X Fechar
X Fechar

X Fechar
foto
Salvar nos Favoritos

X Fechar
foto
Voltar para a Home


Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais
Clique e saiba mais

América Sports

Capacete Companhia

RM - Motocross Racing

All Sign

MRP Racing

RX Graphics

Pakato Moto Peças

Red Dragon

Circuit

Azzi Racing

Global Cyclens

Pneus Technic

Ohlins

> Competição
> Rally

Publicado em: 02/08/2013

Rally dos Sertões - 9ª Etapa - Minaçu (GO) - Goianésia (GO)

Paulo Gonçalves se aproxima do título nesta sexta-feira (02)
Redação MotoX.com.br – Carolina Arruda – Fotos: Edo Bauer/ Eric Schroeder/ Vinícius Branca/ Victor Eleutério/ Ricardo Leizer/ FotoArena/ DFotos/ Vipcomm

Jean Azevedo se estabelece como melhor brasileiro na prova. Ike Klaumann enfrenta problemas mecânicos e antecipa o final da competição
  

Paulo Gonçalves
  

Ike Klaumann

Após mais de três mil quilômetros em nove estágios, restam menos de 24 horas para ser consagrado o campeão do Rally dos Sertões 2013. Nesta sexta-feira (02), aconteceu a penúltima etapa da competição que se encerra neste sábado em Goiânia (GO).

Para alguns pilotos, o rally chegou ao final antes da hora. A moto de Ike Klaumann deixou o competidor na mão durante a especial e o tirou da disputa, contra Jean Azevedo, pelo posto de melhor brasileiro. O catarinense não completou a prova e está fora da competição. Dário Júlio também não conseguiu retornar à disputa depois de enfrentar problemas mecânicos na quinta-feira (01). A corrente da moto do mineiro quebrou o impedindo de completar a oitava etapa.

“Tive que contar com ajuda para voltar e cheguei no acampamento só à noite, depois do briefing. Não consegui pegar nem a planilha da próxima etapa e a moto não ficaria pronta a tempo, então tive que sair da competição. É triste, mas acontece. Tenho que levantar a cabeça, fiz um belo rali”, reconheceu Dário Júlio.
  
A nona etapa saiu de Minaçu rumo a Goianésia – ambas as cidades em Goiás. O percurso totalizou 550 quilômetros, sendo 264 de trecho cronometrado. No caminho, piso de piçarra e cascalho, depressões, lombadas, travessia em zona de garimpo e a visão da Chapada dos Veadeiros.


Cyril Despres

O dia começou com a disputa acirrada para terminar com o título praticamente decidido. Paulo Gonçalves, Marc Coma e Cyril Despres largaram juntos. O francês acelerou forte na intenção de chegar mais perto da liderança do rally e ficou a ver navios quando foi ultrapassado pelos colegas. O que aconteceu: o piloto se perdeu ao passar por um waypoint e levou alguns minutos para se reencontrar na trilha certa.
  

Paulo Gonçalves

"Eu tive um problema, nada muito grande, mas que é uma pena. Estava andando bem e perdi a oportunidade de assumir a ponta", lamentou Despres, oitavo mais rápido do dia, que ainda mantém a vice-liderança, agora com uma desvantagem de mais 15 minutos em relação ao primeiro colocado.

Mais uma vez o caminho ficou livre para Paulo Gonçalves faturar a vitória mesmo com imprevistos pelo caminho: “Para mim foi um dia bem difícil, porque tive uma queda logo depois do abastecimento e quebrou o aparelho que gira a planilha, então foi tudo na mão mesmo, por isso vim mais devagar. O final era de navegação bem difícil. Estava vindo tão na boa que ai eu acertei a navegação!”, comentou o português, provando que em um rally como o Sertões velocidade nem sempre é fator determinante.

A intenção de Gonçalves agora é manter o foco e levar o título para casa. “No sábado, vou correr atento e com cautela. A corrida ainda não acabou, mas a chances de faturar o campeonato são bem grandes no momento”, comentou o líder do Sertões.
 

Marc Coma
  

Jakub Pryzgonski

Marc Coma ficou com o segundo melhor tempo do dia. Excluindo o resultado da etapa maratona, quando enfrentou problemas com a moto, o espanhol completou praticamente todas as etapas entre os três primeiros – exemplo de consistência.

Coma segue realista quanto ao fim do rally. “Estou a 11 minutos do Despres e 38 minutos na frente do Jean, então forçar para tirar essa diferença do Despres é impossível. O negócio é levar até o fim", resumiu. Porém, sem deixar a esperança de lado, o piloto repetiu a frase do dia anterior: “está quase no fim, mas num rally como esse tudo pode acontecer”.

A terceira posição do dia ficou para Jakub Pryzgonski. O polonês conseguiu subir no acumulado e agora é o quinto colocado. Poucos segundos atrás, Fausto Mota, de Portugal, foi o quarto mais rápido do dia.

Então foi a vez de Jean Azevedo se consolidar como o melhor brasileiro na competição. O paulista foi o quinto colocado e sustenta o quarto lugar na classificação geral. Assim como os outros ponteiros, na última especial, o brasileiro já avista o final: “Estamos chegando em Goiânia, então tem de manter o foco”, disse. “Estou confiante, melhorando meu ritmo etapa a etapa”, acrescentou.
  

Jean Azevedo
  

Michael Metge

Sobre o estágio, Jean Azevedo apontou a navegação como mais um fator decisivo. “Esta penúltima etapa tinha muita navegação. Passamos por estradinhas de fazenda, onde existem muitas alterações de direção. Estava fácil errar o caminho, por isso tive que redobrar a atenção e deu tudo certo”, explicou.

