49,110
5 377 Clayton Grassi 47,970 

Pos No. VX 2 Best time
1 399 Diego Parmira 48,830
2 422 Evandro Contesini 50,140
3 817 Alcides Beazin 49,640
4 295 Machado 51,790
5 782 André Bêra ‘Dididil” 52,290
6 919 Renan Pires 52,190
7 115 Rodolfo Breda 50,770
8 122 Lenon Pires 52,310
9 87 Baninho Pegorari 55,290 

Pos No. VX 3 Best time
1 275 Daniel Vergueiro 50,180
2 352 Beto Vilalva 49,730
3 29 Gilbertinho Rossi 48,640
4 51 Juraci Petroni 50,040
5 22 Fabinho Silva 52,130
6 4 João Paulo de Oliveira 52,320
7 49 Quatá 53,430
8 87 Baninho Pegorari 53,960
9 23 Evandro dos Santos 55,100 

Pos No. VX 4 Best time
1 352 Beto Vilalva 49,240
2 49 Quatá 52,280
3 1 João Cabelo 52,690
4 21 Beto Raimundo 53,410
5 29 Cesar Del Poente 56,260
6 28 Julio Custódio 56,960
7 804 Rubens Lenzi 58,040
8 19 Vitamina 1°:01,590
9 118 José Luis Marcon 51,020
 
Pos No. Nacional Força Livre Best time
1 333 Juninho Delalana 50,780
2 399 Diego Parmira 50,110
3 46 Willian Camargo 51,470
4 34 Luciano Piva 53,320
5 115 Rodolfo Breda 52,520
6 804 Gabriel Lenzi 52,820
7 129 Ronildo Reis 53,830
8 122 Luiz Antonio 56,300
9 13 Eder Recanelli 55,110
10 229 Chico Santa Barbara 54,910
 
Pos No. 230 F Best time
1 46 Willian Camargo 51,390
2 804 Gabriel Lenzi 51,720
3 81 Danilo Grossi 53,970
4 784 Isaias Biazoto 53,590
5 229 Chico Santa Barbara 52,970
6 325 Guilherme Garcez 54,690
7 122 Luiz Souza 55,150
8 2 Rodrigo Parize 55,530
9 177 Willian Gonçalves 54,300
10 74 Giovani Maia 55,460 


Resultados 2º dia: 

Pos No. 50cc Best time
1 210 João Henrique 58,820
2 21 João Pedro Raimundo 58,900 

Pos No. 65cc Best time
1 22 Mario Cezar Guarizzo 54,810
2 88 Andre dos Santos 1°:15,770
3 21 João Pedro Raimundo 58,900 

Pos No. Penélope Best time
1 23 Fernanda Cavalheiro 58,190
2 784 Julia Oliveira 1°:05,020
3 39 Luciana Corsi 1°:11,610 

Pos No. Importada Estreante Best time
1 422 Evandro Contesini 49,450
2 4 Fabinho Silva 50,030
3 87 Fabinho dos Santos 49,240
4 XX Diego Biazetto 50,430
5 22 Fabinho Silva 52,120
6 7 Mauro Souza 52,520
7 25 Rodolfo Breda 53,180
8 25 Rodolfo Guarini 56,320
9 28 Julio Custodio 57,040
10 21 Lucas Cascatinha 50,630 

Pos No. Nacional Estreante Best time
1 25 Rodolfo Breda 51,560
2 4 Alemão 54,260
3 74 Giovani Maia 54,450
4 19 Dr. Leandro Mattos 54,400
5 129 Ronildo Reis 53,390
6 1 Antonio Carlos “Boca” 52,260
7 13 Edson Mattos 1°:13,090 

Pos No. Infantil (85cc) Best time
1 87 Fabinho dos Santos 51,460
2 151 Willian Bongiorno 55,170
3 22 Mario Cezar Guarizzo 53,730
4 49 Quatazinho 56,810
5 78 Julio Corsi 58,880 

Pos No. VX 1 Best time
1 29 Gilbertinho Rossi 49,960
 
Pos No. VX 2 Best time
1 399 Diego Parmira 46,970
2 377 Gustavo Beazin 47,140
3 515 Vitor Zandona 48,530
4 12 André Rodrigues 49,220
5 XX Diego Biazetto 48,920
6 87 Fabinho dos Santos 47,810
7 49 Luiz Marcos Rosa 49,840
8 422 Evandro Contesini 51,110 

Pos No. VX 3 Best time
1 738 Pedro Beagim 46,270
2 4 Fabinho Silva 48,860
3 49 Quatá 50,950
4 29 Baiano Serra Negra 51,160
5 29 Gilbertinho Rossi 48,840 

Pos No. VX 4 Best time
1 49 Quatá 52,320
2 28 Julio Custódio 54,000
3 21 Beto Raimundo 54,220 

Pos No. Nacional Força Livre Best time
1 19 Ique Mattos 51,360
2 13 Edson Mattos 1°:13,920 

Pos No. 230 F Best time
1 19 Ique Mattos 51,360
2 784 Isaias Biazoto 53,590
3 22 Fabinho Silva 53,970
4 22 Denis Godoy 53,590
5 74 Giovani Maia 55,460
6 14 Leandro Cintra 58,690



Vídeos MotoX Connect