X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Voltar para a Home


Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

Clique e saiba mais
América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

All Sign

MRP Racing

RX Graphics

Pakato Moto Peças

Red Dragon

Circuit

Azzi Racing

Global Cyclens

Pneus Technic

Ohlins

> Reportagens
> Testes

Publicado em: 27/05/2010

Apresentação Kawasaki KX 250 F 2011

De volta para o futuro - Kawasaki divulga detalhes do modelo 2011
Redação MotoX.com.br - Lucídio Arruda

Modelo ganha injeção eletrônica e novo conceito de suspensão dianteira


Kawasaki KX 250 F 2011


Do lado direito o ajuste da mola. No esquerdo compressão e retorno do hidráulico
A Kawasaki divulgou as novidades e fotos de seus modelos de Cross 2011. A motocicleta 250cc recebeu a maior atenção e boa dose de novidades. Os destaques vão para a injeção eletrônica e o motor revisado. Mas a grande surpresa veio do novo conceito de suspensão dianteira, com a mola em uma das canelas do garfo, e o sistema hidráulico na outra.

Oquei, oquei... O conceito da suspensão dianteira com funções separadas não é tão novo assim. Pelo que eu me lembre a KTM já usou tal solução quando suas motos ainda eram brancas e azuis, há cerca de... uns 20 anos atrás! Os garfos eram da marca White Power, que mais tarde foi renomeada para apenas WP.

Mas depois disso a idéia ficou esquecida nos porões dos departamentos de engenharia até ressurgir agora, fabricado pela Showa.


Segundo a fabrica o novo sistema permitiu a redução de peso e uma maior facilidade no ajuste da suspensão. Do lado direito é possível regular a carga da mola enquanto as funções hudráulicas são ajustadas em compressão e retorno no lado esquerdo.

Na traseira a revolução não foi tão notável, mas como acontece praticamente todo ano, a calibragem do sistema foi revisada e aprimorada.

Motor


Mais do que rápido, os carburadores estão virando coisa do passado. A KX 250 F aderiu também à onda da injeção eletrônica utilizando basicamente o mesmo sistema da sua irmã maior de 450, porém com o fluxo cerca de 20% maior para acompanhar os giros mais altos do motor.

O motor recebeu também um novo coletor, comando de admissão mais agressivo e molas de admissão mais fortes. O pistão foi modificado e a taxa de compressão cresceu de 13.2:1 para 13.5:1. O desenho foi aproveitado das motocicletas oficias da equipe Pro Circuit Kawasaki. O cano de escape de aço inox ficou mais longo e a ponteira ganhou maior volume. O câmbio também recebeu engrenagens da 3ª e 4ª marchas mais robustas.


No total foram quase 30 modificações para manter a motocicleta no topo de sua categoria.

Ficha técnica

Motor: 4 tempos monociclindrico 4 válvulas refrigeração líquida
Capacidade: 249cc
Diâmetro X Curso: 77 x 53.6 mm
Alimentação: Injeção Eletrônica Keihin 43mm
Taxa de compressão: 13.5:1
Ignição: Digital CDI 
Transmissão: 5 marchas com embreagem em banho de óleo
Quadro: Perimetral de alumínio
Caster / Trail: 28º / 119.38 mm
Suspensão dianteira: Showa SSF telescópica invertida com ajuste de carga da mola de um lado e 22
                                  posições de compressão e 20 de retorno do outro. Curso 315mm.
Suspensão traseira: Uni-Trak com amortecedor Showa. Com 19 posições de ajuste da compressão
                                (low speed) mais ajuste (high speed). 22 posições de ajuste no retorno. Curso
                                 310mm.
Pneu Dianteiro: 80/100-21
Pneu traseiro: 100/90-19
Freio dianteiro: Disco semiflutuante de 250mm com pinça de duplo pistão
Freio traseiro: Disco 240mm com pinça de pistão simples
Comprimento total: 2.146 mm 
Largura total: 820.4 mm
Altura: 1270 mm
Distância entreeixos: 1475 mm
Distância livre do solo: 330mm
Altura do assento:  944 mm
Peso em ordem de marcha: 105,5 kg 
Tanque de combustível: 7,2 Litros
Cor: Verde
Imagens Relacionadas:


Vídeos MotoX Connect