O brasileiro Ricardo Martins foi o sexto mais rápido. O piloto comentou o desgaste tanto emocional, quanto físico nestes últimos momentos. “É a hora que passa muita coisa pela cabeça, ficamos muitas horas sozinho em cima da moto. No final, a gente sempre sente um pouco a parte física”, destacou. Mas segue confiante: “Certamente terei energia extra para acelerar amanhã”. Dentro da competição, o catarinense é o líder da categoria Production e conta com uma vantagem apertada de aproximadamente dois minutos sobre Fausto Mota. No acumulado, Martins é o 11º colocado.

Michael Metge foi o sétimo, seguido pelo companheiro de equipe Despres. O brasileiro Leandro Silveira foi o nono à frente de Raul Lima que completou os dez primeiros.
  

Ricardo Martins
  

Moara Sacilotti

As duas mulheres sobre duas rodas na competição seguem firmes e fortes, almejando a chegada em Goiânia. Moara Sacilotti foi a 24ª seguida de Marieta Moraes, 25ª.

Neste sábado (03), o Rally dos Sertões chega ao final, retornando a Goiânia. O percurso do dia será mais curto – 290 quilômetros, sendo 160 de trecho cronometrado. A especial começa em regiões de canaviais, passando por trechos de serra até chegar às estradas de fazendas.

Em relação aos competidores, o momento é de espera. A intenção é não arriscar os resultados obtidos até o momento, mas a ambição de ganhar posições nos últimos momentos está longe de desacelerar. 

  

Jakub Przygonski
  

Marc Coma
  

Ike Klaumann
  

Paulo Gonçalves

Resultados
1 - Paulo Gonçalves - 03:19:30
2 - Marc Coma - 03:23:04
3 - Jakub Przygonski - 03:30:04
4 - Fausto Mota - 03:30:42
5 - Jean Azevedo - 03:34:15
6 - Ricardo Martins - 03:35:56
7 - Michael Metge - 03:36:56
8 - Cyril Despres - 03:38:26
9- Leandro Silveira - 03:40:53
10 - Raul Lima - 03:46:59

Classificação Geral

P N Piloto Parcial Final Penalidade Total Diferença Do 1º
4 Paulo Goncalves 29:02:28   28:59:52 -
5 Cyril Despres 29:34:29   29:25:41 00:25:49.2
1 Marc Coma 29:40:15   29:37:11 00:37:19.5
25 Jean Azevedo 30:20:09   30:15:16 01:15:24.5
3 Jakub Przygonski 30:30:18   30:30:18 01:30:26.9
7 Michael Metge 31:10:44 00:09:00 31:16:52 02:16:59.1
17 Ricardo Martins 31:53:45   31:22:05 02:22:13.1
34 Fausto Mota 31:07:44 00:20:00 31:24:32 02:24:40.2
50 Raul Lima 32:58:21 00:03:00 32:54:40 03:54:48.2
10º 43 Ezair Bossa 33:45:58 00:01:00 33:30:23 04:30:31.5
11º 19 Leandro Silveira 35:11:26 00:20:00 33:48:57 04:49:05.1
12º 33 Dominique Robin 34:06:39   34:00:32 05:00:40.3
13º 20 Fabricio Bianchini 34:44:28 00:08:00 34:19:23 05:19:31.3
14º 37 Wilson Franceschi 34:47:55 00:12:00 34:59:55 06:00:03.4
15º 26 Norton Lopes 35:18:19   35:18:19 06:18:27.5
16º 30 Glauco Feitosa 35:44:14   35:24:17 06:24:25.3
17º 22 Ricardo Medeiros 38:45:55   38:31:04 09:31:12.7
18º 29 Eduardo Amaral 38:18:31 00:27:00 38:39:00 09:39:08.9
19º 45 Israel Carvalho Segundo 39:39:04 00:48:00 40:27:04 11:27:12.0
20º 47 Marieta Moraes 42:35:26   42:35:26 13:35:34.4
21º 36 Rui Oliveira 37:07:46 08:20:00 45:27:46 16:27:54.3
22º 13 Ike Klaumann 32:11:49 13:50:00 45:58:42 16:58:50.0
23º 31 Julio Zavatti 36:55:40 20:45:00 56:18:01 1d 03:18:0
24º 41 Luiz Almeida Jr. 36:59:17 20:11:00 57:10:17 1d 04:10:2
25º 46 Guilherme Kury 41:22:48 20:47:00 62:09:48 1d 09:09:5
26º 23 Marcos Finato 36:55:03 25:27:00 62:22:03 1d 09:22:1
27º 8 Humphrey Van Basel 45:45:39 24:51:00 70:36:39 1d 17:36:4
28º 10 Dario Julio 33:48:04 43:31:00 77:15:23 2d 00:15:3
29º 16 Moara Sacilotti 40:51:29 41:50:00 82:41:29 2d 05:41:3
30º 39 Roberval Silva 42:55:15 44:21:00 87:16:15 2d 10:16:2
31º 44 Danilo Gomes 39:57:47 62:30:00 102:27:47 2d 01:27:5
32º 27 Wilson Pereira Jr. 42:25:32 64:07:00 106:32:32 2d 05:32:4
33º 11 Ramon Sacilotti 37:58:45 71:15:00 109:13:45 2d 08:13:5
34º 18 Guilherme Piva 40:48:01 72:27:00 113:15:01 2d 12:15:0




Vídeos MotoX Connect